Roberto Baia

22 de novembro de 2015

Merenda escolar

A Câmara Municipal de Arapiraca aprovou requerimento da vereadora Aurélia Fernandes, solicitando à Secretaria Municipal de Educação proposta para normalizar a merenda escolar das creches e escolas do município.

 

Não contém nutrientes

Segundo a vereadora, a merenda escolar servida aos alunos como biscoitos e sucos não contém os nutrientes necessários para alimentar as crianças, porque seus pais não têm condições financeiras de comprar os lanches para os filhos.

 

 Qualidade de vida

Aurélia Fernandes lembrou que, para se falar em uma boa qualidade do ensino, também é preciso se falar em boa qualidade de vida para os alunos, principalmente proporcionando a eles uma boa alimentação.

Já o vereador Josias Albuquerque voltou a falar sobre os inúmeros casos de dengue ocorridos em Arapiraca, ressaltando que o 5º Centro de Saúde já não atende a grande demanda dos casos na cidade.

 

Comissão

Ele até sugeriu que fosse formada uma comissão de vereadores para falar com a prefeita Célia Rocha e com o secretário de Saúde, Ubiratan Pedrosa, para que encontrem uma solução para melhorar as acomodações daquela unidade de saúde, que recebe centenas de pacientes diariamente.

 

Improbidade

O Ministério Público Federal ajuizou uma ação criminal contra o ex-prefeito de Canapi, Benedito Casado da Rocha, e o ex-secretário municipal de educação, Josimário José da Silva, que é presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais. No processo, consta que os dois cometeram fraude com dinheiro público. 

 

Cometeram fraude

Quando Benedito era prefeito, em 1996, o município celebrou um convênio no valor de R$ 120.896,44, sendo que R$ 60.237,22 eram recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e R$ 60.659,22 correspondiam à contrapartida da prefeitura. A parte do FNDE foi depositada em uma conta do município, aberta exclusivamente para a movimentação dos valores.

 

Foi sacado

Pelos extratos bancários e cópias dos cheques anexados ao processo, o MPF descobriu que todo o valor que tinha sido depositado pelo FNDE, R$ 60.237,22, foi sacado na “boca do caixa” pelo ex-prefeito Benedito Casado e o então secretário municipal de educação, Josimário Silva.

 

Genipapo

O Capril Dona Vânia, localizado no povoado Genipapo, zona rural de Limoeiro de Anadia, é mais uma experiência de sucesso registrada naquele município, onde a Prefeitura não tem medido esforços no sentido de apoiar e incentivar cada vez mais o trabalho da agricultura familiar.

 

Produção

Gerenciado pela agricultora Rosivânia Vieira Silva Leite e pelo seu esposo, o capril atualmente conta com 32 cabras, 2 reprodutores e 22 cabritos, responsáveis por uma produção média de 20 litros de leite por dia e, consequentemente, o sustento da família.

 

Igaci

Todo o leite produzido no capril é fornecido para a usina de beneficiamento de Leite de Igaci, através da Associação de Agricultores Alternativos (AGRA).

Além do leite, Dona Vania vem diversificando ainda mais sua produção e garantindo um incremento na renda com a produção de licores, queijos, cocadas e doces, tudo produzido em casa e distribuído para todo o município através de encomendas.

 

Parceria

O sonho do Capril só foi possível graças à parceria com a Prefeitura Municipal de Limoeiro de Anadia, que intermediou junto ao Banco do Brasil, a liberação de um financiamento (PRONAF), onde Dona Vania adquiriu dez cabras e construiu o aprisco, nome dado ao abrigo dos animais. De lá pra cá o rebanho aumentou, assim como a renda familiar.

 

Torneios

Criadas com alimentos saudáveis produzidos na propriedade, as cabras de Dona Vania já encheram a dona de orgulho em alguns torneios leiteiros que participaram.

Na última exposição de caprinos e ovinos do Rancho Santa Cecilia, em Arapiraca, as cabras de Dona Vania conquistaram 1º, 2º e 3º lugares na modalidade cabra jovem e o 1º lugar na modalidade cabra sênior. Já em Major Izidoro, na Festa do Leite, as cabras Edneide e Bia garantiram o 2º e 3º lugares, respectivamente, nas categorias cabra jovem, o que rendeu troféus e premiações.

 

Normas técnicas

Foram lançadas, esta semana as normas de desempenho que devem orientar os novos empreendimentos de Habitação de Interesse Social (HIS). Essas normas apresentam compatibilidade com a norma de desempenho Norma Brasileira 15.575/2013, da Associação Brasileira de Normas Técnicas.

 

 Habitação social

 

A NBR 15.575 traz obrigações mínimas de desempenho ao longo da vida útil da edificação de forma a contribuir para a segurança do empreendimento, tais como: estrutural, contra o fogo e no uso e na operação.

A partir de agora, todos estes itens devem ser considerados na construção dos empreendimentos voltados para a habitação social. Para melhor orientar o ramo da construção civil, o Ministério das Cidades lançou um site para disponibilizar os documentos que apresentam as soluções com desempenho avaliado para Sistemas Convencionais e Inovadores.

  

… Policiais civis apreenderam mais de 755 bombinhas de maconha, na quinta-feira, 18, em Murici.

 

… As equipes da PC estavam em uma investigação sobre drogas no município, quando o serviço de inteligência detectou que uma pessoa iria comercializar a droga no centro da cidade.

 

… Os policiais civis da Asfixia foram prender o traficante, que ao perceber a presença da polícia entrou em uma casa e fugiu pelos fundos. Eles perseguiram o acusado, que conseguiu se evadir.