Futebol

22 de Fevereiro de 2016

CSA será julgado

O árbitro do clássico CSA 1 X 1 CRB, Dênis Ribeiro Serafim, relatou em súmula que alguns torcedores do time azulino arremessaram uma sandália e um bola de papel em direção ao quinteto de arbitragem e os responsáveis não foram identificados pelo policiamento.

De acordo com o artigo 213, do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), em seu inciso 1º, como não houve arremesso de elevada gravidade e não causou prejuízo ao andamento do jogo, O CSA poderá ser multado de R$ 100 a R$ 100 mil reais. O artigo diz ainda que se a invasão ou lançamento de objeto fosse de elevada gravidade o time poderia ser punido com a perda do mando de campo, de uma a dez partidas, provas ou equivalentes, quando participante de competição oficial.

É interessante que o torcedor se conscientize e não arremesse objetos dentro de campo e nem em direção à arbitragem, pois as consequências podem ser prejudicais ao clube. Ainda de acordo com o CBJD, a comprovação da identificação e detenção dos autores da desordem, invasão ou lançamento de objetos, com apresentação à autoridade policial competente e registro de ocorrência, exime a entidade de responsabilidade.

O CSA deverá ir a julgamento posteriormente no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD/AL).