Blog do Dresch

6 de dezembro de 2015

Janot é pensador global de 2015

                   A revista norte-americana “Foreign Policy” especializada em assuntos internacionais, incluiu o Procurador-Geral da República do Brasil, Rodrigo Janot, como um dos 100 pensadores globais de 2015, lista formada por personalidades mundiais que se destacaram por terem “gerado ideias que poderiam prometer à humanidade um futuro melhor”. O brasileiro entrou na categoria de pessoas “desafiadoras” prestigiadas pela publicação por enfrentar “causas assustadoras” em defesa de uma efetiva mudança. O procurador é descrito como responsável perla condução das investigações do esquema de corrupção na Petrobrás, em um escândalo de quase US$ 3 bilhões em propinas.

Pensadores globais 2

                   O texto menciona a prisão de integrantes do Partido dos Trabalhadores (como o tesoureiro João Vaccari), a investigação de parlamentares petistas e o indiciamento de outros 117 políticos. Também é atribuído a Janot, o afastamento da Presidente da Petrobrás e cinco diretores da estatal. O procurador conseguiu ainda do Supremo Tribunal Federal a aprovação para investigar 12 senadores, 22 deputados federais e um punhado de ex-políticos. Também é citado o fato de Rodrigo Janot ter sido escolhido pelos integrantes do Ministério Público para permanecer á frente da Procuradoria por mais dois anos com o aval da Presidente Dilma Rousseff.

Pensadores globais 3

                   Além do Procurador Geral Rodrigo Janot, a revista “Foreign Policy” também escolheu o neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis para compor a lista dos 100 pensadores globais, na categoria inovadores. Ele é apontado como um dos autores de importantes descobertas sobre o cérebro. Nicolelis sincronizou as atividades cerebrais de macacos com um braço mecânico, na Universidade de Duke, nos EUA. Para a revista, a experiência poderia ser eventualmente usada para ajudar na recuperação de pacientes em fisioterapia.

Venda recorde de armas

                   Muitas vezes as pessoas se perguntam o porquê dos frequentes tiroteios e massacres ocorridos nos estados norte americanos. Um dos motivos sem dúvida é a liberdade para a aquisição de armas nos Estados Unidos. Por exemplo: As armas de fogo bateram recordes de vendas durante os descontos da Black Friday, quando o FBI realizou 185.345 verificações de antecedentes criminais de possíveis compradores. Eles aproveitaram as promoções da Black Friday para adquirir armas de fogo, ao invés de brinquedos para o Natal, como é tradição nesta data de descontos. A verificação de antecedentes criminais, condição indispensável para comprar armas em alguns estados do país, aumentou 5% em relação á mesma data no ano passado quando foram feitas 175.754 revisões. Legisladores e grupos que combatem a violência armada defendem um sistema de verificação de antecedentes ainda mais rigoroso paras tentar impedir que as armas cheguem às mãos de criminosos e pessoas com problemas de saúde mental. Na última quarta feira, um casal fuzilou 14 pessoas em um centro de assistência na cidade de San Bernardino, na Califórnia. Nos EUA, o horror dos massacres não parece afetar defensores do uso de rifles e pistolas. Segundo dados da empresa Gallup, o número de americanos que defendem um controle maior para o comércio e porte de armas caiu dramaticamente nos últimos 24 anos, passando de 79% em 1990 para 47% em 2014.

 

Combate ao vetor

                   Para a Secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyrzomiska, a única forma de enfrentar o surto de microcefalia causado pelo Zika vírus é combater o seu vetor, o mosquito Aedes Aegypti. “Essa é a orientação do Ministério da Saúde repassada a todos os estados onde os casos estão acontecendo: trabalhar em conjunto a população para combater sem trégua o mosquito”. Ela disse que o Brasil sofre há 30 anos com a presença deste mosquito transmitindo a dengue, e agora surgem ainda a Zika e a febre Chikungunya. Então o problema é com o vetor. A Secretária explicou ainda que o uso do carro Fumacê, neste momento não resolve o problema. “Precisamos acabar com a procriação e com as larvas do mosquito e o uso do Fumacê agora seria impróprio” afirmou Wyrzomiska.

Aposentadoria na NBA

                   Um dos maiores jogadores de basquete profissional de todos os tempos, o americano Kobe Bryant, de 37 anos, anunciou nesta semana, que vai se aposentar ao término da atual temporada da NBA, a principal liga do esporte dos Estados Unidos, e também a maior e mais organizada do mundo. A temporada se encerra em Abril do próximo ano. Astro dos Los Angeles Lakers, uma das franquias mais vitoriosas da NBA, Bryant conquistou cinco títulos da liga, além de duas medalhas de ouro com a seleção americana nas Olimpíadas de Pequim em 2008 e em Londres em 2012. Atualmente em disputa sua 20ª temporada na NBA.

Aposentadoria na NBA 2

                   Em termos de pontos, Kobe Bryant é o terceiro maior pontuador da história da liga, com 32.670 pontos, ficando atrás de Kareem Abdul-Jabbar (38.387) e Karl Malone (36.928). Possui também o segundo maior numero de pontos marcado em uma única partida: 81 contra o Toronto Raptors, em 2006, ficando atrás apenas de Wilt Chamberlain, que em 1962 marcou 100 pontos em um jogo do seu time o Philadelphia Warriors contra o New York Knicks. Na atual temporada o Lakers tem decepcionado, obteve apenas duas vitórias em 15 jogos que disputou. A esperança dos amantes do basquete e do público brasileiro, é que Kobe, pelo menos, resolva disputar a Olimpíada do Rio de Janeiro, antes da aposentadoria efetiva.

 

 

  • Começa nesta terça feira, dia 8, feriado dedicado a Nossa Senhora da Conceição e também a Iemanjá, a temporada dos cruzeiros marítimos no porto de Maceió.
  • O primeiro navio será o Fascinosa, da empresa Costa Cruzeiro, que chegará á capital alagoana ás 7h.
  • A temporada vai até Março, sendo que nove navios, trazendo mais de 30 mil cruzeiristas, nacionais e estrangeiros aportarão por aqui no período.
  • De acordo com a Associação Brasileira de Empresas Marítimas (Abremar), cada turista gasta em média R$ 200 durante a sua permanência no destino. Com este cálculo, a expectativa é de que a temporada de navios neste verão injete cerca de R$ 6 milhões em Alagoas.
  • Maceió volta a ser, um dos destinos turísticos mais procurados por turistas do Brasil e também do exterior.
  • Que sejam bem-vindos desfrutem das nossas belezas naturais, da gastronomia alagoana, do nosso artesanato e sejam protegidos pelas bênçãos de Nossa Senhora da Conceição e de Iemanjá, a Rainha dos Mares.