Blog do Dresch

11 de junho de 2016

Pelé e Maradona no jogo da paz

                   Em um jogo de futebol pela paz, ás vésperas do início da Eurocopa, na França, Pelé e Maradona, se abraçaram a e prometeram acabar com a intensa rivalidade entre ambos. “Gostaria de agradecer ao Pelé por estar aqui conosco. Gostamos muito dele e sabemos quem foi e quem sempre será. Pelé é bem-vindo á nossa família. Sem mais brigas, te prometo” disse o argentino Diego Maradona. Pelé disse que o mais importante de tudo “é a paz no futebol”. “Obrigado ao meu amigo Maradona por esta oportunidade” disse o Rei do Futebol na solenidade.

A paz entre os craques 2

                   Os dois ex-jogadores caminharam abraçados pelo campo, onde foi disputado um jogo comemorativo, organizado pela empresa Hublot. Pelé estava amparado por uma bengala e com dificuldade de se locomover. Ele sofre com uma artrose de quadril. O brasileiro comandou uma equipe com Dida, Hernám Crespo, Bebeto, Fernando Hierro entre outros. Maradona comandou e até jogou alguns minutos no time de Peruzzi, Materazzi, Seedorf e Trezeguet. O jogo durou somente 30 minutos e terminou 8 a 8, com Maradona marcando um gol de pênalti.

Constrangimento contra jornalistas

                   Para a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), a reação de magistrados e promotores do estado do Paraná a uma reportagem sobre seus supersalários é um “inaceitável constrangimento”. Até agora, 36 ações em pelo menos 15 diferentes cidades paranaenses foram abertas contra repórteres do jornal Gazeta do Povo, somando um pedido de indenização de mais de R$ 5 milhões por danos morais. Os processos obrigam os cinco jornalistas que assinaram o material a se deslocar por dias seguidos ás audiências. Segundo uma nota da ABI, assinada pelo presidente Domingo Meirelles, esse movimento coordenado “não se destina á reparação por danos morais. Este modus operandi utilizados pelos autores das ações revela o que pretendem: intimidar jornalistas e cercear a liberdade de imprensa, um dos pilares do estado democrático”. Meirelles afirmou que que é surpreendente que a iniciativa tenha partido de parcelas de segmentos do serviço público que têm o dever de zelar pela boa prática do direito. Para a ABI, a “retaliação” dos integrantes do Judiciário paranaense visa apenas a defesa de privilégios, em flagrante desrespeito aos princípios da Constituição de 1988. A reportagem da Gazeta do Povo, publicada em Fevereiro, compilou dados públicos mostrando que somados os benefícios, magistrados e promotores do Paraná tem remuneração bem acima do teto do funcionalismo público.

 

Temer e os governadores

                   Os governadores e o presidente do Senado Renan Calheiros, foram convidados pelo presidente interino Michel Temer, para uma reunião, na próxima quarta-feira (15), para discutir a renegociação das dívidas estaduais. Alguns governadores como Ivo Sartori (RS), Raimundo Colombo (SC) e Renan Filho das Alagoas, defendem uma moratória na dívida de doze meses, para que, neste período, se discuta uma forma de quitação da dívida sem penalizar qualquer um dos lados.

Temer e os governadores 2

                   A mais recente proposta, apresentada pelo Ministério da Fazenda, foi uma redução nas parcelas mensais da dívida por 18 meses, para depois deste prazo retornar o pagamento normal, inclusive com a cobrança dos juros compostos. A proposta foi apresentada aos secretários estaduais da Fazenda dos estados, que não gostaram da sugestão.  Os estados também reivindicam um alongamento dos prazos da dívida para não sacrificar a situação financeira dos estados. Alguns, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Sergipe entre outros, já parcelam o pagamento do funcionalismo.

Descongestionante sob risco

                   Com o aumento do volume das chuvas e períodos mais frios e alternância de temperatura, o aparecimento de doenças respiratórias é comum, e consequentemente a obstrução nasal é um incômodo desta época do ano. O problema maior é que muitas pessoas passam então a utilizar o descongestionante nasal por conta própria sem saber dos riscos desta automedicação. O medicamento atua na diminuição do calibre dos vasos sanguíneos, que estão mais dilatados por causa de resfriados, gripes ou reações alérgicas. Eles podem acarretar problemas cardíacos, rinite medicamentosa e dependência física e química.

Descongestionante sob risco 2

                   As pessoas cada vez usam mais o descongestionante para obter de imediato a desobstrução do nariz. Porém o organismo humano reage a esta ação e promove uma congestão cada vez maior. A recomendação dos especialistas é que antes de fazer uso do medicamento as pessoas devem consultar um especialista. Além disso é bom lavar as narinas como soro fisiológico, deixar bacias com água nos quartos (quando existir a baixa umidade, coisa difícil em Maceió, mas vale para o interior) além de manter uma boa higiene ambiental podem ajudar a aliviar o desconforto sem a necessidade do uso do medicamento.

 

  • Alagoas alcançou a maior cobertura de imunização de todo o Nordeste, na Campanha de Vacinação contra a gripe Influenza, segundo relatório divulgado pelo Ministério da Saúde.
  • De acordo com o Programa Nacional de Imunização, nosso estado imunizou  573.831 pessoas, atingindo um percentual de 90,1% da meta estipulada pelo Ministério.
  • Paraíba e Sergipe ficaram logo atrás com um percentual de 89,2% de imunização. Pernambuco chegou a 89,1%, Ceará com 88%, Bahia com 87,2%, Maranhão com 85,6%, Rio Grande do Norte com 83,2% e o Piauí com 80,2%.
  • No ranking nacional, Alagoas ficou na décima posição. A liderança em todo o país ficou com o Distrito Federal que alcançou uma cobertura de 99,5%. São Paulo atingiu 97% e Espírito Santo 95,2%.
  • Paraná chegou a 93,2%, Rondônia com 93%, Santa Catarina com 92,9%, Goiás com 92,5%, Minas Gerais chegou a 91,8% e o Rio Grande do Sul acabou a frente de Alagoas com 90,8% da meta.
  • De acordo com os mais recentes números divulgados pela Secretaria da Saúde de Alagoas, foram notificados 80 casos suspeitos da gripe Influenza este ano, sendo 15 descartados, 30 confirmados e desses, cinco óbitos registrados.