Flávio Gomes

25 de novembro de 2015

Insensatez e cinismo

De Ricardo Noblat: “Há insensatos em toda parte. Entregues às maiores tolices, não aceitam ser chamados de insensatos. É o caso, por exemplo, da presidente Dilma; e também do seu mestre, o ex-presidente Lula. Os dois escolheram ser reféns de Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, senhor da abertura do processo de impeachment que eles tanto receiam. E por isso o apoiam na contra mão do bom senso. Na semana passada, como principal orador do 3º Congresso da Juventude do PT, em Brasília, Lula pediu a uma plateia barulhenta, e movida pelos arroubos próprios da idade, que não permitisse a ninguém chamar petista de ladrão. Ora, por que ele não aproveitou o momento para refletir sobre os motivos que empurram o PT para o seu crepúsculo? Como omitir que orientou o governo e o partido a ajudarem Eduardo a escapar da cassação que ameaça seu mandato? Como fingir que não viu a faixa estendida no local do congresso saudando os ‘guerreiros do povo brasileiro’, petistas de raiz condenados pelo mensalão e sujeitos a condenação pela Lava-Jato? Mas não: em sua lição aos moços, Lula preferiu distorcer a realidade. ‘Quero saber se o dinheiro do PSDB foi buscado numa sacristia’, disse a propósito da roubalheira na Petrobras. ‘Então nosso companheiro Vaccari, que é um companheiro inteligente, pegava dinheiro de propina e o PSDB ia lá ao cofre e pegava dinheiro limpo?’. Subentenda-se: todos se valem de dinheiro sujo. E como é assim, mais tolerância com o PT, por favor!”

Maldade

A desocupação de antigo prédio do INSS, no Centro, a pedido da empresa que o adquiriu, é algo justo, do ponto de vista legal. Já a decisão de jogar as famílias invasoras num terreno baldio no Tabuleiro, ao relento, é uma injustiça, do ponto de vista social. Aliás, cadê as entidades de Direitos Humanos?

Agenda

Está anunciada para hoje, no Hotel Jatiúca, palestra do economista Gustavo Loyola, ex-presidente do Banco Central, sobre “Perspectivas da Economia Brasileira – Impactos da Crise Econômica na Construção Civil”. A palestra, durante almoço, reunirá empresários de diversos segmentos da economia alagoana.

Empecilho

O deputado estadual Galba Novaes está propondo ao governo que o servidor estadual receba o 13º salário no mês do seu aniversário. O ex-governador Luís Abílio, em 2006, e a Prefeitura de Maceió, desde Cícero Almeida, fizeram isso. O problema é que o Comércio é contra, pois prejudica vendas do Natal.

Queixa

“Estamos escaldados”, disse o prefeito Rui Palmeira, ontem, sobre a possibilidade de o governo federal autorizar a Prefeitura de Maceió a tomar empréstimos em instituições financeiras do exterior, em condições melhores que no Brasil. Rui quer os recursos para diversas obras estruturantes na cidade.

Causa comum

Primeiro foi o senador Benedito de Lira (PP/AL). Agora é o deputado federal Paulão (PT/AL) quem cobra à Infraero melhorias no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. O parlamentar quer agilidade na substituição de pontes de embarque e desembarque, que, quebradas, têm causado transtornos.

 

Perda

Foi sepultada ontem, no Parque das Flores, a Procuradora de Estado Maria Rosália Brandão Rolim. Rosália tinha 57 anos de idade e há cerca de três anos tentava superar um câncer. Além da área jurídica, ela participava muito de atividades culturais. E integrava o irreverente bloco “Filhinhos da Mamãe”.

Desilusão

Do juiz Sérgio Moro, desiludido: “Não vai ser a Operação Lava Jato que vai resolver o problema da corrupção no país. Não serei eu que resolverei isso. Mas o que nós, como cidadãos, vamos fazer a partir de agora? Para isso, precisamos ter melhora nas nossas instituições, e não vejo isso ocorrendo de forma alguma.”

 

*Ocorre hoje, 8 horas, a última aula do Curso Sobre o Novo Código de Processo Civil, promovido pelo Centro de Estudos da PGE,com o professor Beclaute de Oliveira Silva, da Ufal. Cerca de 50 procuradores e fiscais de tributos estão participando.

* A professora Patrícia Melo lança hoje o livro “Guarda compartilhada como expressão do princípio constitucional do melhor interesse da criança”. Às 19 horas, no Café Literário Cantinho das Ideias, na Bienal no Livro, no Centro de Convenções.

* Acontece hoje o 3º Seminário Alagoano sobre Segurança Alimentar e Nutricional, iniciativa da Associação Alagoana de Nutrição, com apoio da Ufal. No auditório da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, das 13h30m às 17h30m.

*O aplicativo “Juntos pela Segurança”, utilizado em Maceió e Rio Largo para denúncias de crimes ou situações de risco para a segurança pública, concorre ao Prêmio Nacional do Programa MuniCiência de Gestão Municipal. A votação, pela internet, é até hoje.

* A Faculdade de Letras da Ufal promoverá, a partir de janeiro de 2016, o curso de produção textual “Português para Estrangeiros”, para estudantes de cursos presenciais de graduação e de pós-graduação. Inscrições só até hoje em ple2.curso@gmail.com. 

*A 6a edição da Mostra Sururu de Cinema Alagoano será entre 17 e 20 de dezembro, no Centro Cultural Arte Pajuçara, e integra as comemorações dos 200 anos de Maceió. Inscrições, só até hoje, em http://mostrasururu.com.br/. Contato: 99344.9158.

*Santos e Palmeiras iniciam hoje a decisão da Copa do Brasil 2015, a partir das 21 horas (horário de Alagoas), na Vila Belmiro. Pelo absurdo que é o calendário do nosso futebol, os dois clubes disputam também a fase final do Campeonato Brasileiro.


“As pesquisas mostram a rejeição ao governo, à presidente, ao PT, mas também contaminam todas as lideranças políticas”.

Fernando Bezerra

Senador do PSB/PB e líder do partido, temendo que as pessoas passem a não acreditar no futuro do Brasil