Flávio Gomes

1 de Março de 2016

As peripécias do óbvio

Do jornalista e ex-deputado federal Fernando Gabeira: “O governo assaltou e arruinou a Petrobras. A tese mais elementar era esta: parte do dinheiro roubado foi desviada para as campanhas de Lula, Dilma e tutti quanti. No Brasil, o elementar nem sempre se impõe. Almas generosas dizem: não há provas de que os milhões roubados da Petrobrás foram usados em campanha. Todo o dinheiro foi registrado no TRE: contribuições legais. As empresas que doaram são as mesmas do escândalo. O dinheiro da propina foi simplesmente lavado. As almas delicadas não acreditam que tenha havido dinheiro sujo na campanha e não fazem a mínima ideia de para onde voaram milhões de dólares. E consideram que está tudo bem com a lavagem de dinheiro, embora isso seja um crime punido por lei. Agora a casa caiu. A prisão do marqueteiro João Santana mostra que ele recebeu dinheiro do escândalo do petróleo como pagamento pela sórdida campanha de 2014. Fechou-se o quadro. Ele já estava desenhado no celular de Marcelo Odebrecht. Numa das anotações falava que as contas na Suíça poderiam atingir a campanha dela. Quem é ela? Se afirmar que é Dilma, as almas generosas vão dizer: há milhões de outras mulheres no Brasil. Agora a casa caiu. A prisão do marqueteiro João Santana mostra que ele recebeu dinheiro do escândalo do petróleo como pagamento pela sórdida campanha de 2014…”

 

Agenda

 

Na condição de governador, Renan Filho será recebido hoje, em Brasília, por Dilma Rousseff, junto com seus colegas do Nordeste. Na quinta-feira à noite, como um dos ilustres filiados ao PMDB, receberá, no Museu Palácio Floriano Peixoto, Michel Temer,  vice-presidente da República e presidente do seu partido.

 

Novidade

 

O deputado federal Marx Beltrão reafirmou ontem no programa “Conjuntura”, da TV Mar, que será mesmo candidato a senador, em 2018. E diz não se intimidar em disputar uma as duas vagas com Renan Calheiros, Benedito de Lira, Téo Vilela e, talvez, Heloísa Helena. “Represento uma proposta de renovação na política”, argumenta.

 

Novo campo

 

Helder Lima, secretário adjunto da Fazenda, é advogado tributarista, ainda jovem, mas reconhecido pela sua eficiência. E tem sido um dos mais elogiados assessores de George Santoro, titular da Sefaz. Cotado para substituir Jeanine Pires, irá encarar o desafio de uma novidade, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

 

Aprovado

 

Foi muito bem aceita, entre os prefeitos, a proposta de Luciano Barbosa, secretário da Educação e vice-governador, de redistribuição, pelo Estado, de 10% do ICMS aos municípios com melhor índice de qualidade na educação. O objetivo é incentivar as prefeituras a melhorar o nível de ensino para os jovens estudantes.

Dura lex

A Prefeitura de Maceió tem dado ampla divulgação aos locais onde foram instalados os pardais eletrônicos de fiscalização de excesso de velocidade e de semáforos. Inclusive disponibiliza em seu site a localização dos equipamentos. A fiscalização eletrônica é prova material de infração de trânsito. Só reclama quem gosta de transgredir as normas.

Do ramo

O jornalista Ênio Lins, secretário estadual de Comunicação, e que já foi também titular da Cultura, no governo Divaldo Suruagy, é o novo sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas. Passa a ocupar a cadeira de nº 18, em lugar do juiz de Direito e professor Aloysio Américo Galvão, que se afastou por questão de saúde..

Opinião

Kennedy Alencar, em seu blog: “A ausência da presidente Dilma no encontro do PT no fim de semana vai aumentar o isolamento dela numa hora difícil. A presidente foi atacada pelo próprio partido. Apesar de publicamente ter defendido Dilma no sábado, o ex-presidente Lula avalizou as críticas à política econômica e ao ministro da Fazenda.”

 

*Acontece hoje o lançamento do 3ª Prêmio Braskem de Saúde e Segurança do Trabalho. Iniciativa da Braskem, Ministério Público do Trabalho, Superintendência do Trabalho e Emprego em Alagoas e Sindicato dos Jornalistas. Na Bodega do Sertão, às 8h30m.

*Desde ontem Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas passou a funcionar apenas das 7h30m às 15h30m, com atendimento ao público das 7h45m às 14h30m. A redução é em função do corte de 29% no orçamento da Justiça do Trabalho para este ano.

* Por conta da desativação do aterro sanitário e o início das obras de construção da Central de Tratamento de Resíduos, entre Arapiraca e Craíbas, a comunidade de Mangabeiras passará por processo de revitalização. Uma ação do governo estadual.

* O Ministério da Saúde liberou R$ 408 mil para construção de um posto de saúde em São José da Laje e reforma da Unidade de Saúde da Família Lívia Pedrosa Alves, em Major Isidoro. Em Alagoas há 277 UBs em obras e 56 estão em fase de projeto.

* O Conselho Universitário da Ufal prorrogou para 20 de junho o prazo para a entrega da documentação pendente dos estudantes do Ifal aprovados no Sisu. A pré-matrícula, teve início na última sexta-feira, 26, será realizada até hoje, entre 9 e 19 horas.

* “O que Teria Acontecido a Niemeyer”, exposição do fotógrafo Thiago Sobral, que é especializado em imagens de arquitetura, fica aberta ao público somente até hoje.  Quem se interessar deve ir ao Shopping Parque Maceió, das 10 às 22 horas.

*O Coruripe recebe o Estanciano hoje à noite, no Estádio Gerson Amaral, pensando em voltar à liderança do seu grupo na Copa do Nordeste. O outro representante alagoano, o CRB, até hoje é o líder e enfrenta amanhã, 19h15, o América RN, em Natal.

 

“A esquerda se autodesconstruiu, sobretudo, ao não perceber seus erros e jogar a culpa da desconstrução nos adversários”

Cristovam Buarque

Senador do PPS/DF