Blog do Dresch

10 de junho de 2016

Os milionários do esporte no mundo

              Pela primeira vez um jogador de futebol torna-se o esportista mais bem pago do um mundo, segundo a revista Forbes. O português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid e da Seleção Portuguesa, faturou US$ 88 milhões (quase R$ 300 milhões) entre salários e contratos publicitários em 2016. Ele conseguiu fatura US$ 8,4 milhões a mais que no ano passado, quando o jogador era o terceiro da lista.  Agora ele desbancou o ex-boxeador Floyd Mayweather. Antes do português, somente um atleta do esporte coletivo, tinha conseguido chegar ao topo da lista: Michael Jordan, do basquete, em 1998.

O esporte milionário 2

              Segundo a revista, o salário anual que Cristiano recebe do Real Madri é de US$ 50 milhões (R$ 169 milhões) e vai até 2018. O restante do dinheiro vem dos seus patrocinadores: Nike, Pokerstars e Clear Shampoo. A segunda posição no ranking e de Leonel Messi, do Barcelona. O argentino tá faturando US$ 81,4 milhões (R$ 276 milhões). Depois aparece Lebron James, do basquete americano com US$ 77,2 milhões. Dos 25 atletas que compõem a lista da revista Forbes, somente um é brasileiro: o atacante Neymar do Barcelona, que aparece na 21ª posição ganhando US$ 37,5 milhões (R$ 127 milhões).

Reprovação ao governo Temer

              Somente 11,3% dos brasileiros ouvidos em uma pesquisa da CNT/MDA, avaliaram positivamente o governo interno de Michel Temer. 28% dos ouvidos fizeram uma avaliação negativa e 30,2% a consideram regular. A coisa tá feia! No que se refere ao desempenho pessoal do presidente provisório, 40,4% desaprovam e 33,8% aprovam. Em uma comparação feita pela empresa que promoveu a pesquisa, entre Temer e a presidente afastada Dilma Rousseff, 54% disseram que os governos são iguais e que não percebem nenhuma mudança no país, após Temer assumir interinamente o governo. Para 20,1% o atual governo está melhor e 14,9% o consideram pior que Dilma. A pesquisa revela ainda que 46,6% dos ouvidos acham que a corrupção no governo Temer será igual â ocorrida no governo passado. Ainda segundo a CNT, 28,3 % acreditam que ela será menor e 18,6% acham que será maior. Outro assunto perguntado foi sobre o processo de impeachment. 62,4% consideram correta a decisão do afastamento e 33% avaliam como um erro. Para 61% o processo foi legítimo e 33,3% o consideram ilegítimo. Entre os motivos que geraram o impeachment, 44% consideram que a corrupção foi o principal motivo do afastamento da presidente Dilma, 37,3% atribuem o afastamento á obstrução da Lava a Jato e apenas 33,2% citam as pedaladas como o motivo. Foram ouvidas 2002 pessoas em 137 municípios brasileiros.

 

Segurança redobrada

              Começa hoje, sob um clima de muita expectativa fora dos estádios (e dentro também) a Eurocopa em dez cidades-sedes da França. O dispositivo de segurança mobilizado inclui cerca de 90 mil policiais e dez mil agentes oriundos de empresas de segurança particular, além dos cerca de dez mil soldados das forças armadas, que já ocupam os principais locais desde os atentados de 215 no país. São esperados 2,5 milhões de torcedores nas arenas, durante as 51 partidas, até 10 de Julho. Os gastos com as 24 seleções são estimados em 1 bilhão a 1,5 bilhão de euros (R$ 5,8 bi).

Segurança redobrada 2

              Uma das maiores preocupações dos organizadores da Eurocopa é o perímetro das chamadas fan zones (áreas reservadas para a torcida, com telões e shows). Várias simulações de atentados foram realizadas nelas nas últimas semanas. A de Paris, localizada aos pés da Torre Eiffel, tem capacidade para abrigar 92 mil pessoas. Mas a polícia está preparada.  Só no circuito de câmeras de segurança foram gastos 2 milhões de euros (R$ 7,7 milhões). Houve até um movimento para o governo francês cancelar as fan zones, mas a decisão poderia ser interpretada como uma capitulação diante dos terroristas.

Lei da Escola Livre

              O Supremo Tribunal Federal resolveu ouvir a posição do governador Renan Calheiros, de alguns integrantes da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Alagoas e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sobre a Lei da Escola Livre aprovada este ano. A decisão foi do ministro Roberto Barroso, a quem cabe relatar sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade movida pelo Sindicato dos Professores de Alagoas e pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino.

Lei da Escola Livre 2

              Na Ação Direta de Inconstitucionalidade, as entidades apontam diversos “vícios formais” da nova lei, que afrontam diretamente a Constituição Brasileira e tratados internacionais sobre questões educacionais, nos quais o Brasil é signatário. A Lei da Escola Livre, de autoria do deputado Ricardo Nezinho, foi aprovada pelo plenário da Assembleia e vetada na íntegra pelo governador Renan Filho. O veto foi derrubado pelos deputados e a lei promulgada pela própria Assembleia. O procurador-geral da República Rodrigo Janot também foi acionado por igualmente considerar a lei inconstitucional.

  

  • O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil decidiu requerer ao Supremo Tribunal Federal o levantamento do sigilo da delação do ex-presidente da Transpetro,  Sérgio Machado.
  • Ele foi o pivô do pedido de prisão do Presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, do senador Romero Jucá, do ex-presidente José Sarney e do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, todos do PMDB.
  • A OAB justifica que quer garantir com o fim do sigilo, a que todos os profissionais que atuam no caso tenham pleno acesso aos autos, e também que a sociedade saiba o que est acontecendo, de forma transparente.
  • A decisão da Ordem atende a pedidos feitos por diversos advogados que atuam no caso e que estão sem acesso ao conteúdo da delação premiada de Sérgio Machado.
  • Segundo o presidente nacional da Ordem, Claudio Lamachia, o momento é de depuração da classe política brasileira e quanto maior a transparência sobre o conteúdo e o acesso a ele pela sociedade, melhor para o estado democrático de direito”.