Roberto Baia

28 de Abril de 2016

Críticas a Casal

A prestação de serviços da Companhia de Água e Saneamento de Alagoas (Casal) para a população de Arapiraca foi alvo de severas criticas do vereador Ronald Vital Rios (PDT), na sessão ordinária de terça-feira (26).

Na sessão, que contou com a presença da maioria dos vereadores, foi aprovado por unanimidade, requerimento solicitando à presidência da estatal, uma avaliação da atual situação porque passa o órgão, que segundo o vereador não vem cumprindo o seu papel, que é de distribuir água para a população.

 

Sem água

Na defesa da matéria, que contou com o apoio dos vereadores, Josias Albuquerque, Professora Graça, Dr. Fábio, em muitas comunidades em Arapiraca, a água não chega às torneiras há meses, o que está causando transtornos à população, que continua pagando por um produto que não tem. Ele sugeriu, que mais uma vez, seja feita uma audiência pública com os dirigentes da Casal, para que possam dar uma explicação, não só ao Poder Legislativo, mas a toda a sociedade arapiraquense e também da Região do Agreste, que enfrenta o mesmo problema .

 

Desserviço

Os vereadores foram unanimes em afirmar, que a CASAL, vem prestando um desserviço ao povo arapiraquense, que usa os meios de comunicação para até implorar a liberação de água em várias comunidades. Os vereadores Josias Albuquerque, Dr. Fábio, Professora Graça e Ronald Rios, aguardam uma posição urgente por parte dos diretores da CASAL, que hoje está sucateada e trazendo sérios transtornos para o povo.

Câmara contra FrigoVale

Acontece na tarde desta quinta-feira, 28, uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Arapiraca, para definir os rumos que o legislativo municipal juntamente com os moradores do Residencial Brisa do Lago e do Bairro Olho D’água dos Cazuzinhas deverão tomar perante o descumprimento de diversas solicitações para extinguir o mau cheiro oriundo das lagoas de decantação da empresa FigroVale.

 

Situação insustentável

De acordo com os moradores das comunidades do entorno da FrigoVale a situação está cada vez mais insustentável. Desde o início do funcionamento da empresa que os moradores sofrem com doenças estomacais e de pele devido ao mau cheiro e as bactérias lançadas ao ar pela empresa. Apesar das inúmeras tentativas de diálogo e solicitações a órgãos fiscalizadores, até o momento nada foi resolvido no local. Por isso os vereadores arapiraquenses ‘compraram a briga’ dos moradores.

 

Registros em Penedo

Na próxima sexta-feira (29) o Tribunal de Justiça de Alagoas e a Prefeitura de Penedo encerram a primeira etapa na cidade do Programa Moradia Legal II. A ação vai entregar gratuitamente 600 escrituras públicas de titularidade de imóveis residências. A solenidade que vai acontecer na Praça da Madre Espírito Santo contempla os moradores dos Conjuntos Madre Espírito Santo e São Gonçalo. Sendo 400 títulos e 200 respectivamente.

Moradia Legal

 

A ação é uma proposta da Justiça Alagoana e assiste proprietários de imóveis de até 250 m2 de área construída, com apenas uma residência, e não comercial. Os levantamentos podem acontecer com base nos registros de fornecimento de água e, ou luz. Além de outros documentos que possam ajudar na comprovação de propriedade, como recibos de compra e venda assinados e notas avulsas. Feito isso, o processo de registo será iniciado. 

 

Obras em Arapiraca

A informação foi dada pela prefeita Célia Rocha, no início desta semana, durante entrevistas concedidas nas rádios Novo Nordeste 570 AM e 96 FM Arapiraca. Célia explicou que a cidade é um verdadeiro canteiro de ações com a média de 62 obras em toda Cidade Entre as obras Célia destacou as reformas de escolas e creches, revitalização e ampliação de praças, e construção de unidades de saúde.

 

Jacuípe

Nos dias 06 e 07 de maio o projeto Governo Presente irá ampliar as ações desenvolvidas por jovens do Projeto Guardiões da cidade de Jacuípe. O projeto é voltado para a educação e monitoramento ambiental, seja através do trabalho de monitoramento hidrológico ou no suporte a produção de boletim de alertas e previsão do tempo. Juntos, cerca de 130 jovens guardiões levam através de mídias livres, informações sobre meio ambiente e emissão de alerta sobre enchentes e outros eventos naturais às comunidades ribeirinhas.

 

Escola de Artes

Com informações da ASCOM/Arapiraca: As artes sempre foram o refúgios do ser humano em seus momentos mais pueris. Confinado nas cavernas ou nos ateliês. Para que esta expressão máxima se repercuta ainda mais nos arapiraquenses, foram retomadas as aulas na Escola de Artes do município nesta terça-feira (26).

 

 

… Contando pela primeira vez com a modalidade “teatro” dentre os cursos gratuitos ofertados, o local abrigará nos próximos meses cerca de 1.220 alunos da Rede Municipal de Ensino e da comunidade em geral – os quais estudam no período noturno, onde ainda há vagas.

 

… As inscrições para violão, teclado, ballet, desenho mangá, artes plásticas, capoeira e teatro foram realizadas no ano passado e, até a próxima segunda (2), a direção estará recebendo as novas declarações escolares atualizadas dos estudantes municipais.

 

 

… Na aula inaugural, estiveram representantes da Secretaria Municipal de Educação (SME) e os pais dos alunos. Houve ainda um momento musical e interação entre a plateia e os futuros professores, alguns deles novatos na Escola de Artes.