Futebol

5 de dezembro de 2015

Teixeira recebeu propinas e técnicos deveriam ser banidos

Recentemente os principais seguimentos esportivos do país trouxeram a informação de que o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, ganhava propinas para escalar a Seleção Brasileira. De acordo com o noticiário nacional, o cartola da CBF recebia subornos do representante da Traffic, o empresário brasileiro José havilla, para garantir determinados jogadores nas edições da Copa América disputadas entre 2001e 2011.

A intenção dos representantes da Traffic era garantir os jogadores mais badalados na seleção para facilitar a revenda dos direitos de TV’s com valores mais elevados e a comercialização de excelentes contratos de marketing.

O “espertíssimo” Ricardo Teixeira está sendo investigado pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos e se tudo for confirmado, entendo que todos os técnicos que comandaram a Seleção Brasileira nesse período deveriam ser banidos do futebol, pois são coniventes com as astúcias do ex-cartola da CBF.