Futebol

7 de Março de 2016

Direção do ASA prioriza transparência

Priorizando a transparência, a atual direção executiva do ASA divulgou a prestação de contas dos meses de janeiro e fevereiro. De acordo com o balancete, o time alvinegro teve déficit nos dois meses.

No mês de janeiro o déficit chegou a R$ 198.754 mil, referente a direito de imagens, salários, despesas com viagens, auxilio moradia dos jogadores e comissão técnica. Em fevereiro, o prejuízo foi um pouco menor. O déficit chegou a R$ 161.520,98, referente às mesas despesas.

Por algumas vezes o presidente executivo do ASA, Bruno Euclides, me concedeu entrevistas externando as dificuldades, sobretudo financeira, para honrar com todos os compromissos firmados, pois um dos seus principais patrocinadores, a torcida, ainda não assimilou, de fato, a importância que ela tem no dia a dia e é necessário entender que é preciso dividir essa responsabilidade com a direção pelo menos comparecendo aos jogos.

Por enquanto, a direção comandada pelo presidente Bruno Euclides merece ser parabenizada porque não é fácil assumir tamanha responsabilidade e aos trancos e barrancos conquistando vitórias e os destaques que o time vem tendo.