Edmilson Teixeira

30 de Janeiro de 2016

Inhapi

Responsáveis pela empresa Seprod-Serviços de Processamento de Dados LTDA-EPP,  denunciaram que a Prefeitura de Inhapi realizou concurso público de forma irregular. Revelaram no blog do Tinho (Cada Minuto) que o certame não poderia ser realizado pela Copeve – Fundepes, pois teria sido a Seprod a vencedora do processo licitatório para a realização do evento. “A Seprod foi prejudicada com o ato de impropriedade administrativa cometido pelo prefeito Zé Cícero (PT), que passando por cima de um certame, em curso, contratou de forma ilegal a Copeve, a fim de realizar um mesmo objeto do concurso; pasmem ainda em aberto!”, indagou uma diretora.

Inhapi- bronca

Diante do fato, a Seprod entrou com a ação  na Comarca de Mata Grande, na qual pede a anulação imediata do concurso, além de ressarcimento dos prejuízos causados pelo município a empresa. Segundo os proponentes da ação, “os juízes do caso devem agir o quanto antes para não prejudicarem ainda mais os candidatos, pois se o resultado for divulgado, o problema para o município será ainda maior, principalmente com aqueles candidatos considerados aprovados”, disse.

Inhapi – agilidade

Além da ação na Comarca de Mata Grande, com pedido de antecipação de tutela, a empresa entrou ainda com aditivo para reforçar o pedido de suspensão do certame, já que o resultado do concurso está previsto para ser divulgado no próximo dia 05 de fevereiro.

Inhapi – outra bronca

Em meio a tanta confusão sobre o concurso público; é que depois de quase um mês tentando chegar a um entendimento, o prefeito Zé Cícero  perdeu a paciência de vez com a maioria dos vereadores que rejeito o orçamento 2016 em dezembro último. Zé Cícero disse esta semana que vai ingressar na Justiça contra a decisão da Câmara. “O poder Legislativo não poderia ter entrado em recesso, sem sequer ter votado a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Isso é inconstitucional”, explicou.

Sacanear e trair o povo!

Ainda sobre Inhapi, o prefeito Zé Cícero criticou a maneira como os vereadores realizaram a sessão, onde rejeitaram a LDO e a Lei Orçamentária Anual (LOA), respectivamente, pela votação de 8×2 e 7×3. “Foi a primeira vez na história que um orçamento público foi votado de maneira secreta, para priorizar aqueles que queriam sacanear e trair o povo”, disse. O prefeito afirmou  ainda que não houve desentendimento dele com os vereadores e que por isso não entende a decisão. “Tenho tentado ser parceiro, dialogando com eles em todos os momentos possíveis. Inclusive, almocei com parte deles, pouco antes da votação”, declarou.

Piaçabuçu

Neste final de semana a comunidade de Piaçabuçu está comemorando os festejos de Bom Jesus dos Navegantes. O evento que entra para a sua 110ª edição promete ser um dos mais movimentados dos últimos anos. Além dos momentos religiosos com procissão e celebrações, cavalgada e muita apresentação cultural, a festa também é marcada com grande show musical. Neste sábado sobem ao palco o Padre Antônio Maria, depois banda Magnifico e por último a banda Badalada.

Piaçabuçu – domingo

Amanhã domingo, dia dedicado ao “Dono da Festa” e protetor dos condutores de embarcação e dos pescadores, acontecerá o peixamento feito pela Codevasf, onde milhares de alevinos serão depositados na calha do Rio São Francisco, e em seguida as corridas de barcos e canoas. Às 15h a imagem do Bom Jesus deslizará sobre as águas do Rio e logo após peregrinará em procissão pelas principais ruas da cidade retornando até a Igreja Matriz.

Palmeira dos Índios

A delegação de produtores e produtoras rurais, técnicos e líderes de associações, assentamentos, cooperativas e de sindicatos de Alagoas que participam da viagem realizada pela Cooperativa Agropecuária Regional de Palmeira dos Índios (CARPIL), chegaram na quinta-feira , em Itaberaba-BA,  para visitar a Cooperativa dos Produtores de Abacaxi da região. O objetivo da visita foi o de conhecer as tecnologias no processo de industrialização de frutas desidratadas, uma vez que lá se produz como única no País,  a comercialização do abacaxi in natura.

 

Palmeira / outro rumo

 

Depois do município baiano, a  caravana  de Alagoas seguiu em direção ao Distrito Federal e São Paulo onde neste final de semana está concretizando visitas técnicas, e completa o roteiro no Estado do Paraná, para participar da 28ª edição de um evento tecnológico que acontece de segunda a sexta da próxima semana.

 

Igaci

 

Em rápido desenvolvimento nos últimos anos, o município de Igaci está implantando presentemente uma Fábrica de Beneficiamento de Frutas, a qual fará parte da Rota da Fruticultura. O projeto  já conta com 22 municípios, devendo todas as ações serem centralizadas lá em Igaci. O Programa é coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Ministério da Integração Nacional, e tem por objetivo promover a inclusão produtiva e a integração econômica das regiões menos desenvolvidas do País aos mercados nacionais e internacionais de produção, consumo e investimento.