Blog do Dresch

23 de Fevereiro de 2016

OMS no Brasil

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, deve chegar ao Brasil nesta terça-feira para acompanhar a epidemia do vírus Zika no país. Da capital federal, Margaret Chan deve ir ao Recife, já que o estado de Pernambuco registra o maior número de casos de microcefalia possivelmente associados à infecção pelo Zika (182 casos da malformação confirmados e 1.203 em investigação). De acordo com o Ministério da Saúde, a visita da diretora-geral da OMS ocorre a convite do governo brasileiro. No início do mês, a OMS declarou emergência em saúde pública de interesse internacional em razão do aumento de casos de infecção pelo Zika em diversos países e de uma possível relação da doença com quadros de malformação congênita e síndromes neurológicas. O Ministério da Saúde investiga pelo menos 3.935 casos suspeitos de microcefalia possivelmente associada ao vírus. Até o dia 13 de fevereiro, 508 casos foram confirmados e 837 descartados de um total de 5.280 notificações de estados e municípios ao governo federal. Margaret Chan foi eleita diretora-geral da entidade pela primeira vez em novembro de 2006. Em maio de 2012, a  sanitarista foi reconduzida para o mandato que vai até junho de 2017. Antes, ela já havia ocupado dois diferentes postos na OMS.

  

Polícia americana

A Secretaria de Segurança Pública deu início ontem a uma parceria com profissionais do Departamento de Polícia de Miami, nos Estados Unidos, que estão em Maceió para ministrar um Curso de Investigação de Homicídios para profissionais da Polícia Civil de Alagoas e de outros seis estados do Nordeste. O secretário Alfredo Gaspar de Mendonça deu as boas-vindas aos profissionais e disse que essa é uma oportunidade de aprofundar o conhecimento sobre processo investigatório, através de técnicas modernas nas investigações de homicídios.

 

Polícia americana 2

A finalidade é capacitar os profissionais para atuação na cena do crime, avaliar as circunstâncias iniciais do homicídio, discutir conceitos, técnicas e desenvolver o fluxo de investigação na busca da autoria e materialidade do ilícito penal contra a vida. 

 

 Brigões

 E por falar em polícia, no domingo último domingo a Polícia Militar de Alagoas teve um trabalhão, mais uma vez, para conter os brigões travestidos de torcedores de CSA x CRB. A PM, antes mesmo de o clássico ter início, já havia registrado vários tumultos e aglomerações das torcidas organizadas dos times pelas ruas de Maceió. Durante abordagem a um grupo de torcedores que estava num ônibus na Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, duas granadas e diversos rojões já haviam sido apreendidos. Vários integrantes foram detidos e conduzidos à Central de Flagrantes. 

 

Brigões 2

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AL), os rojões e as duas granadas estavam com um grupo de torcedores do CRB, e seriam levados para serem utilizados no Estádio Rei Pelé durante o clássico. Porém, policiais da Força Tática do 4° Batalhão de Polícia Militar (4°BPM) interceptaram o comboio de seis ônibus na Avenida Fernandes Lima, no bairro do Farol, e encontraram os materiais durante averiguações. Torcedores e os materiais apreendidos foram levados para a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol. 


Brigões 3

A coluna também presenciou pelo menos uma grande confusão entre os torcedores brigões. O terror patrocinado por estas pessoas dessas chamadas organizadas teve como ‘palco’ deste triste espetáculo que se repete clássico após clássico a Avenida Fernandes Lima, mais precisamente defronte da Concessionária da Renault. Por lá, um conglomerado vestido de vermelho e branco soltava rojões a esmo quando no mesmo instante passava os travestidos de azul e branco. Pronto, estava dado o start para uma batalha campal.

 

Brigões 4

No triste palco, vários motoristas, muitos transportando família, ficaram apavorados e tentavam se desvencilhar da guerra de rojões e pedras em plena avenida.  Foi possível constatar no palco de guerra que muitos dos brigões usavam carros luxuosos e paravam exultantes para ir participar do espetáculo dantesco de violência.


. Roger, vocalista da banda Ultraje a Rigor, que abriu o show do Rolling Stones, no Rio de Janeiro, no sábado, bateu boca com parte da plateia. Segundo informações do portal Folha, ele foi vaiado e chamado de “coxinha” por uma plateia da área vip no estádio Maracanã e acabou reagindo às provocações. 

. “Vocês vão cair”, disse o cantor mostrando o dedo médio. “Coxinha é a mãe de vocês”, continuou. Em seguida, ele “dedicou” a canção “Filha da Puta”, um dos hits da banda, ao grupo que o criticava. “Essa música vai para essa galera aí”. Quando terminou a música, ele falou: “ladrão, corrupto, safado”. O cantor é conhecido como crítico notório do governo Dilma e do PT. 

. Após o show, por meio das redes sociais, o músico se defendeu. “Não foi a plateia, foi um babaca que estava me xingando. Eu não levo desaforo pra casa.” O cantor é conhecido como crítico notório do governo Dilma e do PT.

. Roger também criticou o gerente e equipe dos Rolling Stones. Ele afirmou que foi “tratado como lixo” pelo gerente e pela produção da banda britânica.

. “O gerente de palco dos Rolling Stones me deram [sic] 10 minutos para sair do Maracanã. Fomos tratados como lixo o tempo todo. Nunca mais”.”Rolling Stones são foda, mas equipe importada, estou fora. Nós somos lixo para eles”, completou o cantor.

. Musa consagrada, mais uma vez, no Carnaval, a atriz Viviane Araújo não para! A rainha de bateria da Salgueiro é a nova garota-propaganda da marca cearense de jeans Fill Sete. Depois de Ágatha Moreira, a global assume o posto. 

. A atriz e modelo foi fotografada para campanha “Proibido Não Vestir Jeans”, que celebra os 18 anos da marca. A sócio-proprietária da Fill Sete, Thaty Rabelo, e equipe clicaram a musa no Rio de Janeiro. Vale ressaltar que Viviane foi escolhida para o projeto por meio de uma enquete, que tinha como objetivo fazer os fãs elegerem qual celebridade mais representa a marca.

 

Wellington Santos (Interino)