Flávio Gomes

21 de Fevereiro de 2016

Mito derretendo

Carlos Alberto Di Franco, jornalista e professor: “O projeto de poder, estrategicamente implantado por Lula, rendeu bons resultados aos seus líderes: muito poder e muito dinheiro. Não contaram, no entanto, com três fatores complicadores: a força inescapável da realidade econômica, o papel da liberdade de imprensa e a independência das instituições. A política econômica populista, que, como hoje se constata, não tinha possibilidade de se sustentar, provocou a catastrófica crise que maltrata o Brasil, reduziu a pó o capital político do PT e transformou Lula num náufrago que se agarra à miragem de sua candidatura em 2018. Não vai funcionar. Lula é um manipulador, mas tudo tem limites. Esgotou-se sua capacidade enrolar. A imagem produzida de herói do povo brasileiro desabou pela força dos fatos no despenhadeiro da decepção. As recentes notas do Instituto Lula a respeito dos imbróglios imobiliários do ex-presidente, carregadas de flagrantes incoerências, só reforçam as suspeitas contra Lula e a sua promiscuidade com empresários corruptos. A população está revoltada. Sente a mordida da traição populista: corrupção assombrosa, desemprego, inflação, saúde que definha nos corredores da morte do SUS…”

Registro

Muitas obras e projetos iniciados ou concebidos pelo ex-governador Teotonio Vilela Filho estão se efetivando agora com seu sucessor. Normalmente, Renan Filho e assessores não dão o devido crédito ao antecessor, absorvendo a paternidade total das obras e dos projetos. E o PSDB, partido de Téo Vilela, também não questiona.

De cátedra

Coordenador da bancada de Alagoas no Congresso, o deputado federal Ronaldo Lessa (PDT), continua às voltas com antigo problema, que o fez diminuir bastante as atividades: a cefaleia. De tanto sofrer, ele anda distribuindo um estudo onde mostra que, ao contrário do que muitos pensam, cefaleia é mais do que dor de cabeça constante.

Projeto

A candidatura do deputado federal Paulão a prefeito de Maceió é mais uma imposição do PT, para garantir espaços ao partido, em momento de dificuldade de imagem, em nível nacional. As chances de dar certo são poucas, mas, em compensação, Paulão mantém o nome em evidência para reeleição à Câmara, em 2018.

Aperto

O presidente da AMA, Marcelo Beltrão, reúne os colegas prefeitos amanhã, para debater a situação do Fundeb. “Não dá para continuar assim. O governo federal precisa aumentar a contrapartida de apenas 10% do recurso de todo o Fundo para que se possa melhorar a relação gestor x categoria e garantir educação de qualidade”, alega.

Chance

Judson Cabral tem até 18 de março para deixar o PT, como pretende, sem correr riscos de não assumir de novo um mandato de deputado estadual, caso Marquinhos Madeira, que está sendo processo na Justiça Eleitoral, seja cassado. Em qualquer circunstância, Judson não concorrerá a vereador – o candidato será um sobrinho.

Dificuldade

A propósito, a campanha de vereador este ano, com menos tempo e muito poucos meios para divulgar a candidatura, será mais difícil para os novatos. O candidato terá de ter muito dinheiro, grande relacionamento pessoal ou apoio, direto ou indireto, do poder público (o que os que já estão no mandato têm, e muito).

Constatação

Leitora desta “Conjuntura” fala sobre a jornalista Miriam Dutra, que por seis anos foi amante de Fernando Henrique Cardoso. E revela que, após dois exames de DNA, foi provado que o ex-presidente não era pai do filho dela, nascido durante o relacionamento. “Mesmo assim FHC o reconheceu, em cartório, como filho”, explica a leitora.

 

*A bateria da Portela e o sambista Diogo Nogueira vão animar dia 27 de fevereiro, no Rio de Janeiro, a festa nacional de aniversário do PT. Será no espaço cultural do Cais do Porto, que, para a comemoração, será chamado de “Armazém da Utopia”.

*A cantora Maria Alcina é a personagem de hoje do programa “Aplauso”, na Educativa FM. Ela se destacou em 1972, no Festival Internacional da Canção, no Rio, pelo visual e pelo detalhe de ter uma voz grossa, musculina. Das 10 horas ao meio-dia.

*Estudantes de medicina que estão aptos a prestar a residência médica podem se inscrever para vagas no Hospital Geral do Estado de Alagoas. As inscrições estão abertas somente até amanhã. Há duas vagas para clínica médica e uma para neurologia.

*Encontra-se disponível para consulta pública, apenas até hoje, o Plano Estadual de Saúde, que transcreve diretrizes e metas para a gestão de saúde nos próximos quatro anos. Interessados em conhecer ou contribuir devem acessar www.saude.al.gov.br/avisos.

*Encerram-se hoje, às 23h59m, as inscrições para novos alunos do projeto Pré-Enem Comunitário do Programa Conexões de Saberes, da Ufal. Interessados devem acessar o site da Copeve. Não há taxa de inscrição nem será cobrada mensalidade.

*Acontece amanhã o primeiro sorteio do Programa Maceió Nota 10, com prêmios em dinheiro que vão de R$ 50 até R$ 20 mil. O evento é aberto ao público e acontecerá às 9 horas, no auditório da Secretaria Municipal de Finanças, na Rua Pedro Monteiro, Centro.

*Hoje, 16 horas, no Trapichão, acontece o primeiro clássico CRB X CSA de 2016. É inegável o favoritismo do CSA. Pela excelente campanha na temporada, por jogar com 70% da torcida a favor, em função do mando de campo, e pela irregularidade do CRB.

 

“Perder mais um ano com isso (impeachment da presidente Dilma) é uma maluquice contra o país, ninguém agüenta”

Luiz Fernando Pezão

Governador do Rio de Janeiro