Roberto Baia

2 de Janeiro de 2016

Campeonato alagoano

Com uma campanha invejável no primeiro turno do Campeonato Alagoano, vindo de uma sequência vitoriosa e sem nenhuma derrota, o ASA sagrou-se campeão da Copa Alagoas diante do CSA, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em uma disputa de pênaltis.

No segundo turno, a chamada Copa Maceió, os arapiraquenses repetiram a campanha intitulada pelo técnico Vica de “se não ganhar, também não perde” e chegou a semifinal perante o CRB em duas partidas. Na primeira, o ASA teve a sua invencibilidade posta a prova no Estádio Rei Pelé, e devido a erros de arbitragem o time de Arapiraca conheceu a sua primeira derrota no campeonato.

 

Foi eliminado

Já no segundo jogo, os alvinegros teriam de correr atrás do prejuízo e vencer a partida por dois gols de diferença para avançar para a final do Estadual. A vitória veio, mas não foi pelo placar exigido e com isso o Fantasma de Alagoas foi eliminado da competição.

 

Sertão sem água

Os municípios sertanejos de Delmiro Gouveia, Água Branca, Mata Grande, Inhapi e Canapi estão com o fornecimento de água deficiente nesta quarta-feira (30). A situação decorre de um rompimento no sistema adutor do Sertão, precisamente no trecho entre Delmiro e Água Branca.

 

Reparo na adutora

A Unidade de Negócio Leste, da Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), já está fazendo o reparo da adutora. A previsão é de que o serviço seja concluído até as 20h de hoje, quando o sistema de abastecimento começará a ser restabelecido em sua plenitude. Pelos transtornos, a Casal pede a compreensão de seus usuários.

 

 

Não funciona

A Secretaria Municipal de Gestão de Pessoas, Patrimônio e Documentos, por meio do Departamento de Gestão de Pessoas, informa que, por conta das festas de fim de ano, o Clube do Servidor Municipal de Arapiraca não terá atividades no próximo domingo (3).

O departamento informa, ainda, que a programação para 2016 está sendo elaborada e deverá ser anunciada em breve, no site oficial da Prefeitura de Arapiraca.

 

Chã Preta

Com informações da Assessoria de Comunicação: “Apesar da crise na saúde nacional e dos frequentes atrasos nos repasses federais, a Prefeitura de Chã Preta fecha o ano de 2015 com um saldo positivo de ações da saúde municipal. Com a média populacional de pouco mais de 7mil habitantes o município de Chã Preta efetuou este ano 13mil 258 atendimentos médicos”.

 

Quatro PSFs

O município conta atualmente com quatro PSFs (Programa Saúde da Família), sendo dois na zona urbana e dois na zona rural, e um ambulatório médico central, que oferecem para a população Chã-pretense atendimentos médicos de consulta, prevenção e promoção e reabilitação à saúde.

 

Hemodiálise

Além disso, a Prefeitura oferta, todas as segundas e quartas, o chamado TFD (Tratamento Fora do Município) para os pacientes que precisam de hemodiálise, quimioterapia, radioterapia, neurologista e otorrinolaringologista; assim como transporte para as mulheres que necessitam fazer o exame de mamografia na capital alagoana.

 

Atendimentos

Entre janeiro e dezembro de 2015 o município efetuou 9 mil 440 atendimentos de enfermaria, 8.462 atendimentos dentários, 578 citologias, 140 exames de próstata, 4mil 228 exames, 19mil 785 visitas domiciliares de agentes comunitários de saúde, e 292 consultas médicas especializadas incluindo procedimentos cirúrgicos.

 

 

 

… De acordo com o vice-prefeito de Chã Preta, Maurício Holanda, as ações da saúde no município são resultados de planejamentos executados durante todo o ano, para que a crise nacional e as frequentes quedas no repasse do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) não atingissem aos cidadãos na área em que eles mais precisam.

 

… “Existem muitos estados e municípios em que a saúde está pedindo socorro, com serviços precários e atendimento reduzido, mas aqui em Chã Preta nós conseguimos passar esse período de crise de forma a não prejudicar a população”, disse.

 

… A Prefeitura oferta, além de um laboratório que permite que os usuários possam realizar exames de patologia clínica no próprio município, exames médicos de graça que seriam de difícil acesso para a população, como eletrocardiograma, ultrassonografia, pulsão de mama, biopsia e colposcopia_ procedimento que permite uma visão ampliada para identificar lesões da mucosa da vagina e do colo do útero que o olho nu não é capaz de perceber