Roberto Baia

4 de Fevereiro de 2016

Nova proposta

Com informações da Ascom: A FrigoVale Alagoas vai apresentar, nesta quinta-feira (4), em Arapiraca, uma nova proposta de valores para o abate e resfriamento de carnes para os comerciantes do produtor e fateiras, em atendimento ao pedido do governador do Estado Renan Filho (PMDB) e do secretário de Estado da Agricultura, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos.

 

Finalmente

Conforme acordado com as autoridades do Estado, o conselho administrativo da empresa optou por realizar os serviços com preços iguais aos dos demais frigoríficos do Estado, inclusive com o valor dos impostos a cargo da FrigoVale. Com isso, será cobrado R$ 80 para devolução do combo de vísceras, R$ 15 pelo abate e R$ 30 referentes aos impostos. Totalizando R$ 125.

 

“Esforço final”

O diretor executivo da empresa, Jaelson Gomes, esclareceu que este é um esforço final feito pelo frigorífico para chegar a uma conciliação com os comerciantes de carne e subprodutos. “Vamos arcar com este prejuízo para que possamos iniciar nossas atividades de forma pacífica com os interessados locais e poder fornecer carne de qualidade e certificação para a sociedade alagoana”, afirmou.

A reunião, com representantes dos governos municipal e estadual, está marcada para acontecer na tarde desta quinta-feira (4), às 15h, na Prefeitura de Arapiraca.

 

Desaprovação

Em 2014, o Tribunal de Contas do Estado de Alagoas (TCE-AL) enviou ao Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) a lista com pareceres prévios recomendando a desaprovação das contas de Prefeituras alagoanas e seus gestores, considerados inelegíveis nas próximas eleições. O documento contém o nome de doze gestores públicos, de onze municípios, que tiveram as contas desaprovadas relativas ao exercício de 2000 a 2009.

 

Fichas sujas

Os gestores constantes da lista de 2014 foram: José Maynart Tenório (Boca da Mata), Geraldo Novaes Agra Filho (Carneiros), Marcelo Silva de Lima (Delmiro Gouveia), Benedito de Pontes Santos (Joaquim Gomes), Marlene Falcão Pedrosa Fidelis (Anadia), Arnaldo Higino Lessa (Campo Grande), José Aderson Rodrigues Rocha (Japaratinga), Danilo Dâmaso de Almeida (Marechal Deodoro), Valdeci Ferreira de Assis (Ouro Branco), Moacir Vieira da Silva (Pariconha), Celso Rodrigues Rêgo (Piranhas) e José Antônio Cavalcante (São José da Tapera). Em 2016 esta listagem ganhará mais participantes.

 

Violências e abusos

Com o intuito de criar uma política de proteção infantojuvenil e uma frente de trabalhos em prol de nossos pequenos arapiraquenses, várias autoridades e especialistas se reuniram no Centro Adminstrativo Antônio Rocha para definir um grupo para acompanhar e prevenir casos de violências e abusos.

A “Comissão em Defesa da Criança e do Adolescente do Município de Arapiraca” foi criada para operar em rede, com ações integradas.

 

Comissão

No grupo, estão escaladas a secretária Municipal de Planejamento, Cícera Pinheiro, a secretária Municipal de Políticas para Mulher, Hyseth Santos, e sua subsecretária Betty Jane Tenório, a secretária Municipal de Assistência Social (Semas) e representantes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), do Arapiraca Garante a Primeira Infância (Agapi), da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Arapiraca, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e dos Conselhos Tutelares das regiões I e II.

 

Compromisso

A prefeita Célia Rocha participou deste primeiro momento de articulação e reiterou o compromisso do município com os pequenos. “Nós temos a obrigação moral de analisar quais casos empreendem riscos para nossas crianças e adolescentes e punir pais irresponsáveis. Com a formação desta comissão, nosso trabalho se ampliará, evitando casos como o daquele garoto Dyllan Soares, de apenas três anos de idade, que nos deixou muito tristes e comovidos”, diz a gestora, a qual é pediatra.

Ela rememorou o caso do menino supostamente espancado até a morte pela mãe e pelo padrasto. O evento ainda está sendo investigado, sem veredito, e sendo levado à Justiça.

 

Arapiraca

O Arapiraca Garden Shopping preparou uma programação especial para alagoanos e turistas que irão curtir o carnaval na região agreste do Estado.  Todas as lojas e praça de alimentação funcionarão em horário especial e além das opções de compras, lazer e entretenimento, os clientes poderão curtir ainda apresentações musicais e desfile de blocos.

 

Bonecos gigantes

Iniciando a folia, os tradicionais bonecos gigantes desfilam pelos corredores do shopping, ao som das típicas marchinhas de carnaval na próxima sexta (5), a partir de 17h. Neste mesmo dia, os foliões mirins poderão curtir o Bloquinho Zoo Park, que desfilará com a banda de fanfarra e o Colégio Nossa Senhora do Carmo. O evento começa às 16h. O parque Fair Play Diversões também estará aberto durante o horário de funcionamento do shopping no carnaval, sendo mais uma opção para quem quer aproveitar os dias de folga nos brinquedos infantis e simuladores eletrônicos oferecidos por uma das maiores redes de lazer e recreação do país.

 

 

Carnaval

O Sindicato do Comércio Varejista de Arapiraca (Sindilojas Arapiraca) comunicou que o comércio da cidade vai funcionar das 8h às 12h no sábado e fechará nos dias 8 e 9, reabrindo na quarta-feira de cinzas, às 8h.

 

… Em União dos Palmares, de acordo com o Sindilojas, o comercio só fechará na terça-feira (09/02) em decorrência da feira na cidade. Já na quarta-feira, alguns estabelecimentos abrirão a partir de 12h.

 

… No município ribeirinho de Penedo, o centro abrirá normalmente no sábado, fechando na segunda e terça-feira (dias 8 e 9). A reabertura acontecerá às 12h da quarta-feira, funcionando até 18h.

 

… O Sindilojas Palmeira dos Índios informa que, durante o carnaval, o comércio será aberto na segunda-feira (07/02), das 8h às 12h e das 14h às 18h, mas fechará na terça e quarta-feira (dias 9 e 10), reabrindo na quinta-feira (11/02).