Flávio Gomes

27 de dezembro de 2015

Foram golpes

Do senador Cristovam Buarque (PDT/DF): “A campanha Impeachment é Golpe é um golpe em si contra as instituições porque tenta iludir o povo, escondendo que a interrupção do mandado de presidente está prevista na Constituição. É golpe também contra a história ao tentar confundir essa campanha com a campanha do Brizola, com arma na mão contra os tanques do Exército que cercavam as instituições. A eleição do Cunha e o que tem sido visto na Câmara dos Deputados nas últimas semanas é golpe diário dado na consciência da envergonhada população brasileira. Mas esses dois são apenas exemplos de golpes que o povo brasileiro vem sofrendo. Os governos Dilma e Lula deram golpes ao se apropriarem da máquina do Estado como se fosse propriedade dos partidos da coalizão. Petrobras, Eletrobras, Nuclebras, Correios foram saqueados por propinas e manipulações para servir a propósitos eleitorais: o desmonte dessas empresas foi golpe contra as instituições econômicas. Manipular as contas públicas e tratá-las sem responsabilidade foi golpe contra a sociedade brasileira, ao comprometer o funcionamento do governo e o futuro do país, provocando inflação e corte de verbas em setores prioritários… O melhor para o Brasil é que o processo de impeachment continue, sem golpes contra as instituições políticas para podermos consertar seus golpes contra nossas instituições econômicas e sociais, contra a imagem do Brasil no exterior e contra nossa auto estima nacional.

Anúncio

Em janeiro ou fevereiro Dilma Rousseff voltará a Alagoas. Dessa vez, para anunciar um plano nacional de combate às drogas, diz o deputado federal Givaldo Carimbão, do PROS/AL. A presidente virá conhecer o trabalho dele na recuperação de dependentes químicos, de resultados superiores à média nacional.

Previsão

Também de Carimbão: “Nos três anos que restam do mandato de Renan Filho o governador irá recuperar totalmente o setor de Saúde”. O plano, diz ele, é ter 10 hospitais regionais em pleno funcionamento, acabando a demanda direcionada a Maceió. Isso, explica, graças à parceria do governo com a bancada federal.

Alvo duplo

Murilo Ramos diz, na “Época”, que a Lava a Jato investiga Renan Calheiros e também Renan Filho: “A ida da Polícia Federal ao diretório do PMDB em Maceió, durante a operação Catilinárias, na terça-feira, está mais relacionada à apuração de fatos sobre o financiamento da campanha de Renan Filho ao governo que a problemas do pai”.

Poderoso

Do jornalista Cláudio Humberto Rosa e Silva: “Com Michel Temer e Eduardo Cunha fora, Renan Calheiros é o aliado principal de Dilma no PMDB. Ela pagará um preço elevado por isso. Além dos cargos e do mando no governo Dilma, Renan também exige que Dilma atenda aos pedidos de dinheiro do governo de Alagoas.”

Agenda

Guilherme Palmeira aniversaria amanhã, mas festeja em 24 de dezembro, recebendo, em casa, amigos que se lembram da data. A rotina se repete hoje, em seu apartamento na orla de Ponta Verde. Tornou-se uma tradição desde os tempos de governador, senador, deputado estadual e ministro do Tribunal de Contas da União.

Faltou…

Começou a vigorar, anteontem, lei que disciplina as atividades de comércio de bebidas e alimentos por ambulantes na areia das praias urbanas de Maceió. Falta, porém, resolver a questão da circulação de bicicletas, patins e skates nas calçadas da orla marítima. Há uma ciclovia, mas existe quem insista em não utilizá-la.

Afinidades

Do jornalista Ricardo Noblat, em seu blog: “Se doravante o impeachment for ladeira a baixo, Renan e Lula ajudarão a enterrá-lo. Do contrário, Renan o levantará como o capitão do time que celebra a conquista de um título. E Lula, fingindo-se de indignado, irá para a reserva à espera de ser convocado de novo para jogar.”

 

*De José Thomaz Nonô, Secretário de Saúde de Maceió, ontem, ao retribuir votos de Feliz Natal e próspero Ano Novo: “Um bom Natal e feliz 2017”. Para ele, 2016 já é um ano perdido por antecipação, pela expectativa de agravamento da crise econômica.

*Por conta das festas de final de ano, órgãos públicos não têm expediente hoje, amanhã, em 31 de dezembro e nem em 1º de janeiro. Servidores públicos estaduais ganham dois “feriadões”: um, de hoje ao dia 27; outro, de 31 de dezembro a 3 de janeiro.

*Hoje o Maceió Shopping funciona das 9 às 20 horas. Os cinemas não abrirão. Amanhã, só os cinemas funcionarão. De 26 a 30 de dezembro, horário normal. Dia 31 o shopping fechará às 18 horas. Em 1º de janeiro, só os cinemas funcionarão.

*Amanhã e depois, na Cidade de Maria, em Craíbas, será encenada a “História do Nascimento de Jesus”. É anunciado como “O maior espetáculo teatral ao ar livre do mundo”. Em espaço três vezes maior que a Paixão de Cristo em Nova Jerusalém.

*A história do Natal e as músicas natalinas de todos os tempos são os temas do programa “Aplauso Especial”, hoje e amanhã, na Difusora AM. Hoje, das 9 às 11 horas; amanhã, das 14 às 16 horas. Texto e roteiro musical de Givaldo Kleber  

*A média de público do CRB em 2015 foi de 3.663 pessoas por jogo. Domingo, em amistoso contra o Porto, de Caruaru, o CSA levou 6.968 pessoas ao Trapichão. Mais uma goleada dos azulinos sobre os regatianos, em termos de amor ao clube.

*Um Feliz Natal para todos, apesar da crise.

“O PSDB decide sem conversar”

Rodrigo Maia

Deputado federal do DEM/RJ, dizendo que o PSDB não quer liderar a oposição, e, sim, impor suas vontades