7 de dezembro de 2015

Atividade física na ciclovia.

A ciclovia da orla de Maceió é muito importante para quem pratica ciclismo como atividade física.

As dificuldades, porém, são muitas. Principalmente no final de semana.

A ciclovia é invadida por vários outros praticantes de atividades físicas que não o ciclismo. Endentemos que a calçada se torna pequena, pois comporta todos os tipos de transeuntes. Os que fazem passeio como os que se exercitam.

Entretanto, encontramos fatos que não entendemos. Ontem duas motos trafegavam indo e vindo, sem maiores preocupações. Nós ciclistas é que tínhamos que ter cuidado com o veículo motorizado.

Famílias inteiras passeando sem a menor preocupação. Não buzino, não reclamo ou oriento. Diminuo a marcha até que alguém veja e me deixe passar. Desta forma entendo que a educação não está sendo dada aos filhos, pois os pais não receberam.

Os turistas fazendo fotos ao lado do nome Maceió. Outro atropelo. Como sou turista em outros locais entendo. Entretanto é outro problema sério. Vendedores de coco, pastel, bebidas, carros de som, de picolé, etc.

O que fazer? Eis a pergunta. Acredito que só a educação seja a forma de resolver o impasse.

Às associações de ciclistas sugiro um contato com o órgão específico da Prefeitura de Maceió para sinalizar as ciclovias, mostrando que as mesmas são para as bicicletas. Mostrar a preferencia/prioridade dos pedestres nas intersecções ciclovia/calçada. E dentro do possível fiscalizar com seus funcionários que transitam pela orla.

Contatos com os meios de comunicação. A imprensa em todos os seus níveis é de primordial importância, pois tem a força da repetição e conseguem criar hábitos ou modifica-los.

Rádio, TV, Internet, jornal poderiam fazer pequenas inserções às vezes subliminares que ajudariam em muito a educação da utilização da ciclovia.