Edmilson Teixeira

18 de junho de 2016

Boca da Mata, eleição 2016

A oposição trabalha para garantir o retorno do ex-prefeito Zé Tenório ao comando da Prefeitura. O gestor atual, Gustavo Feijó, o cartola do futebol nordestino como é conhecido e amparado pela CBF, esbanja também otimismo para se reeleger, mesmo diante de uma situação crítica que atravessa seu governo. Boca da Mata enfrenta a sua pior crise de todos os tempos, sobretudo depois do fechamento da Usina Triunfo no ano passado.

 

Anadia – eleição

 

Por falar em Gustavo Feijó, o ainda mandatário do futebol alagoano tenta a todo custo empurrar o filho Filipe, o garoto “laranja” que preside a Federação Alagoana de Futebol, para disputar a Prefeitura de Anadia. “Sabe-se que o ambicioso plano de brigar para ser prefeito despencou, depois de uma baita rejeição perante o eleitor, sobretudo por ser forasteiro e desconhecido na região”, disse um leitor da Coluna. Mas, como diz o Caetano Veloso, que “a foça da grana destrói coisas belas”, o esperto Gustavo está encaixando por esse caminho, o filho para ser vice na chapa do atual prefeito Paulo Dâmaso (PMDB). No rolo das negociações estão os cabeças do PMDB; Renazinho e Renanzão.     

                                                   

São Luiz de Quitunde  

 

Cícero Cavalcante o interino deputado estadual, disse que chova ou que faça sol, sairá candidato a prefeito em São Luiz. É que esta semana seu nome saiu numa relação de  candidatos “condenados”  pela Justiça, a disputarem as eleições 2016.    

 

Estrela de Alagoas – otimismo

 

“O reinado da família Garrote em Estrela de Alagoas está com seus dias contados” é o que afirma a candidata oposicionista Geralda Ferro (PMDB). Revela  que tem crescido perante a opinião pública, graças segundo ao desastroso trabalho que o prefeito Arlindo Garrote (PP) vem executando ao longo desses mais de três anos de governo. A candidata diz que ganhou o aval do governador Renan Filho, inclusive por meio dele, vem até viabilizando a abertura de poços nos povoados da região.  

 

Estrela de Alagoas – desastre

 

Na eleição passada Geralda perdeu por uma diferença de 254 votos, mas com pouco mais de quatro meses à frente da Prefeitura, Arlindo Garrote teria sido afastado do cargo, por ordem da Justiça Eleitoral. Teria sido acusado de compra de votos. Quem assumiu foi Geralda Ferro, porém a alegria só durou uma semana como prefeita, visto que uma liminar garantiu o retorno de Garrote.

 

Igaci – eleição

O agropecuarista, Petrúcio Barbosa (PP) ex-prefeito por dois mandatos no município de Igaci assegura que é pré-candidato a prefeito nas eleições deste ano. Ele classificou como sendo “fatos requentados” as informações divulgadas esta semana na imprensa, dando conta de que ele é ficha surja. “Desde 2008 que sou vítima desse tipo de armação, mas isso não fará desistir de lutar pelo povo igaciense que pede mudança” esclareceu. Lembrando que Petrúcio em 2012 disputou a Prefeitura de Palmeira dos Índios. Ficou em 2º lugar, obtendo 14.062 votos

 

Igaci – desafio

Petrúcio Barbosa tem se mostrado muito tranquilo e disposto na condução do seu grupo ao poder em Igaci e garantiu não se preocupar com esses fatos. Seguindo orientação de sua assessoria jurídica, Petrúcio Barbosa tem em mãos o Acórdão do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas, número 1.222 de 12.09.2012 onde isenta de qualquer ato de improbidade administrativa e reconhece sua elegibilidade.

 

Matriz de Camaragibe – vacina

 

Por meio de uma parceria da  Secretaria Municipal de Saúde de Matriz de Camaragibe com a Escola Técnica de Saúde de Alagoas (ETSAL), foi que na quinta-feira, aconteceu a aula inaugural do Curso de Atualização em Sala de Vacina. O curso tem uma carga de 40 horas, cujas aulas vão acontecer somente às quartas-feiras, num total de quatro, com instruções práticas e teóricas.

 

Matriz de Camaragibe – apoio

 

A secretária de Saúde, Nilza Malta, afirma que o curso é direcionado somente para profissionais (técnicos de enfermagem) que já estão atuando no serviço de vacinação; tanto de Matriz como de São Luiz de Quitunde. “A cidade de Matriz está sediando este evento, graças a um esforço da Prefeitura junto ao governo do Estado, que tem dado todo apoio para este tipo de campanha em Alagoas”, disse a secretária.  

 

Palmeira dos Índios – serviço

 

A Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal) e a Prefeitura de Palmeira  formalizaram, ontem, convênio para funcionamento de unidade do serviço Juceal Express no município. O encontro para celebração do acordo aconteceu na sede da Juceal, situada em Maceió, reunindo o presidente do órgão, Carlos Araújo, e o prefeito James Ribeiro.

 

Palmeira dos Índios – modelo

 

Palmeira dos Índios passa a ser a nona cidade a dispor do serviço que permite a criação de pontos físicos para a entrada de processos de abertura, alteração e baixa empresarial. O município agrestino contava com a Delegacia da Junta Comercial, realizando atendimento semelhante ao feito na sede do órgão alagoano de registro; contudo, através do convênio, o serviço será aprimorado com as funcionalidades do Juceal Express.

 

Outros

 

Além de Palmeira dos Índios, a  Juceal Express já conta com unidades em Pão de Açúcar, Arapiraca, Porto Calvo, Messias, Atalaia, Maragogi, Penedo e São Miguel dos Campos.

 

Atalaia – saúde

Desde o mês de outubro de 2014, os usuários da rede municipal de saúde de Atalaia, passaram a realizar a maioria dos exames de ultrassom no próprio município. Esse foi mais um dos avanços da saúde na gestão do prefeito Zé do Pedrinho. Isto porque, um moderno ambulatório foi instalado no hospital João Lyra Filho na Vila José Paulino. Anteriormente, os pacientes precisavam deslocar-se para outros municípios para fazer este tipo de exame.

 

Atalaia- diversidade


O aparelho realiza exames de: ultrassonografia, transvaginal, rins, abdômen, vesícula, testículos, próstata, obstetrícia (grávidas), dentre outros. A responsável pelo ambulatório, Ceyna Rodrigues, explica que além da comodidade para o paciente em realizar o procedimento no próprio município, o equipamento possibilita maior agilidade na entrega do laudo. “Entregamos o resultado no mesmo dia”, ressalta, afirmando que uma média de 200 exames são realizados mensalmente.