Flávio Gomes

13 de Março de 2016

13/03/216

Do escritor Célio Peza, no site “Diário do Poder”: “Neste domingo, dia 13 de março, haverá uma mobilização nacional a favor do impeachment de Dilma e contra o ‘projeto criminoso de poder’ de alguns líderes de seu partido, conforme definição do Ministro do STF, Celso de Mello, durante o julgamento do Mensalão. Alguns grupos insensatos que querem a instalação de um governo antidemocrático de esquerda no Brasil dizem que também vão sair às ruas nesse dia, em apoio ao ex-presidente Lula. São os últimos suspiros de um projeto falido, que deverá ser varrido do Brasil. A corrupção que esse grupo instalou no Brasil é a maior do mundo e conseguiram quebrar grandes empresas e o próprio país. Mesmo assim, ainda cantam hinos de louvor aos seus chefes, como se fosse um culto à loucura. Dilma já não governa e conseguiu o grande feito de unir a nação contra ela. A melhor saída é a sua renúncia. Melhor para ela e para o Brasil. Para que ficar defendendo o indefensável? Políticos de peso de seu próprio partido já estão abandonando o barco e mostrando toda a sujeira dos últimos anos, alguns através de delação premiada. O PT do início, que combatia a corrupção e era a favor dos trabalhadores, deixou de existir e se transformou nisso que vemos diariamente nas diversas fases da Operação Lava Jato. Os petistas, que acreditavam no projeto inicial, foram enganados, estão desiludidos e sabem que precisam eliminar a podridão para que o PT volte a ser o que foi no passado…”

Reforço

Pode até não ter sido algo programado com esse objetivo, mas a deleção premiada do senador Delcídio Amaral acusando figurões do governo, o depoimento de Lula à Polícia Federal e o pedido de prisão do ex-presidente incentivaram o ato “Fora, Dilma”, hoje, em nível nacional. Em Maceió a concentração é às 9 horas, no Corredor Vera Arruda.

Proposta

De Gustavo Gatto, alagoano que é diretor da Associação Nacional dos Delegados da PF: “A Polícia Federal não pode ser jamais uma polícia de governo, mas sim uma polícia de Estado que não esteja sujeita às intempéries políticas ou caprichos de governantes. Por isso, precisa que sua autonomia esteja garantida na Constituição.”

Destino

Alfredo Gaspar de Mendonça Neto rechaçou três opções que foram postas depois do anúncio da sua saída da Secretaria de Segurança: presidir o Conselho Estadual de Segurança, voltar ao GECOC ou disputar mandato político-partidário. Mas, até pelo conceito que desfruta, poderá suceder Sérgio Jucá como Procurador Geral de Justiça.

Entrave

O PP, do vice Marcelo Palmeira, ainda é o maior impasse para o PMDB do governador Renan Filho apoiar a reeleição do prefeito Rui Palmeira. Boa parte do PMDB admite o apoio a Rui, desde que o partido indique o vice. Rui até aceita negociar uma recíproca para a eleição de 2018, mas não parece disposto a abrir mão do seu vice.

Tem mais

Outra questão que influi num eventual acordo PSDB/PMDB para a eleição municipal em Maceió é a conjuntura nacional. As lideranças dos dois partidos se reuniram esta semana e falaram em parceria visando uma saída para a crise. Isso pode incluir apoio ao impeachment de Dilma Rousseff e parceria nas eleições deste ano e de 2018.

Agenda

A Associação dos Municípios Alagoanos reúne amanhã, 10 horas, prefeitos candidatos à reeleição para receberem orientações jurídicas sobre o processo eleitoral deste ano.  Serão orientadores o Desembargador Eleitoral Fábio Gomes, o Procurador Regional Eleitoral, Marcial Coelho, e os advogados Luiz Guilherme e Luciano Guimarães.

Defesa

Do juiz federal Sérgio Moro, chefe da Operação Lava a Jato, indignado com as mentiras contra ele: “As motivações minhas não são partidárias. Nenhuma, zero, zero ligação com partidos ou pessoas ligadas a partidos. Outro dia vi publicado que meu pai era fundador do PSDB em Maringá. Meu pai é falecido, professor de geografia, a pessoa mais honesta que eu conheci na vida e nunca teve relação nenhuma com partido.”

 

*A edição de hoje do programa “Aplauso” é dedicado a Jorge Aragão, carioca do subúrbio de Padre Miguel, cantor, sambista e compositor de inúmeros sucessos. A partir da 10 horas, na Educativa FM, com pesquisa e produção de Givaldo Kleber.

*Acontece, de amanhã a 6ª feira, 18, o 1º Mutirão de Julgamentos da Turma Recursal de Maceió, no Fórum da Capital, no Barro Duro. O objetivo é julgar cerca de mil processos cíveis provenientes dos Juizados Especiais. O trabalho será de manhã e à tarde.

*A Embrapa apresentará no Congresso Brasileiro de Entomologia e no Congresso Latino-americano de Entomologia, de hoje a 5ª feira, no Centro de Convenções, a nova geração de um bioinseticida capaz de matar as larvas do mosquito Aedes aegypti.

* A Faculdade de Letras da Ufal recebe amanhã, para duas palestras, o pesquisador norte-americano Daniel Everett, que falará sobre cultura de negócios e comunicação. Às 10 horas, no auditório da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade.

* A 7ª edição do workshop sobre Geometria Diferencial acontece, de amanhã a 6ª feira, no Hotel Ponta Verde, Maceió. O Instituto de Matemática da Ufal está na organização do evento, que reunirácerca de 80 pesquisadores nacionais e internacionais.

*Líderes dos respectivos grupos no Campeonato Alagoano, CRB e CSA fazem hoje, às 16 horas, no Trapichão, um clássico para cumprir tabela. O jogo vale pela rivalidade, uma das maiores do futebol brasileiro, de cerca de 100 anos.

 

“O PT considera ser possível estar, ao mesmo tempo, no governo e na oposição, o que é um malabarismo que não está ao alcance nem do mais hábil dos oportunistas”

Aloysio Nunes Ferreira

Senador do PSDB/SP