Blog do Dresch

22 de dezembro de 2015

Tá ficando feia a coisa para os dirigentes de futebol

                   O comitê de ética da Fifa anunciou ontem que o ex-presidente da entidade, Joseph Blatter, e o ex-mandatário e craque da seleção francesa, Miguel Platini, foram banidos por oito anos de todas as atividades relacionadas ao futebol mundial. A punição entrou em vigor automaticamente com a divulgação da decisão. Os dois dirigentes foram punidos por um pagamento não autorizado feito por Blatter para Platini de R$ 8 milhões, por um suposto trabalho realizado nos anos 2000. Apesar das explicações dadas pelo ex-presidente da Fifa, o comitê de ética não as aceitou e manteve sua decisão de suspender ambos do futebol mundial no período.

Banidos do futebol 2

                   No caso específico de Joseph Blatter, os integrantes do comitê não encontraram evidências para enquadrá-lo por suborno e corrupção, conforme o artigo 20 do Código de Ética da Fifa. Mas ele foi punido por ter ferido o artigo 20, que é a oferta de presentes e outras benefícios. Também foi enquadrado por conflito de interesses, mas não se afastou do cargo e permaneceu na presidência. Violou ainda outros artigos do código como não colocar os interesses da entidade em primeiro lugar, por má conduta e por falta de lealdade. Blatter ainda terá de pagar uma multa de US$ 200 mil.

Indulto para traficantes

                   O presidente do Instituto dos Advogados do Brasil (IAB), Técio Lins e Silva, encaminhou à Presidente Dilma Rousseff, uma moção para que o indulto de Natal desde ano, beneficie as mulheres condenadas por tráfico de drogas. Segundo o IAB, essa concessão “se faz urgente, necessária, justa e humanitária” pois permite, “mesmo pontualmente, a obtenção de politicas criminais mais democráticas”. A expectativa é que o benefício seja concedido nos próximos dias, através do decreto presidencial. Para Técio Lins e Silva é uma medida que respeita um dos princípios do Estado Democrático de Direito, que é a dignidade da pessoa humana, citado inclusive no inciso III do artigo 1º da Constituição, propiciando um limite à desproporcionalidade de se manter mulheres encarceradas por crimes sem violência, explicou o presidente do IAB. O Instituto argumentou também que as mulheres condenadas pelo crime de tráfico de drogas são, em sua maioria, pobres, negras e mãe de dois ou mais filhos, tem baixa escolaridade e foram presas com pequenas quantidades de drogas e ainda responsáveis pelo sustento de suas famílias. O documento encaminhado à Presidente mostra ainda que o encarceramento feminino no Brasil aumentou 567% nos últimos 15 anos, sendo que 58% das mulheres presas foram condenadas por tráfico de drogas. O IAB argumenta que este indulto vai contribuir para a redução dos danos causados por “uma política de drogas repressiva e seletiva, que tem como alvo principal, os mais pobres e vulneráveis”.

 

Embalagens vazias

                   Quase três toneladas de embalagens de agrotóxicos vazias foram recolhidas neste ano de 2015 pela Agencia de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal), durante a campanha de recebimento itinerante batizada de “Campo limpo”. O objetivo era retornar as embalagens vazias de defensivos agrícolas ao fabricante, evitando o uso indevido das mesmas e estimulando a consciência ambiental dos pequenos e grandes produtores rurais do estado. Também tiveram participação da campanha a Associação dos Distribuidores e Revendedores de Agroquímicos de Alagoas (Adraal) e a Codevasf, além de secretarias municipais de agricultura.

Embalagens vazias 2

                   O trabalho de recolhimento teve inicio em julho passado, na região do Baixo São Francisco, onde os produtores de Igreja Nova e Porto Real do Colégio entregaram 1.100 quilos de embalagens vazias. Já em Arapiraca e Palmeira dos Índios recolheram respectivamente 300 kg e 800 kg. Na região Norte, o município de São Luiz do Quitunde devolveu 700kg de embalagens e os produtores rurais de União dos Palmares devolveram 30kg. O material recolhido pela Adeal foi encaminhado à central de recolhimento de embalagens vazias, em Marechal Deodoro sendo parte incinerada e outra parte destinada ao processo de reciclagem.

Curado pelo milagre

                   A agência italiana de noticias Zenit, conseguiu identificar o brasileiro curado de oito tumores no cérebro em 2008, em um milagre atribuído à Madre Teresa de Calcutá. Trata-se do engenheiro paulista Marcilio Haddad Andrino de 42 anos, que vive no Rio de Janeiro, é casado, pai de dois filhos e funcionário público federal. Ele nasceu em Santos e em Dezembro de 2008, aos 35 anos teve de ser internado com urgência por transtornos neurológicos. Os exames mostraram a presença de 8 abscessos cerebrais, pontos com áreas de infecções que provocam a destruição dos tecidos e a produção de pus dentro do encéfalo. Ele entrou em coma, e poucos dias depois surgiu ainda um quadro de hipertensão endocraniano.

Curado pelo milagre 2

                   A situação do engenheiro era muito grave, com risco de morte iminente. Ao ser encaminhado para uma cirurgia de emergência, ainda em coma, apareceram uma série de eventos inexplicáveis. Ele abriu os olhos de repente e perguntou o que fazia ali. Exames revelaram uma mudança radical no seu quadro patológico, com desaparecimento do seu hidrocéfalo e redução de 70% dos abscessos. Que sumiram dias depois. Esse foi o segundo milagre atribuído á Madre Teresa. O primeiro foi a salvação de uma mulher de 30 anos, em Bangladesch, que sofria com um tumor abdominal.

 

 

  • O amistoso entre CSA e Porto de Caruaru, que aconteceu Domingo no estádio Rei Pelé, mostrou para a Federação Alagoana de Futebol, que o nosso maior templo precisa de mais cuidado e zelo na sua estrutura.
  • O gramado esta desgastado pelo uso constante e pela disputa de peladas, e muito seco pela falta de chuva e de irrigação.
  • As casamatas em volta do campo, estavam imundas antes do jogo começar, com lixo e até fezes.
  • A ex-Miss Brasil Martha Rocha, considerada a mulher mais linda do mundo em 1954, perdendo a disputa de miss universo por duas polegadas a mais no quadril, vive hoje na miséria.
  • Aos 79 anos de idade, enfrenta atualmente uma situação difícil em Niterói no Rio de Janeiro. Ela entrou com um pedido de pensão alimentícia contra a filha, a artista plástica Claudia Xavier de Lima, de 53 anos, e fruto do relacionamento da miss com o empresário Ronaldo Xavier de Lima, seu segundo marido.
  • No pedido de pensão, Martha Rocha diz que vive na miséria há 20 anos.