Flávio Gomes

29 de dezembro de 2015

O ogro pilantrópico

De Ipojuca Pontes, jornalista, escritor, autor teatral e cineasta, no portal “Diário do Poder”: “O ogro é uma figura mitológica voraz e insaciável, cuja particularidade é devorar tudo e a todos. A palavra ogro vem do latim, orcus, que significa inferno. Filantrópico vem de filantropia, o ato de se fazer caridade, ajudar o próximo sem desejar nada em troca. O vosso Dr. Lula, devoto da luta de classes, não é propriamente um filantropo, mas, sim, como sabido, um pilantra ambulante, tipo refinado na arte de passar a perna na patuleia ignara (o que vem fazendo, sem pudor, há mais de três décadas). Antes de mais nada convém anotar que o ogro do ABC não seria mais que fenômeno passageiro caso não fosse incensado pela mídia amestrada, dia e noite, desde que pintou no pedaço… A figura foi um achado para as hordas comunistas, aparentemente esfaceladas pelos milicos. Cevado nos antros da teologia da libertação e da ‘intelectuária orgânica’ da USP, o títere de pronto foi enviado para a Alemanha Oriental, onde recebeu tratamento de choque em cursilhos ministrados pela ortodoxia da STASI. No regresso, mostrou-se afiado no vociferar da decoreba vermelha. Daí a fundar um partido “hegemônico” e chegar ao poder, “pisando o pescoço da própria mãe”, foi um passo. Em seguida, para mantê-lo, o ogro ‘fez o diabo’ e armou com mão de ferro o Estado Socialista do PT, hoje considerado o mais corrupto do mundo, embora atravesse fase agônica.”

 

Balanço

 

Do presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros, satisfeito com seu trabalho: “O Congresso, como um todo, independentemente de partido e de bancada, soube, no momento em que foi chamado para tal, colocar fim às medidas de impacto fiscal impagável e desativar as chamadas pautas-bombas”.

 

Referência

 

Guilherme Palmeira foi muito cumprimentado, sábado, na tradicional recepção que o cardiologista José Wanderley oferece a amigos, anualmente. Guilherme é exemplo para certos novatos em política: mantém-se simples, mesmo tendo sido deputado, prefeito, governador, senador e ministro do TCU.

 

Contramão

 

Célia Rocha encerra um ano encarando o desgaste de criação de 112 cargos em comissão na Prefeitura de Arapiraca, já aprovada pela Câmara de Vereadores. Uma iniciativa que pegou mal, pelo gasto a mais de R$ 283 mil mensais na folha de pagamento, em momento difícil para os municípios, que se queixam da crise.

 

Opção

 

Associados da Federação das Indústrias de Alagoas agora dispõem do Cartão Empresarial Capital de Giro, numa parceria com o Banco do Nordeste. O limite vai de R$ 200 mil a R$ 3 milhões, com base em único contrato de renovação automática. Em época de crise, é uma alternativa interessante para o setor.

 

Ensinamento

 

O economista e professor Cícero Péricles concedeu entrevista à edição 28 da revista “Alagoas S.A.” em que fala sobre a situação econômica do Brasil e de Alagoas, em especial. E dá orientação ao consumidor, diante da crise: “Mais do que nunca, o sensato é ter um padrão de consumo compatível com a renda”.

 

Mérito

Marylya Matos e Guilherme Damasceno, alunos do curso de gestão ambiental do Instituto Federal de Alagoas, unidade Marechal Deodoro, viajarão em setembro de 2016 para curso de seis meses no Instituto Politécnico de Bragança, Portugal. Eles foram os dois primeiros colocados na seleção entre alunos de todo o Estado.

Opinião

Do senador Rodolfe Rodrigues (Rede/AP): “O movimento pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff me traz à mente uma frase de Joaquim Nabuco (1849-1919): ‘O país tem o direito de saber quais os motivos de uma peripécia política que altera profundamente o mandato conferido’. Ela define bem o atual quadro político. Chamar o impeachment de golpe é rasgar, de forma hipócrita, páginas da História. 

 

*A Avenida Evilásio Soriano, entre Mangabeiras e Cruz das Almas, foi inaugurada na 4ª feira passada, mas a área continua interditada para a realização de um réveillon particular. Não seria melhor esperar um pouco mais para inaugurar?

*A Prefeitura de Maceió encerra amanhã o prazo, já prorrogado, para pagamento de débitos de tributos municipais, com possibilidade de parcelamento em até 60 meses e desconto de até 80% nos juros e multas. Contato:www.maceio.al.gov.br.

*Já a Secretaria de Finanças de Arapiraca encerra mesmo hoje o prazo para pagamento de tributos em atraso, em condições especiais. A campanha estabelece isenção de juros e multas de até 100% para quem pagar à vista seu débito.

* O IBGE anuncia concurso para nível médio (técnico em informações geográficas e estatística) e nível superior (analista e tecnologista). As inscrições serão entre 4 e 28 de janeiro de 2016, pelo sitewww.fgv.br/fgvprojetos/concursos/ibge.

*Estão abertas, só até hoje, inscrições para cursos de verão 2016, da Ufal. Nessa edição, a Escola de Enfermagem e Farmácia oferta seis mini cursos entre 6 e 7 de janeiro, das 8 às 17 horas. É uma promoção de professores e alunos do curso de Enfermagem.

*Desde ontem a Universidade Federal de Alagoas abriu inscrição para seleção de 11 professores substitutos e cadastro reserva, para os campi A.C. Simões, em Maceió, Arapiraca e do Sertão, em várias áreas. As inscrições podem ser feitas até 6 de janeiro.

 

“A Medida Provisória que reabriu o cofre da Viúva para as empreiteiras é uma medalha ao mérito do mentiroso”

Elio Gaspari

Jornalista, ao dizer que, ao facilitar a vida de empreiteiras encrencadas em dívidas com o governo, Dilma Rousseff aderiu aos oligarcas