Edmilson Teixeira

1 de julho de 2016

Pilar, a prova contra o crime!

Prefeito Carlos Alberto Canuto (PMDB) não se abateu com seu nome presente na relação que a CGU destacou há poucos dias, onde aparece entre os candidatos inelegíveis em Alagoas, sobretudo que têm pendências de prestação de contas com aquele órgão. “Para deixar bem claro essa situação, já estamos de posse de uma Certidão Negativa viabilizada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dando conta de que não existe pendência alguma de nossa parte. Até porque tudo já foi esclarecido no dia 7 de fevereiro de 2013 em Brasília, quando por unanimidade o TSE nos aprovou”, disse, afirmando que é pré-candidato e que provavelmente na nova lista da CGU, seu nome certamente já não aparece mais.  


Pilar – encrenqueiro

O caso de Carlos Alberto Canuto se refere a uma ação sobre prestação de contas  relativas a uma de suas gestões de governo. No entanto, toda encrenca teria partido de seu adversário, Renatinho Resende que impetrou com uma ação junto ao TRE/AL, durante o período eleitoral de 2012, visando então impugnar o registro da candidatura de Canuto, candidato que na ocasião veio a ser eleito pela terceira vez para administrar o município…  

Pilar – favorável

…É que a ação de Renatinho teria sido rejeitada pelo TRE/AL, e ele insatisfeito recorreu logo ao Tribunal Superior Eleitoral, quando  em dezembro ainda de 2012, o ministro do órgão, Dias Toffoli concedeu por meio de uma decisão monocrática, o parecer favorável pela permanência do prefeito eleito Carlos Alberto Canuto; sobretudo baseado na decisão do TRE/AL. Na verdade o desfecho do Corte do TSE por unanimidade desproveu o agravo regimental favorável a Canuto, nos termos do voto do relator, ministro Dias Toffoli.  

Viçosa – juventude

Em um dia aparentemente com cara de meio-feriado, foi que ontem pela manhã aconteceu na Câmara de Vereadores, a I Audiência Pública, a fim de debater políticas para a juventude de Viçosa. A vereadora Micheline Fernandes (PV) autora da iniciativa, convocou Lucyelma  Maria que é superintende da Juventude do Estado, cujo debate agradou a todos, sobretudo pelo fato de todos interagir em busca das questões relacionadas ao tema do evento. Lamentavelmente que nenhum outro vereador compareceu.

Viçosa – benefícios

 

A vereadora Micheline Fernandes, disse que protocolou no início do mês de junho,  Projeto de Lei que cria o Conselho Municipal da Juventude e aguarda tão somente, que seja colocado em pauta para a sua votação. Na ocasião destacou  que há três semanas não houve sessão ordinária, prejudicando a votação desse projeto que pode ser o primeiro passo para que a juventude viçosense comece a cobrar seus direitos e participar mais ativamente do processo político para colher benefícios.

 

Matriz de Camaragibe

Na manhã desta quinta-feira, integrantes do CRAS, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)  e do CREAS, se reuniram, a fim de traçar metas para a implantação do projeto “Prevenção e Enfretamento ao Trabalho Infantil”. A missão inicialmente está focada na Feira Livre da cidade, onde os casos são constantes.   


Maragogi- dinâmica

 

Emendas oriundas  dos senadores Renan Calheiros, Collor e  do ex-deputado federal  João Lyra, vão garantir investimentos  em nove unidades de Saúde de Maragogi. Todas elas serão contempladas com vários equipamentos que possibilitarão mais eficiência e conforto ao atendimento prestado aos pacientes. O investimento contempla ainda a aquisição de computadores, aparelhos de ar condicionado, impressoras, bebedouros e quatro veículos, sendo três deles, modelo pick-up cabine dupla 4×4 e um de passeio. 

Maragogi – cardápio 

A lista de equipamentos é bem diversa e contempla materiais desde alta tecnologia a equipamentos mais comuns como macas e cadeiras de rodas. A relação inclui também, aparelho de Raios-X – Odontológico, cadeira odontológica completa, cadeira de rodas pediátrica, ultrassom odontológico, desfibrilador externo automático, geladeira para conservação de vacinas e mesa ginecológica.

 

Maragogi – apoio

 

O prefeito Henrique Madeira agradeceu o empenho e comprometimento dos parlamentares. “Precisamos reiterar o apoio dos amigos Renan Calheiros, Fernando Collor e João Lyra, que sempre estiveram atentos às demandas de Maragogi, e que mais uma vez, mostraram sensibilidade e atenção para com o maragogiense. Esses novos equipamentos beneficiarão a população tornando os atendimentos mais completos e eficazes”, defende o gestor.

 

Delmiro – descaso

 

O cadeirante Geovane de Araújo Lima não tem mais a quem recorrer sobre uma obra de acessibilidade (pavimentação de sua rua) que já foi aprovada há três anos pela Câmara, prometida diversas vezes pelo prefeito Lula Cabeleira e até agora nada. O caso já foi até denunciado em Brasília, como também  na Promotoria do município. “O problema é que aqui em Delmiro, o prefeito deita e rola, que nem mesmo a Justiça tem força contra ele”, detonou.

 

Delmiro – promessa furada

 

“Fiz a reclamação de todos os transtornos que tenho passado, e em uma audiência firmamos um acordo perante o promotor de Justiça, Dr. João Batista  Santos Filho, o secretário de obras do município  Elias Guilherme de Lima e o secretário adjunto Luiz Carlos Ramos Torres, isso no dia 18 de Junho do ano passado. Ficou firmado que a execução da obra de forma integral  seria em seis meses, que venceu no dia 18 de dezembro de 2015. Conclusão; Já se passo um ano que  esse acordo foi formalizado, sem nada ser concretizado”, disse “P” da vida Geovane.