Blog do Dresch

14 de Janeiro de 2016

Obama começa a se despedir

                   No último discurso do estado da União (uma prática norte-americana), o presidente Barack Obama usou um tom progressista, defendeu o combate ao terrorismo, uma economia mais justa e igualitária e defendeu mudanças no sistema eleitoral americano, com o fortalecimento do voto direto. Durante quase uma hora ele fez um balanço dos sete anos do seu governo e defendeu que o futuro do país deve ser construído por todos, brancos, negros, latinos, democratas e republicanos. Ao tratar sobre os atos de terrorismo do Estado Islâmico, Obama disse que o país deve ir atrás dos terroristas “mas não deve acreditar que eles representem uma ameaça à existência da Nação”. O combate deve ser prioridade, porque eles usam a internet para envenenar as mentes dos indivíduos no país.

Progresso e antiterrorismo 2

                   Obama deixou claro que os Estados Unidos não devem ser radicais contra a diversidade religiosa e ideológica em seu território. “Nosso inimigo esta escondido em garagens e apartamentos, e vamos atrás deles, que representam um perigo para os civis. Mas não precisamos destruir alianças ou afastar aliados vitais nesta luta, baseados em uma mentira que o Estado Islâmico representa uma das maiores religiões do mundo” afirmou. Lembrou ainda que os EUA lideram uma coalisão de mais de 60 países, na estratégia de cortar o financiamento ao terrorismo e ampliar os ataques aéreos. Obama exortou o Congresso a autorizar o uso de forças militares contra o EI.

Progresso e antiterrorismo 3

                   O presidente norte-americano citou ainda a política externa do país e sua importância e seu trabalho pela estabilidade na África, América Central e na Asia. Falou da importância do restabelecimento das relações diplomáticas com Cuba, após 50 anos. E pediu ao Congresso que retire o embargo econômico e aprove o fechamento da prisão de Guantánamo. Fez ainda um balanço da economia dos Estados Unidos nos últimos, porém defendeu uma mudança nos critérios econômicos. Tratou ainda de questões ambientais, da saúde da população e de outros assuntos importantes da nação.

Encorajando a denúncia

                   “A sociedade brasileira precisa avançar e acabar de vez com a cultura da violência”. O apelo foi publicado no Twitter pela presidente Dilma Rousseff, com a finalidade de encorajar as mulheres vitimas de violência a denunciarem as situações de agressão, assédio ou estupro, utilizando o canal de atendimento à mulher, que é o telefone de número 180. “Não aceite e não compactue! Denuncie” escreveu a Presidente na rede social. Ela repercutiu a informação de que, durante a redação do Exame Nacional do Ensino Médio, cujo tema em 2015 foi a violência contra a mulher, pelo menos 55 mulheres denunciaram atos de violência que elas mesmo sofreram ou que presenciaram. “Muitas redações preocuparam os avaliadores com depoimentos de pessoas que foram assediadas, estupradas ou testemunharam violência. Em muitos destes casos a violência esta bem próxima. A redação foi momento de reflexão não só para os participantes, mas para toda a sociedade. O aumento da conscientização sobre a violência contra a mulher ajuda a combater a violência” afirmou Dilma Rousseff. Na última década foram feitos mais de 4,7 milhões de atendimento pelo telefone 180 – Central de Atendimento á Mulher. Em 2015 foram 634.862 casos. O site da Secretaria de Politicas Para as Mulheres detalha por estado os serviços especializados de atendimento à mulher, com os respectivos telefones e endereços.

 

Servidores demitidos

                   Alagoas teve nove servidores públicos federais demitidos por corrupção no ano passado, segundo levantamento divulgado pela Controladoria Geral da União (CGU). O número colocou Alagoas na 9ª posição do ranking dos estados que mais registraram este tipo de situação. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal em Alagoas, são mais de 20 mil servidores federais que trabalham em 32 orgãos vinculados á estrutura do governo federal em Alagoas.

 Servidores demitidos 2

                   Ainda de acordo com os dados divulgados pela CGU, o estado do Rio de Janeiro foi o que mais demitiu servidores públicos federais em 2015, num total de 97 funcionários de mais de 102 mil. São Paulo afastou 78 e o Distrito Federal, 59. Em todo o país ocorreram 541 exonerações. Em termos proporcionais o estado do Amazonas seria o campeão de demissões. Lá foram 17 servidores de um total de apenas 10.486 funcionários federais. O estado do Piauí foi o único da federação que não teve nenhum servidor federal afastado por corrupção no ano que passou.

Estímulo a novas energias

                   Alagoas aderiu ao convênio junto ao Conselho Nacional de Política Fazendária, quem prevê a isenção de tributos para o uso de energias renováveis. Os créditos de energia gerada por unidades consumidoras serão isentos do ICMs. O convênio prevê a expansão da geração de energia distribuída através da utilização de equipamentos, através de placas solares, no aproveitamento da energia solar, e de mini aerogeradores, para a captação da energia eólica. A medida visa incentivar a produção de energia renovável, para garantir o desenvolvimento econômico sustentável e equilibrado.

 

 

  • Até o próximo dia 24 deste mês, turistas e alagoanos em geral poderão aproveitar o Por do Sol Cultural, no estacionamento do Alagoinhas, na Ponta Verde, sempre a partir das 16h.
  • O projeto é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, e tem o intuito de levar apresentações artísticas alagoanas, gratuitamente, para o público conhecer e apreciar a diversidade cultural alagoana.
  •  A cada dia dois grupos culturais diferentes se apresentam. Confira a programação até o final do mês:
  • As Taieiras de Alagoas e Pegada Premium (dia 14); Ciranda da Mestra Lia e Guila Gomes (dia 15); Grupo Transart (dia 17).
  • Afoxé Ofá Omin e Paulo Brito (dia 19); Boi Águia de Ouro e Gafieira Caprichosa (dia 20); Coco de Roda Raízes Nordestinas e Samba Choro e Ismaim Martins (dia 21); Grupo Fandango do Pontal da Barra e Clube do Jazz (dia 22) e Meninos de Ouro e Ensaio das Escolas de Samba (dia 24).