Edmilson Teixeira

6 de Abril de 2016

Porto de Pedras, ponte do peixe

Integrantes que comandam em Porto de Pedras a Associação Peixe-Boi, contam agora com uma grande aliada na esfera política, na questão da reconstrução de uma ponte que dá acesso ao berçário dos animais aquáticos. Trata-se da deputada Thaise Guedes (PMDB), que depois de uma curta visita no mês passado naquela região, ficou sensibilizada com o problema.

Porto de Pedras –  reivindicação

E foi na segunda-feira desta semana, que Thaise Guedes se reuniu, com dois secretários de Estado; Helder Lima, do Desenvolvimento Econômico e  Turismo, e  Alexandre Ayres, do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos.  Na pauta: a viabilização de repasses financeiros que sejam  necessários para  a obra da ponte, cujo investimento está orçado em cerca de R$ 400 mil, conforme um levantamento técnico por engenheiros específicos para atuar no projeto.

Situação da ponte

 

“Além de ser usado diariamente por pedestres e ciclistas, o trecho recebe um grande fluxo de turistas, pois dá acesso ao projeto Peixe Boi, já considerado um ponto turístico da região. Em virtude da sua atual condição estrutural comprometida, torna-se necessário, em caráter de urgência, que se façam os investimentos para a restauração de toda sua extensão, bases de apoio e pilares”, explanou a deputada Thaise Guedes.

 

Atalaia – 01

A Prefeitura de Atalaia que até há bem pouco tempo atravessava dificuldade econômica com o prefeito Mano no poder, figura afastada em setembro de 2014 por problema de improbidade  administrativa, agora vive de cara nova com o Zé de Pedrinho no comando. É que esta semana ele concedeu adicional de 20% aos 70 servidores da Guarda Municipal. Na semana passada foi a vez dos professores, quando aplicou aumento de mais de 11% para a categoria. Pelo visto, a onda de greve em Atalaia agora é coisa do passado.

Atalaia – 02

Para colocar nos eixos a bagunça que estava na Prefeitura, Zé de Pedrinho teve que tomar medidas drásticas, a fim de ter dinheiro em caixa mensalmente, justamente para honrar os compromissos da folha de pagamento dos servidores, prestadores de serviços e do comércio. E como se não bastasse, em meio a essa crise vivenciada pelo povo brasileiro, o que não falta por lá são obras em andamento e diversos projetos nas áreas de educação, social e saúde sendo colocados em atividades.

 

Mapa

Durante a manhã de segunda-feira na sede da AMA, uma equipe técnica da Superintendência de Produção da Informação e do Conhecimento (Sinc), da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag), apresentou para os prefeitos, o novo mapa político-administrativo do Estado. O mapa apresenta a divisão político-administrativa de Alagoas com seus 102 municípios, além de vilas e povoados. O documento destaca ainda a hidrografia com os principais rios, relevos, rodovias, ferrovias e diversas feições pertinentes à infraestrutura, hidrografia e geomorfologia do Estado.

Mapa -02

A atualização tem como base cartográfica de referência as Malhas Municipais do IBGE, do ano de 2013. O material foi baseado ainda em dados do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) e do Departamento de Estradas e Rodagens de Alagoas (DER/AL).

Maragogi

Depois de um logo período de muita expectativa, foi que na última sexta-feira, a bancada legislativa  aprovou por cinco votos a três, em sessão extraordinária, o projeto de lei do Executivo que estabelece um reajuste de 8% aos servidores da Educação. Esse percentual será aplicado em duas parcelas iguais, de 4%, cuja  primeira já é a partir desse mês. A outra somente em outubro próximo. “Através de um minucioso estudo dos recursos oriundos do Fundeb, realizado pelo técnico Milton Canuto, chegamos ao percentual que, apesar de gerar um impacto razoável na folha de pagamento, poderá ser rigorosamente cumprido” argumentou o prefeito Henrique Madeira.

Médicos

Nosso Estado está sendo contemplado esta semana, com o advento de mais 23 profissionais da Medicina, por meio do Programa Mais Médico. O grupo  reforçará os serviços de atendimento da Atenção Primária em 16 municípios. São eles: Boca da Mata, Campo Alegre, Junqueiro, Maceió, Marechal Deodoro, Porto Calvo, São José da Laje, Arapiraca, Campo Grande, Delmiro Gouveia, Estrela de Alagoas, Feira Grande, Girau de Ponciano, Limoeiro de Anadia, São Sebastião e Taquarana. O somatório geral é de 250 médicos em todos os municípios.

Carro roubado

Um veículo complementar da linha Matriz do Camaragibe/Maceió, tomado em assalto por dois homens armados nas imediações de São Luiz do Quitunde, no litoral Norte, foi recuperado com a ajuda do Sistema de Monitoramento de Transporte (SMT) da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal). O roubo aconteceu no último final de semana.

Carro recuperado

Ao ser acionada pelo transportador, a empresa de segurança que presta serviço a Arsal identificou, por meio do rastreador eletrônico, a localização do veículo, em uma estrada próxima ao município de Flexeiras. A empresa bloqueou a direção, impedindo que fosse dada a partida, e acionou a Polícia Militar, que recuperou o carro, entregando-o ao proprietário.

Modernização

A Arsal afirma que por meio do monitoramento online, é possível identificar os veículos pela placa e pelo nome do proprietário, visualizar os trajetos, emitir alertas e multas em caso de excesso de velocidade e descumprimento de rotas e horários. O sistema permite ainda o rastreamento, identificando a localização exata dos carros, o que é de grande utilidade também nos casos de roubo ou sequestro.