Roberto Baia

19 de Maio de 2016

Nezinho fortalecido

O deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Arapiraca, Ricardo Nezinho (PMDB), está recebendo, a cada dia, apoio de importantes segmentos políticos, empresariais e de lideranças comunitárias.

Ao lado do vice-prefeito, Yale Fernandes (PMDB), Nezinho tem o aval da prefeita Célia Rocha (PSL), de 13 vereadores de Arapiraca e do governador Renan Filho e do vice-governador Luciano Barbosa, que recentemente elogiou o trabalho do deputado a favor dos moradores da terra de Manoel André.

 

Empolgado

Nas andanças pelos bairros e comunidades rurais de Arapiraca, o deputado Ricardo Nezinho está empolgado com a demonstração de carinho da população.

Filho do saudoso e ex-deputado Manoel Pereira Filho (Nezinho), e da líder política Dona Paula, o parlamentar arapiraquense segue trabalhando e, em breve, deve anunciar juntamente com Yale Fernandes um programa para ouvir sugestões dos moradores do município.

 

 

Praia do Francês

O secretário municipal de Infraestrutura, Albérico Azevedo, juntamente com representantes da Associação de Moradores da Praia do Francês, se reuniram com o secretário de Estado de Segurança Pública de Alagoas (Seds), Coronel Lima Júnior, para discutir questões ligadas à segurança na Praia do Francês.

 

Parceria

Atendendo pedidos dos moradores, prefeitura e Estado firmaram parceria para garantir reforço policial na comunidade que vem sofrendo com os constantes assaltos e roubos na região. Considerado um dos balneários mais visitados em Alagoas, a Praia do Francês é referência para turistas de todo mundo. 

Segundo o secretário Albérico Azevedo, que representou a prefeitura na reunião, o trabalho ostensivo e a presença constante de policiais melhoram – consideravelmente – a segurança no entorno da Praia do Francês. 

 

Marechal

O Ifal – Campus Marechal Deodoro terá seu horário de funcionamento reduzido durante as férias escolares, que vai de 23 de maio ao dia 5 de junho. Nesse período, o campus vai funcionar em horário ininterrupto, das 8h às 13h, com exceção da Biblioteca e da Coordenadoria de Apoio ao Ensino, que funcionarão das 8h às 18h.

 

Decisão

A decisão da direção-geral do campus está na portaria 51/2016/DG, publicada no dia 5 de maio de 2016. De acordo com a portaria, a redução do horário de funcionamento do campus durante as férias é baseada no princípios da economicidade, previsto no Artigo 70 da Constituição.

 

 

Eventos em Arapiraca

O trâmite para realização de eventos no município de Arapiraca mudou. O processo apesar de estar mais concentrado, organizado e simples, também se tornou mais rigoroso.

Antes a liberação de um formulário, a ser preenchido pelo requerente, era feita pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Saneamento (Semasa) ou, como já vinha acontecendo, pela de Cultura e Turismo, em que o solicitante ia a cada secretaria na busca das autorizações necessárias para realização do evento proposto.

 

Comissão

Mas, em reunião na terça-feira (17), no Centro Administrativo da cidade, mudou-se o protocolo, que agora tem como ponto de partida a Secretaria de Cultura e Turismo, o que não quer dizer que será uma obrigação exclusiva desta pasta, que tem como missão reunir a cada 15 dias as instituições que formam uma comissão para avaliar o parecer de eventos.

 

Não participaram

A Comissão de Avaliação é composta por representantes da secretaria de Cultura e Turismo, de Desenvolvimento Urbano, de Meio Ambiente e Saneamento, de Saúde, de Finanças, pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), pela Polícia Militar, pelo Corpo de Bombeiros e, apesar de não terem participado deste encontro, também pela secretaria de Planejamento e de Indústria e Comércio que se farão presentes nas próximas reuniões.

 

Proposta

A proposta da Comissão, que já está em funcionamento, é que o solicitante dê entrada, mediante um ofício, na secretaria de Cultura e Turismo, que posteriormente irá encaminhar o documento à Comissão de Avaliação, sempre com 15 dias de antecedência, em virtude das reuniões quinzenais das instituições.

 

Rizicultura

O final da colheita da safra verão 2016 de arroz do Perímetro Irrigado Itiúba trouxe boas notícias para a rizicultura no Baixo São Francisco alagoano. Os dados preliminares apontam incremento na produção e na produtividade da safra, permitido pela entrada em funcionamento da nova estrutura flutuante de captação de água para irrigação implantada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

 

 … Outra boa notícia é o aumento no preço da tonelada de arroz, que teve uma variação de cerca de 11%, em comparação com os preços praticados no ano passado, o que se reflete em aumento da renda das famílias que dependem da produção de arroz nos lotes do perímetro irrigado da Codevasf e num movimento de recursos financeiros na região de cerca de R$ 3,8 milhões.

 

… Segundo aponta o Distrito de Irrigação do Perímetro do Itiúba (Dipi), organização dos agricultores irrigantes que gerencia o perímetro irrigado, nesta safra a produção de arroz no Perímetro Irrigado Itiúba chegou a 4.500 toneladas.

 

… Em comparação com os números da safra passada, houve um leve incremento na produção, que na safra inverno 2015 foi de 4.410 toneladas. Já a produtividade média nesta safra foi de 7,3 toneladas por hectare, contra 7 toneladas por hectare na safra inverno 2015.