Blog do Dresch

27 de Março de 2016

Ministro quer preservar as reservas

                   O Ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, voltou a negar que o governo tenha a intenção de usar suas reservas internacionais, hoje estimadas em US$ 375 bilhões, para saldar dívidas externas. Segundo ele, estes recursos garantem a autonomia do país, para evitar recorrer a organismos financeiros como o Fundo Monetário Internacional (FMI) em momentos de dificuldades econômicas. “As reservas dão autonomia para a politica econômica brasileira. São elas que permitem que a gente não tenha de recorrer ao FMI. É tanto um desafio quanto uma benção” disse o Ministro.

Reservas internacionais 2

                   Nelson Barbosa revelou ainda que o governo pretenda usar recursos das reservas para aumentar os investimentos federais. “Não é preciso usar as reservas para aumentar os investimentos no Brasil. Para isso é preciso o apoio do Congresso, é isso o que peço” disse o Ministro da Fazenda. Ele disse ainda eu o governo pretende encaminhar ao Congresso um projeto de lei para alterar a meta fiscal de 2016. O Orçamento Geral da União estipulava meta de superávit primário de R$ 24 bilhões para o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central).

Reservas internacionais 3

                   Em Fevereiro a equipe econômica anunciou que não poderia cumprir a meta, e que enviaria um projeto que autorizava o abatimento de R$ 84,2 bilhões. O que faria o Governo Central a fechar o ano com um déficit de R$ 60,2 bilhões. A nova meta tem por base a redução da receita. O projeto pede ainda para o governo gastar R$ 3 bilhões em ações de combate á dengue, chicungunya e Zika Vírus, além de outros R$ 9 bilhões em obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Canonização de Madre Tereza

                   O Papa Francisco anunciou recentemente que a data de canonização da Madre Teresa de Calcutá, acontecerá no dia 4 de Setembro deste ano, véspera do 19º aniversário de morte da religiosa. O comunicado era aguardado desde Dezembro último, quando foi aprovado um segundo milagre atribuído à madre. A Igreja define como santo aquele que foi sagrado na vida e consiga concretizar milagres. À madre foram atribuídos dois: a cura de uma mulher indiana com um tumor estomacal em 2003, e de um brasileiro em estado terminal e em coma devido a um câncer no cérebro no ano passado. São três as etapas para a santificação: confirmação de “virtudes heroicas”, beatificação e canonização, sendo que estas duas últimas exigem a comprovação de um milagre. Nascida Agnes Gonxha Bojaxhiu em 26 de agosto de 1910, em Skopje, cidade do então Império Otomano que é capital da atual Macedônia, madre Teresa entrou para a Ordem das freiras em 1926. Em 1950 fundou a ordem das Missionárias da Caridade, que hoje conta com 130 unidades em todo mundo, “para prover conforto e cuidados aos mais pobres dentre os pobres”. Em 1979 ganhou o Nobel da Paz. Após sua morte, em 5 de Setembro de 1987, aos 87 anos, surgiram acusações de que a madre e a ordem ajudavam os carentes com o objetivo de convertê-los ao cristianismo. A ordem nega, e diz que grande parte dos que receberam ajuda não era cristâ e tinha pouco tempo de vida, insuficiente para a conversão.

 

Os recordes da produção

                   O abate de suínos cresceu 5,7% e o de frango 5.4% no ano passado, em comparação com 2014, estabelecendo importante recordes na produção nacional, segundo o IBGE. A informação faz parte dos resultados do abate, da produção de leite, couro e ovos referente ao quarto trimestre do ano passado, divulgados junto ao fechamento de 2015. Segundo o IBGE, foram abatidas 39,26 milhões de cabeças de suínos, com a série anual mostrando crescimento ininterrupto da atividade desde 2005. O peso acumulado das carcaças alcançou 3,43 milhões de toneladas ano passado. No caso do frango o abate foi de 5,79 bilhões de cabeças. O peso das carcaças da ave alcançou 13,1 milhões de toneladas.

Os recordes da produção 2

                   Também houve um crescimento na produção dos ovos de galinha em 2015. Foram produzidas 2,92 bilhões de dúzias, um crescimento de 3,5 % comparado ao ano anterior. Já o abate de bovinos caiu 9,6% ano passado com 30,64 milhões de cabeças contra 33,91 milhões em 2014. Também houve uma queda na produção de carcaças com 7,49 milhões de toneladas em 2015 contra 8,06 milhões de toneladas em 2014 (menos 7,1%). A produção de couros também caiu, com um percentual de 10,5 % menor que a registrada no ano anterior. A produção de leite também recuou, chegando a 24,05 bilhões de litros ano passado, uma queda de 2,8% em relação a 2014, segundo os dados divulgados pelo IBGE.

Raio matou 38

                   Um raio matou 38 cabeças de gado, da raça nelore em uma propriedade rural em Alto Paraíso, Rondônia, causando um prejuízo de R$ 58 mil ao proprietário. A descarga elétrica deve ter acontecido na segunda ou terça feira, quando fortes tempestades atingiram a região, mas o fazendeiro somente constatou o fato ao fazer a contagem do rebanho no dia seguinte. Ele disse que existiam 217 cabeças na propriedade, separadas em lotes, e as que foram atingidas pelo raio estavam no mesmo cercado. A causa da morte dos animais foi atestada por um veterinário que foi levada ao local após os animais serem encontrados. Eles foram enterrados já que o aproveitamento da carne e do couro dos animais foi descartado.

 

  • Segundo psicólogos da Universidade de Londres, as pessoas fecham os olhos durante o beijo para permitir que o cérebro possa focalizar corretamente a tarefa das mãos (?).
  • A pesquisa sobre visão e experiência sensorial tátil concluiu que durante o beijo o cérebro tem dificuldade em processar outros sentidos ao mesmo tempo.
  • O estudo foi publicado no Journal of Experimental Psychology e os pesquisadores afirmaram ter encontrado “tátil consciência dependendo do nível de carga perceptual em uma tarefa visual simultânea”. No entanto não foram analisados casais se beijando.
  • A análise constatou que as pessoas são menos sensíveis ao tato com os olhos abertos, pois quando ocorre o beijo ou outras atividades agráveis ao tato como sexo e dançar, os indivíduos querem se concentrar no contato, em vez de outras experiências sensoriais.
  • Na opinião dos pesquisadores, os resultados explicam porque fechamos os olhos quando queremos desfrutar de outros sentidos.