Blog do Dresch

11 de Maio de 2016

Trapichão estava superlotado diz secretário

                Em entrevista concedida á imprensa de Alagoas, para esclarecer algumas questões relativas aos atos de selvageria ocorridos no final da decisão entre CRB e CSA no último Domingo, o secretário de Segurança Pública de Alagoas, Cel. Lima Júnior, isentou a polícia e apontou a superlotação do estádio como uma das causas dos problemas surgidos. “Trabalhamos com uma capacidade de público de no máximo 15 mil pessoas em campo, mas foram contabilizadas mais de 20 mil” e isso colaborou para que a situação ficasse fora de controle. Além disso, havia muita gente do lado de fora, que não entrou no estádio e que estava com ingresso na mão o que demonstra que algumas irregularidades foram praticadas.

Superlotação do Trapichão 2

                    Na entrevista a polícia apresentou quatro pessoas identificadas pelas imagens, nas brigas que se sucederam ao jogo. Para diminuir a violência nos estádios, o secretário Lima Júnior defende o fim das torcidas organizadas e os jogos de uma só torcida quando forem clássicos. Para ele a polícia não pode ser sempre responsabilizada por qualquer ato de violência. “A responsabilidade é de todos os que compartilham com a estrutura, a logística e a organização do jogo. Culpar a segurança é fácil, mas a responsabilidade por qualquer ato que ocorra em uma partida de futebol deve ser ampliada por todos os envolvidos” defendeu o Secretário de Segurança Pública de Alagoas.

Suíça devolverá propina

                   O dinheiro da propina pago ao presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e depositado na Suíça será devolvido às autoridades brasileiras. O dinheiro esta bloqueado por ordem do Ministério Público de lá, e será devolvido caso Cunha seja condenado nos processos que responde na Justiça brasileira. Segundo o MP em Berna, o Brasil “solicitou assistência legal para congelar as contas de Cunha”. Mesmo sem especificar quando o pedido foi feito, a Procuradoria indica que a solicitação foi atendida e os ativos congelados, segundo a assessoria de imprensa do MP suíço. “Agora os ativos continuam bloqueados até que haja uma decisão das autoridades brasileiras ou sua liberação por uma corte brasileira e somente depois de uma sentença definitiva do confisco é que os ativos poderão ser devolvidos ao Brasil” explicou a nota. Mais de US$ 120 milhões em ativos suspeitos que estavam em contas na Suíça, já foram     devolvidos ao Brasil. O dinheiro de propina paga a Cunha e rastreado pela Justiça brasileira foi de 2,5 milhões de francos suíços (cerca de R$ 8,6 milhões) e já solicitado pelo ministro Teori Zavascki. O MP suíço já transferiu para o Brasil “de forma definitiva” todos os documentos e detalhes das contas bancárias encontradas em nome do ex-presidente da Câmara dos Deputados. De acordo com as investigações, Cunha teria recebido R$ 52 milhões em propinas, depositados na Suíça e em Israel. A informação não foi comentada pela justiça da Suíça. Mesmo assim eles confirmaram que abriram um processo criminal contra Cunha, baseado em suspeitas de lavagem de dinheiro, em sequência ampliada para corrupção passiva.

 

Mulheres na defesa de Alagoas

                   Alagoas esta representada por 50 mulheres na 4ª Conferência Nacional de Políticas para as Mulheres, que acontece em Brasília até a próxima quinta feira (12). Elas foram escolhidas nas oito conferências regionais e na estadual, e que reuniram milhares de pessoas, que também apresentaram as propostas que estão sendo encaminhadas em Brasília pela delegação alagoana. O encontro reúne cerca de 3 mil mulheres de todo o país, que discutem os avanços e as conquistas das mulheres brasileiras.

Mulheres na defesa de Alagoas 2

                   A comitiva de Alagoas é liderada pela secretária da Mulher e Direitos Humanos, Rosinha Cavalcante Estrela, que destacou a importância do evento considerado por ela como um “fórum legítimo e democrático para a construção de políticas públicas e para a representação da diversidade” explicou a secretária. Ainda segundo ela, a 4ª Conferência tem como desafio aprofundar a democracia e assegurar e consolidar os avanços obtidos nos direitos das mulheres, assim como deverão ser apontadas novas recomendações para o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres.

Papa preocupado com Brasil

                   A crise política que assola o país tem preocupado diversos líderes mundiais, inclusive o Papa Francisco. Essa atenção especial com o Brasil foi manifestada pelo Pontífice ao cardeal arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, que esteve reunido com o Papa semana passada em Roma. “Eu falei com o santo padre e pedi para ele rezar pelo nosso país, nesse momento tão delicado. O Papa respondeu que esta preocupado e que já reza pelo Brasil” explicou o cardeal carioca.

Papa preocupado com Brasil 2

                   O Papa Francisco assinalou ainda a Dom Orani que vem acompanhando o desenrolar da crise brasileira, mas que assim como ele toda a Igreja Católica confia nos poderes da República e espera que as autoridades realizem seu trabalho de forma responsável. “Sabemos que dentro da Igreja, há pessoas que são a favor e contra a Presidente, assim como pessoas a favor e contra o ex-presidente Lula, mas a Igreja deve permanecer unida” completou o arcebispo. O Brasil recebeu a primeira viagem internacional do papa Francisco, na Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, em 2013.

 

  • A escultura do líder nazista Adolf Hitler, de joelhos e mãos cruzadas, considerada bastante controversa, foi adquirida por US$ 17 milhões em um leilão da Casa de Leilões Christie’s, em Nova York.
  • A obra é do artista italiano Maurizio Cattelan, de 55 anos e bateu o último recorde do artista, que alcançou US$ 7.9 milhões.
  •  A estátua de cera e resina foi feita em 2001 e batizada de “Him” e estava avaliada entre US$ 10 e US$ 15 milhões. Em 2012 ela foi exposta no Museu Guggenheim de Nova York e na oportunidade já causou bastante polêmica.
  •  Olhada por trás, a escultura lembra um menino em oração, mas pela frente, leva o rosto inconfundível do líder nazista.
  • “Him” foi leiloada junto com um conjunto de 39 obras, entre elas “One Ball Total Equiulibrium Tank” de Jeff Koons, totalizando US$ 78 milhões.
  • O leilão levou o nome de “fadado ao Fracasso” e contava com peças modernas e contemporâneas que exploravam o tema do fracasso comercial.