Flávio Gomes

6 de dezembro de 2015

Basta de Dilma!

De Ricardo Noblat, em seu blog: “A reputação de Dilma Rousseff, até aqui, se amparava em duas coisas: foi torturada durante a ditadura militar e não delatou (‘coração valente’); embora seja um fracasso como administradora, nunca roubou em causa própria e nem deixou que roubassem (‘faxineira ética’). Aí vem a Lava-Jato e carimba na testa de Dilma a acusação de que ela comanda o governo mais corrupto da História do Brasil. Mais corrupto do que os dois governos de Lula. Estamos diante de uma injustiça com Dilma, invenção de Lula, o presidente do mensalão, apontado dentro do governo como o verdadeiro responsável pela montagem do esquema que assaltou a Petrobras? Lula, que antes de subir a rampa do Palácio do Planalto pela primeira vez, morava de favor em apartamento de um amigo, e dois anos depois de ter descido a rampa pela última vez já era um homem rico? Pouco importa que, sob esse aspecto, não se faça justiça a Dilma… Se não roubou, Dilma arrisca-se a ser condenada por conivência. Falta-lhe autoridade política para enfrentar o difícil momento que o Brasil atravessa. Seu governo é uma nau sem destino repleta de medíocres, inclusive ela mesma. As crises que paralisam o país só serão resolvidas em menos tempo se a tarefeira abdicar. Ela carece de grandeza para isso. Ou então se ela for removida rigorosamente de acordo com a lei.”

Prenúncio

Em 1985, o médico Geraldo Vergetti, então diretor da Sucam, já advertia sobre a necessidade de se combater o aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue. Hoje, 30 anos depois, a dengue continua fazendo vítimas e, sabe-se agora, o aedes aegypti leva também à zika vírus, à chikungunya e à microcefalia.

Realidade

Muitos consideravam exagero a pregação de Geraldo Vergetti. Mas nesses 30 anos são muitas as vítimas da dengue, inclusive fatais, e sucessivos governos nunca têm dinheiro suficiente para combater efetivamente o aedes aegypti. Mas não falta grana para gastos supérfluos ou desvio, em proveito próprio ou alheio.

Risco

Em função de omissão ou ações ineficazes ao longo desse tempo para combate ao aedes aegypti a situação é preocupante, em todo o Brasil. O governo de Alagoas admite que, dos 102 municípios, em mais de 70 deles há existência de surto de dengue, com cerca de 25 mil casos. E a dengue é só um dos efeitos do mosquito.

Hipótese

Como já existem cinco procedimentos judiciais instaurados contra Renan Calheiros e há personagens ilustres presos e/ou afastados dos seus cargos, já há quem imagine o senador fora da presidência do Senado. Aos desavisados: seu suplente é Fábio Farias, médico, empresário e secretário estadual do Gabinete Civil.

Sucesso

A 7ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas registrou a passagem de mais de 300 mil pessoas pelo Centro de Convenções de Maceió. Para ser idéia, um público equivalente a 15 vezes a lotação máxima do Estádio Rei Pelé. Dentre os visitantes, estudantes de 900 escolas, quase todas da rede pública de ensino.

Dura lex

Sem condições de contestar o mérito do pedido de impeachment, petistas e seguidores – por ideologia ou dinheiro – insistem em dizer que se trata de um golpe. Desconsideram a Constituição Federal, que prevê a hipótese de impeachment, e a defesa que o PT fez dos pedidos de impeachment de Collor e FHC.

Opinião

De Jorge da Cunha Lima: “Se o peronismo na Argentina é um estado de espírito, que se encarna em múltiplas correntes políticas, o PMDB é um estado de corpo. Encarna-se no poder, no governo vigente, qualquer que ele seja. Respalda-se em maiorias parlamentares, do alto e baixo clero. Exerce o governo sem disputá-lo.”

 

*O Ballet Eliana Cavalcanti faz hoje as últimas apresentações do espetáculo “La Fille Mall Gardée” (A Filha Malcriada), na versão de Frederick Ashton, de 1960. No Teatro Gustavo Leite, em sessões às 16 e às 19 horas. Ingressos a R$ 30,00.

*Encerrando as atividades de 2015 do “Concerto aos Domingos”, o Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas recebe hoje, 10 horas, o espetáculo “Canto por todos os Cantos”, com o Coretfal, criado em 1975 pela maestrina Maria Augusta Monteiro.

*O presidente do Instituto Zumbi dos Palmares, jornalista Roberto Amorim, participa amanhã e depois, em São Paulo, do Seminário de Programação da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs públicas, para debater os editais regionais para 2016.

*O novo Portal da Transparência será lançado pelo Governo do Estado amanhã, às 9h30m, no Auditório Aquatune, no Palácio República dos Palmares. A reforma foi coordenada pela Controladoria Geral do Estado, em parceria com o ITEC.

* A Associação dos Artistas Visuais de Alagoas recebe, só até amanhã, inscrições para o “2º SACA- Salão de Arte Contemporânea de Alagoas’. Podem participar artistas plásticos alagoanos ou radicados em Alagoas há três anos. Contato: 3315-5656.

*Às 17 horas de hoje, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, acontece o “Lapso Autoral”,  novo projeto da Lapso Produções. Participam Marinho, Lili Buarque, Kel Monalisa, Paulo Franco e Thiago Vasconcelos. Ingresso a R$ 25,00. Contato: 99665.8793.

*O humorista Saulo Laranjeiras se apresenta novamente hoje em Maceió, com o show “Assunta Brasil”. A partir das 20 horas, com ingresso a R$ 60,00. Local: Mirante Gourmet (Av. Aristeu de Andrade, Farol). Contato: 99979.5959 ou 3024.9250.

 

“Eu me sinto indignado com o que estão fazendo com o país”

Luiz Inácio Lula da Silva

Ex operário que ficou milionário após assumir a Presidência da República, reiterando manifestações de mau-caratismo, hipocrisia e cinismo