Flávio Gomes

24 de novembro de 2015

Transgressão e golpe

Do ex-deputado federal José Aníbal (PSDB/SP), presidente do Instituto Teotonio Vilela: “… Ao conjunto de indicações cotidianas sobre o agravamento da crise vemos que as expectativas para 2016 são assustadoras: pode ser igual ou pior do que o ano que termina. No desastre acabado da crise em que Dilma mergulhou o setor elétrico, o astucioso ministro de Minas e Energia nos acena com mais uma expropriação na conta de luz. Diz ele que as indenizações de 20 bilhões de reais às empresas de transmissão, causadas pela MP da ruína (579, set.2012), serão pagas pelo aumento das contas de luz a partir de 2019 ou 2020! Este governo é isto: destrói o presente e vai devastando o futuro. A cobrança às oposições por alternativas é frequente. O senador José Serra respondeu de forma singela e objetiva: ‘O Brasil precisa de um governo novo’. Serra disse também que Dilma não tem condições de promover uma união nacional, recuperar a credibilidade e iniciar um ciclo virtuoso. Como disse um cientista político, mais que a dominância fiscal, vivemos a dominância política. Com Dilma não dá. A cada dia, tudo vai se agravar e mais se comprometerá o futuro. A ideia de golpe nada mais é que uma esperta dissimulação do ardente e insano desejo de Dilma, Lula e do PT de continuar nos golpeando.”

 

Natureza

 

Projeto do senador Benedito de Lira (PP-AL) inclui na área de atuação da Codevasf as bacias hidrográficas de Jequiá, Paraíba e Mundaú – as que formam as mais importantes lagoas. Aprovado o projeto, os Rios Mundaú e Paraíba e os que formam a Lagoa do Jequiá deverão ganhar ações de revitalização.

 

Indignação

 

O deputado estadual Inácio Loiola (PSB) se indignou ao saber que R$ 50 milhões prometidos pelo governo federal para o Canal do Sertão não virão mais: “Se a notícia realmente procede, fico extremamente estarrecido com a falta de compromisso e de respeito da presidente Dilma Rousseff para com o povo sertanejo”.

 

Reconstrução

 

O secretário de Saúde de Maceió, José Thomaz Nonô, acompanha hoje, às 10h30m, o início das obras de recuperação do PAM Salgadinho, um compromisso seu, assim que assumiu o cargo, há cerca de um mês. A primeira etapa contempla os blocos A, B e C e será executada com recursos e servidores da prefeitura.

 

Ascensão

 

O prefeito do Pilar, Carlos Alberto Canuto, anda orgulhoso do filho Rubens Canuto Neto, nomeado desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, com sede em Recife. Rubens Canuto iniciou a carreira de juiz federal em 1998, em Foz do Iguaçu, e ultimamente atuava em Arapiraca.

 

Mais uma

 

Tem tudo para ser outra pendenga jurídica: liminar do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Washington Luiz Damasceno Freitas, tornou sem efeito decisão da juíza Maria Valéria Lins Calheiros afastando as diretorias da Fecomércio, Sesc e Senac. José Lages Júnior havia sido nomeado interventor.

 

Homenagens

 

Dois auxiliares do prefeito Rui Palmeira foram homenageados ontem na Câmara Municipal de Maceió, com a Comenda Zumbi dos Palmares: Clayton Santos, secretário de Comunicação, e Vinícius Palmeira, presidente da Fundação Cultural de Maceió. A vereadora Tereza Nelma (PSDB) foi quem propôs a honraria.

 

“Santinho”

Do ex-presidente Lula, em entrevista a Roberto D'Ávila: “Fui presidente de sindicato, fui presidente do PT, fui presidente da República e nunca um desgraçado neste país falou assim para mim: ‘Ô Lula, quero te dar uma pera’. Se tem uma coisa que eu tenho orgulho é isso.” Mas ele não explicou como enriqueceu na política.

 

*A Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas comunica o falecimento, ontem, de Leila Muniz do Amaral, mãe da procuradora e professora Cláudia Muniz do Amaral. O sepultamento será hoje, 10 horas, no cemitério Parque das Flores.

*Começou ontem, e vai até 6ª feira próxima, no Fórum do Barro Duro, em Maceió, a 10ª Semana Nacional da Conciliação. É mais uma iniciativa do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Judiciário de Alagoas.

*A 7ª Bienal Internacional do Livro de Alagoas, que segue até domingo próximo, no Centro de Convenções, exibe filmes todos os dias, 17 horas, na sala “O Acendedor de Lampiões”. A coordenação é de Diogo Souza, aluno do doutorado em Letras da Ufal.

*O Arquivo Central da Ufal realiza, durante a 7ª Bienal do Livro, palestras com técnicos do Arquivo Nacional de Brasília. A palestra de hoje é “Procedimentos de protocolo de acordo com a Portaria Interministerial nº 1.677”, com Flávia Cristina Diogo Claudino.

*O Matfest 2015, evento do Instituto de Matemática da Ufal, no Campus A.C. Simões, sedia hoje e depois de amanhã, às 14h30m, a Matexpo 2015. Além dos estudantes da educação básica, participam alunos do Programa de Bolsas de Iniciação à Docência.

*Acontece, de hoje a 6ª feira, 27, a 11ª Semana de Química da Ufal, no Instituto de Química e Biotecnologia. O tema do evento é “A química e a biotecnologia a serviço do desenvolvimento técnico-científicoContato: semanaq@gmail.com.

*Na vitória de 2×1 sobre o Sampaio Correia, o CRB não teve em campo o artilheiro Zé Carlos, por ordem da diretoria, nem Maxwell, outro xodó da torcida, suspenso. Daniel Cruz, que vinha sem chances e era descartado para 2016, entrou e fez os gols da vitória.

 

“É legítimo que o PMDB apresente propostas ao país. Mas eu as levaria mais a sério se o PMDB deixasse o governo, os sete ministérios e os cargos.”

Aécio Neves

Senador (MG) e presidente nacional do PSDB, sobre o documento “Uma Ponte para Futuro”, elaborado pelo PMDB