Flávio Gomes

24 de Maio de 2016

Triste cenário

De Almir Pazzianoto, ex-ministro do Trabalho e do TST: “Refletindo sobre o cenário que se aproxima, percebemos que o Partido dos Trabalhadores, após anos de hegemonia se esfarelou atingido por ações penais que enviaram à prisão alguns dos principais quadros. Luís Inácio Lula da Silva perdeu a liderança que infundia temor aos adversários… O PMDB, com o Dr. Michel Temer na presidência da República e importantes ministérios, dependerá das medidas que adotar na esfera social, onde se encaixam questões de previdência, saúde, educação, desemprego. Tornou-se, por vontade própria, herdeiro de trágica realidade. Se nos próximos dias a economia não der sinais claros de reaquecimento, e a falta de trabalho persistir, com 12 milhões de desesperados nas ruas, o discurso peemedebista terá dificuldades para angariar o apoio das urnas… O PSDB é o que já se conhece. Adquiriu a fama de elitista. Jamais buscou popularidade e, aparentemente, nunca se preocupou com isso… As demais legendas pouco acrescentam. Algumas são idôneas, dirigidas por pessoas sérias, mas sem recursos e compactas massas eleitorais, que lhes permitam ir à luta de maneira independente. Dependem de precárias alianças. Outras são casas comerciais. Vendem a quem pagar mais. A ruidosa extrema esquerda mais uma vez concorrerá sem chance de vitória. É vítima de teimosia que a impede de entender que pertence a passado morto e sepultado.”

Parâmetro

O prefeito Rui Palmeira pacificou as relações com os servidores, anunciando um reajuste de 4,5% nos salários – 2,5% em maio; 2% em novembro. A sua decisão está servindo de referência  para os servidores públicos estaduais. Ainda mais com a imposição de reajuste zero para Estados que aderirem ao pacto fiscal com a União.

Restrição

Para piorar a situação dos servidores estaduais, que ainda não tiveram sinalização do governo quanto ao reajuste previsto para maio, o crédito consignado, opção de muitos em momentos de aperto, está restrito para eles. E que só a Caixa está operando. Outros bancos se negam, alegando que o governo atrasa o repasse.

Análise

Até ontem o deputado federal Cícero Almeida (PMDB/AL) buscava se resguardar, juridicamente, para tirar uma licença de quatro meses e poder se dedicar à consolidação da sua candidatura à Prefeitura de Maceió. Se puder, sua vaga será ocupada pelo suplente Val Amélio, filho de Cícero Amélio, conselheiro do TC.

Divisão

O deputado federal Ronaldo Lessa (PDT/AL) ainda dá explicações sobre seu voto contra o impeachment de Dilma Rousseff, apesar dos pedidos da família e de amigos. Ele diz que recentemente esteve num shopping de Maceió e recebeu críticas de alguns clientes pelo seu voto, mas apoio total de funcionários das lojas.

Retirada

Com o afastamento de Dilma Rousseff o deputado federal Paulão, presidente do PT em Alagoas, entregou os dois cargos para os quais havia indicado os gestores aqui no Estado: a Superintendência de Patrimônio da União a Superintendência do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Não tem, nem quer nada de Michel Temer.

Protesto

O vereador Silvânio Barbosa (PMDB) foi quem promoveu, ontem, a manifestação de transportadores alternativos de Maceió, que reclamam de perseguição da prefeitura e do governo estadual. O vereador se justifica: “Eles são pais de família, mas estão sendo tratados como bandidos. Isso nós não vamos tolerar”.

Farra

De Cláudio Humberto, no site “Diário do Poder”, sobre a gastança da estatal Empresa Brasil de Comunicação no governo do PT: “Milhões de reais dos contribuintes foram desperdiçados em programas de amigos petistas. Um deles, o diretor de teatro Aderbal Freire Jr, casado com a atriz Marieta Severo, recebia R$ 91 mil por mês, cinco vezes mais que o presidente da própria EBC.”

 

*Faleceu no final de semana, em Maceió, o médico Antônio de Bulhões Barbosa, que sofreu infarto, aos 63 anos. Era um dos filhos do saudoso Napoleão Barbosa, que por muitos anos foi presidente da Federação das Indústrias de Alagoas.

*No sábado passado o jornalista e escritor José Alberto Costa, ex-secretário estadual de Comunicação, festejou 80 anos de idade. Ontem foi Clayton Santos, secretário de Comunicação da Prefeitura de Maceió, quem comemorou aniversário.

* O edital para o projeto Misa Acústico está com inscrições abertas somente até hoje. Músicos, grupos ou bandas precisam ser alagoanos ou estar radicados aqui há dois anos, no mínimo, para participar. Interessados devem procurar o Misa. Contato: 3315.7889.

*Dezoito alunos do curso de Dança da Escola Técnica de Artes da Ufal se apresentam em “Mostra de Balé”, hoje, às 19 horas. A apresentação será na Sala de Música do Complexo Cultural do Teatro Deodoro> A direção do espetáculo é da professora Ana Clara Oliveira.

* No dia 28 de junho, a partir das 21h30m, o Iate Clube Pajussara vai realizar o seu tradicional “Forró dos Pedros”. Como atrações, o Trio Chamego Bom e Banda Paixão Nordestina, de Caruaru. Já há venda de mesas para sócios e não sócios.

*Diante das circunstâncias, até que foi bom o empate de 1×1 do ASA contra o Confiança, domingo, em Arapiraca, na estreia do clube alagoano na Série C 2016. O próximo jogo é na 2ª feira, dia 30, às 20 horas, em Belém do Pará contra o Clube do Remo.

*É difícil explicar, mas foi injusta a derrota do CRB para o Ceará, por 3×0, na Série B. O time perdeu muitos gols e, de novo, levou o primeiro gol em falha individual, “abrindo a porteira”. Hoje, às 19h15m, tem tarefa difícil, contra o Oeste, em São Paulo.

 

“Essa gravação eu considero algo banal”

Romero Jucá

Senador do PMDB/RR e ministro do Planejamento, querendo minimizar as graves declarações sobre a articulação para estancar a Operação Lava a Jato