Blog do Dresch

10 de Abril de 2016

Descoberta rara obra de Shakespeare

                   Um exemplar do chamado “First Folio”, primeiro livro do escritor William Shakespeare, que reuniu 36 obras do fabuloso autor britânico, foi descoberta em uma ilha escocesa, segundo anúncio feito pela Universidade de Oxford. A obra, publicada em 1623, foi considerada autêntica por Emma Smith, professora de assuntos shakespearianos em Oxford, e isso torna o exemplar um dos mais valiosos do mundo. A descoberta, que coincide com as comemorações pelos 400 anos da morte de Shakespeare, em 23 de Abril de 1616, eleva a 234 o total de “First Folio” existentes no mundo.

Raridade da literatura 2

                   O livro foi encontrado em uma mansão (Mont Stuart), na ilha escocesa de Bute, onde será exposto ao público. A obra, em três volumes, pertenceu a um editor literário do século XVIII, Isaac Reed. Segundo a investigação sobre a veracidade da obra, o exemplar em pele de cabra é “incomum porque em três volumes há muitas páginas em branco que poderiam ter servido para ilustrações”. O “First Folio” foi publicado pela primeira vez em 1623, sete anos após a morte de Shakespeare, e permitiu a divulgação de obras como “Macbeth”, “Noite de Reis”, “Júlio César” ou “A Tempestade”.

 

Ainda a luta contra Aedes

                   Cientistas do Canadá e do México anunciaram que descobriram métodos mais eficazes e baratos para destruir os ovos do mosquito Aedes Aegypti, que transmite a dengue e a Zika. O método recorre ao próprio odor dos insetos para atrair as fêmeas. Os investigadores testaram o procedimento em uma zona urbana e remota da Guatemala e concluíram ter destruído sete vezes mais ovos do que com as armadilhas comuns nas mesmas zonas. O sistema inclui uma armadilha chamada ovillanta, criada a partir de duas partes de 50 centímetros de um antigo pneu, colocadas de forma a simular uma boca, dentro do qual é colocado um fluído leitoso e não tóxico desenvolvido pela Universidade Laurentia, do Canadá, que atrai os mosquitos. No liquido esta uma tira de papel onde a fêmea coloca os ovos. Esta tira é removida duas vezes por semana, para monitoramento e os ovos são destruídos pelo fogo ou por etanol. A concentração de feronoma aumenta com o tempo, tornando a armadilha cada vez mais atrativa para os mosquitos, asseguram os pesquisadores. Segundo eles, a ovillanta é muito mais eficaz que as armadilhas habituais para atrair o Aedes Aegypti. Durante o estudo, que durou dez meses, a equipe recolheu e destruiu mais de 18.100 ovos do mosquito por mês, utilizando 84 ovillantas em sete bairros diferentes. No período, o mesmo número de armadilhas comuns recolheram 2,700 ovos mensalmente.

Raridade da literatura

 

O mundo é dos obesos

                   Uma pesquisa publicada no jornal médico “The Lancet” elaborada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), apontou que mais de 640 milhões de pessoas em todo o mundo são consideradas obesas, um numero bem maior das que estão abaixo do peso. O estudo mostra o alarmante aumento do numero de pessoas obesas que aumentou de 105 milhões em 1975 para 641 milhões em 2014. Mais do que um em dez homens e uma em sete mulheres são obesos. A pesquisa sempre envolveu o cálculo obtido do Índice de Massa Corporal (IMC), que é calculado pela divisão do peso de uma pessoa em quilos pelo quadrado de sua altura em metros. Ele indica se uma pessoa tem peso saudável. Um IMC de 25 significa acima do peso. Um de 30 significa obeso e mais de 40 é obeso mórbido.

O mundo é dos obesos 2

                   A quantidade excessiva de obesos no mundo representa um sério problema para a saúde da humanidade. A epidemia de obesidade é muito grave para ser combatida com remédios ou drogas para reduzir a pressão arterial ou contra o diabetes. Para fazer a diferença em um tratamento amplo, devem ser tomadas medidas coordenadas, como a relação de preços de alimentos saudáveis versus alimentos não saudáveis, além de tributos para produtos com alto teor de açúcar e comidas muito processadas.

Chip contra o câncer

                   Um dispositivo que se tornou uma importante ferramenta para o diagnóstico precoce e tratamento efetivo do câncer foi desenvolvido pela biomédica e professora universitária Deborah Zanforlin, da cidade de Caruaru, em Pernambuco. O projeto envolve um chip que detecta 18 tipos da doença em estágio inicial, obtido através de um exame de sangue cujo resultado sai em 15 minutos. A biomédica pernambucana viajou esta semana para os Estados Unidos, onde apresentou o seu trabalho na competição BioScikin, na Universidade de Stanford, na Califórnia. Ela explicou que o biossensor mapeia marcadores sanguíneos liberados por células cancerígenas nos estágios iniciais da doença. Isso permite o diagnóstico precoce do paciente e aumenta as chances de cura para 70%.

Chip contra o câncer 2

                   Ainda segundo a pesquisadora, o chip apresenta também a vantagem de não liberar radiação. Todo o sistema do exame é portátil e pode ser levado com facilidade para qualquer lugar, especialmente para o interior, onde o acesso a equipamentos e ao diagnóstico do câncer é difícil. O equipamento alia rapidez e portabilidade, permitindo que os testes sejam realizados com mais frequência. Segundo Débora Zanforlin, o chip também pode ser utilizado para outras doenças no futuro “mas agora estamos focados no diagnóstico e tratamento do câncer” afirmou. Um dos objetivos do projeto é permitir que as pessoas deixem de ver o câncer como uma sentença de morte.

 

 

  • O voo direto e regular aos Sábados, que liga Maceió a Buenos Ayres e operado pela Gol Linhas Aéreas, mudou de horário, segundo anúncio da companhia feito esta semana.
  • Agora o voo partirá da capital alagoana às 13h30 chegando em seu destino ás 19h35 e não mais na madrugada. O retorno do mesmo voo será ás 20h15, com o desembarque em Maceió acontecendo ás 2h20.
  • Na opinião do secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Hélder Lima “garantir o voo regular em horário nobre é um avanço importante para fortalecer o destino Alagoas, garantindo a vinda dos visitantes estrangeiros ao nosso estado” assegurou.
  • Esse voo regular da Gol foi confirmado após o Governo de Alagoas conceder a redução da alíquota de ICMS do querosene de aviação, o que facilitou a criação do voo para a Argentina e para outros locais, além de consolidar Maceió como um dos principais destinos da América Latina.
  • O custo com combustível representa 35% do valor gasto pelas companhias com os voos. A alíquota do tributo foi reduzida e 17% para 12% com condições de pagamento competitivas.