Blog do Dresch

4 de Fevereiro de 2016

“2015 não começou, nem terminou”

Imunidade contra microcefalia

                   Pesquisadores da Universidade de São Paulo estudam casos de gêmeos em que somente um desenvolveu a microcefalia no útero da mãe. A busca é se alguns genes podem proteger ou facilitar a má-formação. Para os pesquisadores o fato de uma mulher com gestação de gêmeos ser contaminada pelo Zika vírus e apenas um dos bebês desenvolver a má-formação, pode indicar que alguns tenham predisposição genética ou proteção para a microcefalia. De acordo com a professora de genética do Instituto de Biociências da Universidade, Mayana Zatz, “o ideal seria monitorarmos o que acontece com todas as grávidas infectadas pelo vírus, tanto com o bebê que nasce com a microcefalia quanto os que não nascem com o problema. E no caso de gêmeos podemos ter informações preciosas a respeito da contaminação”. Até agora já foram relatados três casos de gêmeos discordantes, um em Santos (SP) outros em Pernambuco e na Bahia. Os cientistas já fizeram parcerias com as universidades desses estados para analisar o genoma das mães e dos bebês já encontrados. Os pesquisadores acreditam que ainda existam muitos casos semelhantes cujos estudos são muito importantes. Como a gestação de gêmeos é de um em cada cem e se já existem mais de 4 mil casos de microcefalia no país, proporcionalmente existiria 40 casos de nascimento de gêmeos no meio destes casos. O grupo da USP que analisa o caso dos gêmeos faz parte de uma força tarefa de pesquisadores paulistas, o Rede Zika, que envolve 25 laboratórios e 300 pesquisadores nas áreas de virologia, infectologia, entomologia, neonatologia entre outras.

2015: um ano prá esquecer

                   Na abertura do ano legislativo, o presidente do Senado da República, o alagoano Renan Calheiros (PMDB) disse que o país não pode repetir o resultado econômico recessivo de 2015, que para ele “não começou nem terminou”. Ele conclamou os seus pares no Congresso a redobrar os esforços neste ano e que cabe aos atores políticos decidir como interagir nas situações de crise. Segundo Renan o Legislativo não pode se comportar como um “Titanic” á procura de um iceberg para selar um destino trágico. “Devemos buscar uma conjugação de esforços e minimizar o debate pelas responsabilidades da crise”. O senador alagoano reafirmou ainda os compromissos com austeridade, independência, isenção e transparência.

2015: um ano para esquecer 2

                   Renan Calheiros disse também que os parlamentares vão deliberar com máxima urgência a agenda emergencial para Estados e municípios. Também manifestou disposição em colocar em votação propostas consideradas controversas, mas que o Congresso precisa se posicionar, como a participação de 30% da Petrobrás na exploração do pré-sal e a independência do Banco Central. “Não somos nem seremos habitantes da fracassolândia. Os novos tempos pedem e exigem que esqueçamos projetos pessoais e nos unamos em torno de um Brasil melhor, aquele que todos os brasileiros merecem” defendeu o Presidente do Senado.

Doações prorrogadas

                    O aumento da demanda de sangue no período do carnaval, somado ao fechamento dos hemocentros no período (de Sábado até a quarta feira) forçou a prorrogação até esta sexta (5) da Campanha de Doação de Sangue para o Carnaval, iniciada no dia 25 passado. Para atender ao consumo acredita-se que haja a necessidade de manutenção de um estoque de aproximadamente 300 bolsas, segundo a gerente do Hemoal de Maceió, Verônica Guedes. No período carnavalesco o consumo aumenta em 20%, principalmente em função de um maior numero de acidentes verificados nas rodovias alagoanas.

Doações prorrogadas 2

                   Uma boa ideia incentivadora das doações é a possibilidade de agendar o compromisso. Para tal, basta usar o aplicativo Doe+, que é disponibilizado gratuitamente para celulares Android, podendo ser baixado pela plataforma Google Play, trazendo várias ferramentas que vão orientar e esclarecer os pré-requisitos para ser um doador voluntário de sangue. No aplicativo também é possível ao doador agendar sua doação, no dia e hora da sua preferência, além de ser sempre informado sobre o estoque e os locais de coletas externas.

Empréstimo aos estados

                   A equipe econômica deve divulgar ainda antes do carnaval, o quanto os estados e o Distrito Federal poderão pegar emprestado neste ano. A promessa é do Ministro da Fazenda Nelson Barbosa, em contato com vinte governadores e cinco vices. O ministro, na oportunidade, também se comprometeu a dar uma posição sobre a renegociação da dívida dos estados a partir da próxima semana, mas não estabeleceu uma data fixa. Apesar da mudança do indexador na dívida dos estados, em vigor desde o fim do ano passado, os governadores reivindicam melhores condições para efetuar o pagamento dos débitos junto à União, como o alongamento dos prazos e a regularização do uso dos depósitos judiciais para investimentos.

Empréstimos aos estados 2

                   Ainda em relação ao limite de financiamentos, cabe ao Tesouro Nacional definir o espaço fiscal que os governos estaduais podem pegar emprestado, tanto dentro do país, quando junto a organismos financeiros internacionais como o Banco Mundial e o Banco Interamericano de Desenvolvimento. Em 2015 o Tesouro não autorizou novos empréstimos. Somente em Dezembro que a equipe econômica aliviou a determinação e autorizou que era possível pegar emprestado até US$ 2,3 bilhões em financiamentos externos, faltando definir qual o montante que os governos podem pegar emprestado dentro do país.

 

 

  • Secretaria de Segurança Pública apresenta hoje o Plano Operacional já aprovado para por em prática neste carnaval. Ele será apresentado á imprensa ás 10h no Palácio do Governo.
  • A apresentação contará com dirigentes de todos os orgãos e instituições ligadas á segurança pública, inclusive em relação ao trânsito, saúde e outros envolvidos.
  • As policias Civil e Militar, assim como o Corpo de Bombeiros irão expor o que foi traçado para garantir tranquilidade e efetividade no período. Quantidade de policiais empregados, destinos reforçados, equipes, viaturas, distribuição, logística, apoio e tudo o que disse respeito ao trabalho no combate á violência será devidamente explanado.
  • A Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República confirmou o envio de uma equipe técnica, no próximo mês de Março, pra acompanhar a situação dos projetos dos aeroportos de Maragogi e Arapiraca.
  • O assunto foi discutido esta semana em Brasília com o Secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral.
  • A equipe vai verificar as modificações que foram feitas no projeto original e apresentar soluções a problemas que dificultam o andamento das obras.