Futebol

12 de Fevereiro de 2016

Lateral e atacante são vetados contra o CSA

Sinceramente não consigo entender esses tipos de acordos entre direções de times de futebol. Os jogadores são emprestados sob alegação que ainda são inexperientes e que no momento não servem para determinadas equipes e são cedidos para times adversários e parceiros para supostamente adquirirem experiências e depois voltar ao clube de origem.

Estou me referindo ao lateral-esquerdo Acácio (foto) e ao atacante Damião, ambos têm os direitos federativos pertencentes ao CSA e foram emprestados ao Santa Rita e não vão poder atuar neste final de semana contra o azulão, pois as diretorias fizeram um acordo de “cavalheiros” para vetar a participação dos dois atletas.

Partindo da lógica desse tal acordo, os jogadores Didira, Cleiton e Rafael Oliveira possuem contrato com o Santa Rita e estão emprestados ao CSA. Sendo assim, poderiam também ser vetados. 

Por algumas vezes ouvi dizer que tanto o Acácio quanto o Damião ainda precisam ser lapidados e que no momento estavam abaixo do nível dos jogadores que foram contratados este ano pela direção. Será?

Se os jogadores estão abaixo do nível técnico e foram emprestados não vejo necessidade de vetar a participação desses atletas no duelo de domingo, dia 14, no estádio Olival Elias de Moraes.