Blog do Dresch

21 de junho de 2016

Cunha ainda manda e manipula

                   Apesar de todas as decisões contrárias, do Supremo Tribunal Federal e da própria Comissão de Ética da Câmara dos Deputados, o presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) continua usando seu mandato e seu poder político em benefício próprio. A afirmação é do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O Supremo já quebrou o sigilo bancário de Cunha, bloqueou seus bens patrimoniais e o ministro Teori Zavascki tem nas mãos cinco pedidos de prisão do presidente afastado da Câmara.

Cunha continua manipulando 2

                   Rodrigo Janot afirmou que Cunha ainda manipula a Mesa Diretora da Câmara, pois teve suas prerrogativas mantidas, assim como teve o direito de continuar morando na residência, utilizar os aviões da Força Aérea Brasileira para seus deslocamentos, e sempre reafirmando que vai continuar frequentando a Casa e usando o seu gabinete. Para Rodrigo Janot, Eduardo Cunha também tenta influenciar na indicação de integrantes do governo de Michel Temer. O procurador quer que o deputado seja proibido de frequentar a Casa, fique em recolhimento domiciliar e impedido de manter contato com outros parlamentares investigados na Lava Jato.

Temer fechará TV Brasil

                   O objetivo é esse mesmo: extinguir a TV Brasil, criada por Lula e  transformada no principal braço público de rádio e TV da Empresa Brasileira de Comunicação, a EBC. Para tanto, o governo interino de Michel Temer está enviando ao Congresso um projeto de lei que reduz a atuação e os custos da empresa. O orçamento para este ano pode chegar a R$ 553 milhões, sendo que mais da metade destes recursos devem ser consumidos pela folha salarial. A ideia do governo é fechar a TV Brasil, responsável pela metade dos custos da companhia, e manter as demais linhas de negócio: agência de notícia, produção independente de conteúdo, monitoramento da mídia, portal etc. O projeto de lei prevê mudanças ainda na estrutura da EBC, extinguindo o Conselho Curador, formado por 22 integrantes, com mandatos de dois anos e que traçam as diretrizes da companhia, inclusive asseguram o mandato do presidente, que só pode ser substituído com o aval do conselho. Essas medidas impediam as ingerências políticas. O projeto visa, dessa forma afastar o presidente da EBC, jornalista Ricardo Melo, indicado pela presidente Dilma Rousseff. Melo foi destituído por Temer, mas o STF determinou o seu retorno ao cargo. Diretores da EBC e jornalistas que trabalham na companhia, consideram que o projeto de lei vai estabelecer novamente a ingerência política na emissora, vai abortar um trabalho na área da comunicação que segue o modelo mundial iniciado pela BBC de Londres, que é o de fazer comunicação apartidária em diversas plataformas (rádio, TV, celular, internet).

 

Livraria em Arapiraca

                   A maior rede de livrarias do país garantiu instalação no Arapiraca Shopping Garden. O contrato entre a Rede Nobel de livrarias e a direção do shopping já foi assinado, e em breve a população de Arapiraca e de todo o agreste alagoano vai poder dispor de um conceito diferente de livraria, uma vez que o padrão da Nobel permite a oferta de diversos segmentos culturais. Segundo o projeto, a livraria vai disponibilizar produtos no segmento de papelaria, informática, games, revistaria, jornais e literatura na suas mais diversas formas e conceitos. A rede Nobel já existe há 70 anos no mercado nacional com grande aceitação em todo o país.

Censo Escolar 2016

                   A partir do próximo dia 27 as escolas públicas, privadas e filantrópicas de todo o país, deverão passar as informações para o Censo Educacional 2016, com dados sobre matrículas, número de alunos, professores, turmas etc. O Sistema Educacenso permanecerá aberto até o dia 31 de Agosto, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Aplicadas e Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação. Os dados a serem repassados devem seguir a realidade da escola no dia 25 de Maio, considerado o Dia Nacional do Censo Escolar da Educação Básica.

Papa apela por refugiados

                   Em pronunciamento feito no último Domingo, para os fiéis na Praça São Pedro, o Papa Francisco convocou seus seguires a ajudarem os refugiados que fogem das guerras em seus países. “Você precisa encontrá-los, ouvi-los e recebe-los” disse Francisco. “Os refugiados são pessoas como todas as outras, mas de quem a guerra levou casa, trabalho, parentes e amigos” argumentou o pontífice. “Suas histórias e suas faces nos chama para renovar o esforço e construir a paz e a justiça”.

Papa apela por refugiados 2

                   Ontem (segunda, 20) foi o Dia Mundial do Refugiado, instituído em 2000 pela Assembleia Geral das Nações Unidas. A data chama a atenção para os problemas vividos por milhões de pessoas que forçosamente são obrigadas a deixar suas casas, seus bairros, seus parentes, para fugir das guerras, conflitos e perseguições. Atualmente existe um grande fluxo de refugiados vindos de diversas zonas de conflitos localizados principalmente na Síria, Afeganistão, na Somália, Iraque e Sudão.  O destino principal e a Europa e vários países estão impondo dificuldades em recebê-los.

 

 

  • Já está na hora dos deputados que compõem a Mesa Diretora da Assembleia darem uma solução a essa questão do repasse dos valores do Imposto de Renda descontados dos funcionários e de si próprios.
  • Este péssimo exemplo de apropriação indébita de R$ 1,7 milhão a cada mês, reforça a impressão para a população de que os parlamentares estão acima do bem e do mal, das leis, das obrigações de todos os cidadãos. E isso não é verdade.
  • Pela enésima vez, a Justiça determina o recolhimento dos valores do IR descontados na folha de pessoal da Assembleia. Multa o presidente e o vice, ameaça com prisão (fica sempre na ameaça), diz que outras medidas mais severas serão tomadas.
  • E a situação permanece na mesma.
  • Enquanto isso o cidadão normal paga o Imposto na marra, cobrados de seu salário (e não da renda) faz um esforço danado para quitar sua dívida com o Leão, muitas vezes cai na malha fina e por outras tem seus salários bloqueados, porque para esses trabalhadores a Justiça é rápida, atuante e eficiente ao extremo.