Roberto Baia

27 de Abril de 2016

Eleições em Traipu

Ao confirmar a sua pré-candidatura a prefeito de Traipu, o vice-prefeito Erasminho Dias, fez duras críticas à prefeita Conceição Tavares, a quem acusa de ter sucateado a área de saúde, além de enganar servidores contratados, onde grande parte está há mais de seis meses sem ver a cor do salário.

 

Confirmou

Erasminho, que fez questão de fazer duras críticas às pessoas que vem espalhando que ele desistiu de disputar as eleições na cidade ribeirinha, reuniu no Clube do Sol dezenas de amigos, vereadores e familiares para confirmar sua pré-candidatura a prefeito de Traipu.

 

“Forasteiros”

“Essas pessoas que agem dessa forma, mentindo a meu respeito, não pensam no bem de Traipu. Nosso município está sendo administrado por uma gestora que até o presente momento vem dando oportunidade às pessoas de fora, deixando de lado traipuenses que em 2012 levantaram sua bandeira e como recompensa receberam desprezo”, afirmou o vice-prefeito.

 

Graves denúncias

“A saúde está sucateada, os professores foram enganados, funcionários contratados com cinco, seis e até sete meses sem receber salários e mesmo assim muitos foram colocados pra fora sem direito a nada. Praças estão sendo refeitas sem necessidade, com valores superfaturados que poderia custar em torno de R$ 20 a R$ 30 mil, mais nas licitações esses valores superam 10 vezes”, denunciou Erasminho.

 

Sem compromisso

“Não podemos desistir de uma Traipu melhor, de uma Traipu para os traipuenses, de resgatar nosso município das mãos de uma gestora sem o mínimo de compromisso para com a nossa população”, disse o vice-prefeito Erasminho Dias.

 

Estavam presentes

No evento também estiveram presentes os vereadores Valter da farmácia (Presidente da Câmara), Zé Duardo, Vânia de João de Deta e Larissa Palmeira. Os vereadores, em seus discursos, reafirmaram o apoio à pré-candidatura de Erasminho Dias a prefeitura de Traipu.

 

Municípios

Diante da atual conjuntura política do país, membros do conselho político da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) se reuniram para fechar a pauta da XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que ocorrerá entre os dias 9 e 12 de maio. 

O presidente da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) e segundo secretário da CNM, Marcelo Beltrão, participou do encontro, que entregou a parlamentares uma lista de reivindicações municipalistas.

“Fomos em busca de apoio dos parlamentares para propor agilidade na votação das pautas que serão apresentadas durante a Marcha”, afirmou Beltrão.

 

Piso do Magistério

O grupo visitou o deputado federal André Moura para que ele possa ser o interlocutor dos municípios na votação de oito matérias que estão tramitando na Câmara Federal. Entre elas, o Projeto de Lei 2.289 de 2015, que prorroga o prazo para a disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

Entre os assuntos também está o Piso do Magistério com o Projeto de Lei 3.776 de 2008, que determina que a atualização do piso salarial do magistério público da educação básica será feita pelo INPC.

 

Compromisso

Logo depois, o grupo seguiu para o Senado e esteve com o presidente da casa, o senador Renan Calheiros, que reiterou aos prefeitos o compromisso de tentar agilizar as votações das matérias consideradas prioritárias. Entre as matérias em análise no Senado, os prefeitos pedem a aprovação das mudanças nas regras do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) conforme o substitutivo da Câmara (SCD) 15/2015 ao projeto de lei do Senado (PLS) 386/2012.

 

Arapiraca

Após o curso “Linguagem Cinematográfica”, primeiro de vários módulos ofertados gratuitamente à comunidade pelo Núcleo de Audiovisual de Arapiraca (Navi), acontecerá uma nova oficina na Casa da Cultura entre os dias 29 de abril e 1º de maio.

  

… O “Pós-Produção de Som” vem com uma gama de conhecimentos técnicos essenciais repassados pelo renomado Emmanuel Miranda, que participou de premiadas películas alagoanas como o “O Que Lembro, Tenho”, do diretor arapiraquense Rafhael Barbosa.

 

… Gratuitas, as inscrições estão abertas até esta quarta-feira (27) pelo link https://goo.gl/3SYeuV. A oficina se iniciará sempre a partir das 19h na Casa, situada na Praça Luiz Pereira Lima, bairro do Centro.

 

… Por sua vez, o Navi é um dos 10 Pontos de Cultura que formam a rede em Arapiraca, tendo apoio da Prefeitura e do Ministério da Cultura (MinC).

 

… “Tivemos um primeiro momento que abordou uma introdução da História do Cinema e o desenvolvimento de sua linguagem, os planos cinematográficos, a montagem, o som, roteiro, processo de produção e decupagem. A ideia foi discutir filmes e curtas-metragens, dando ênfase no cinema alagoano. Agora, vamos aos detalhes mais técnicos, como a pós-produção de som e, em seguida, demais especificidades. Tudo de graça”, diz o organizador Leandro Alves.