Blog do Dresch

9 de Março de 2016

Uma cidadã de Maceió

Uma cidadã exemplar

                   Ainda repercute de forma bastante positiva, o discurso proferido pela presidente da Ordem os Advogados do Brasil, seccional Alagoas, Fernanda Marinela,         ao receber o título de Cidadã Honorária de Maceió, um reconhecimento da Câmara Municipal da capital. Com a plateia recheada de autoridades dos poderes constituídos e das instituições federais e estaduais, Fernanda fez um discurso belíssimo, abordando a questão do gênero, defendendo a igualdade e que “capacidade e ética não derivam de questões de gênero”, aproveitando as comemorações pelo Dia da Mulher. 

Uma cidadã exemplar 2

                   Mas a presidente da OAB de Alagoas aproveitou a homenagem que recebia da Câmara para firmar sua posição politica. “O povo brasileiro não pode ser enganado por vazamentos parciais de informações, é preciso haver provas, e pior que a situação da economia é a crise moral e ética que o país atravessa” ressaltou Fernanda Marinela. E foi ainda mais longe: “na semana passada chegamos ao fundo do poço e vale lembrar que a Constituição Brasileira não esta a serviço de alguns poucos, mas para todos, inclusive para quem investiga. Os advogados brasileiros defendem que tudo seja investigado, mas dentro da mais absoluta legalidade” ressaltou a Presidente da OAB, agora Cidadã Honorária de Maceió.

 

Saúde na região Sul

                   Claro que a situação econômica e política do país preocupam e afeta diretamente a população. Mas nada incomoda mais que a dificuldade no atendimento à saúde. Ontem, o governador Renan Filho e a Secretária de Saúde Rosangela Wyrzomiska entregaram duas Unidades Básicas de Saúde á população de Jequiá da Praia. A primeira inauguração foi no povoado Alagoinhas que recebeu a Unidade Salomão Barbosa da Silva, logo em seguida foi entregue no centro da cidade a Unidade Augusto Celestino dos Santos. Juntas, elas atenderão a um universo de 1.400 famílias do município, proporcionando o atendimento com profissionais médicos, odontólogos e enfermeiros e ainda atendimentos nas áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e nutrição. Também serão disponibilizadas para a população outras especialidades como ginecologia, pediatria, cardiologia, dermatologia e a realização de exames como a ultrassonografia e eletrocardiograma. A concretização destas duas Unidades de Saúde aconteceu dentro de uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Estado de Alagoas.

 

Cuba apoia Lula e Dilma

                   Nada mais justo e correto. O governo de Cuba manifestou, através da sua diplomacia, o apoio incondicional ao ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, á presidente Dilma Rousseff e ao Partido dos Trabalhadores. Para o governo cubano os parceiros brasileiros são alvo de ações judiciais e parlamentares “injustificáveis e proporcionais”. Segundo a diplomacia “a indigna manipulação da luta contra a corrupção tem o objetivo de desacreditar e criminalizar um líder emblemático da América (Lula) e desqualificar uma das organizações politicas (PT) mais combativas da região”.

Cuba apoia Lula e Dilma 2

                   O Ministério dos Negócios Estrangeiros de Cuba disse ainda que o ataque contra a Constituição e a democracia no Brasil também visa “derrubar o legitimo governo da presidenta Dilma Rousseff e liquidar o processo progressista regional”. E continua: “Com estes métodos sujos, setores dos aparelhos policiais, legislativos e judiciários de alguns Estados da nossa região, com estreita aliança com grupos transnacionais de comunicação, as oligarquias e o imperialismo, pretendem impor, por via da força, pessoas que não foram capazes de vencer as eleições nas urnas”.

 

Gerando a própria energia

                   Esta se tornando cada vez mais comum em todo o Brasil, a geração própria de energia, através da instalação nas residências de pequenos geradores de fontes renováveis. Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), até 2024 cerca de 1,2 milhão de residências no Brasil vão contar com a energia produzida pelo sistema de geração distribuída, que permite a instalação de painéis solares e microturbinas eólicas, visando a troca de energia com a distribuidora local, buscando a redução dos gastos com a energia elétrica.

Gerando a própria energia 2

                   Também já estão valendo novas regras aprovadas pela Aneel para a geração de energia no país, desde o dia 1º. Uma das novidades é a geração de energia compartilhada, onde um grupo de pessoas pode se unir em um consórcio ou cooperativa, instalar um micro ou minigeração distribuída e utilizar a energia gerada para reduzir as faturas dos consorciados ou cooperados. Além disso, várias outras mudanças no sistema, devem acelerar o processo que permita ao cidadão gerar a sua própria energia.

 

 

  • Só para fechar a informação sobre a questão da geração própria de energia, houve um aumento de adesões ao modelo de geração distribuída entre 2014 e 2016 passando de 424 para 1.930 conexões. E para este ano o crescimento pode chegar até a 800%.
  • A chuvinha (chuvinha mesmo) que caiu ontem logo cedinho em Maceió, mesmo sendo rápida e de pouco volume causou seus problemas.
  • E mostrou que mais uma vez (como isso é recorrente!) que a capital continua absolutamente despreparada para enfrentar qualquer tipo de intempérie.
  • E isso atrapalha a vida de grande parte dos maceioenses. Por exemplo: funcionários da Rádio Jovem Pan, sentiram na pele o estrago.
  • Entre eles a competente radialista Edjane Melo, apresentadora do Jornal da Manhã, que teve de interromper seu programa (colocou algumas musicas no ar, pedindo desculpas aos ouvintes e explicando a situação) para retirar seu carro estacionado na Rua Miguel Palmeira, que estava começando a fincar inundada, como sempre acontece, ás vezes até com ameaça de chuva.