Roberto Baia

18 de novembro de 2015

O fim da crise

A partir do próximo dia 10 de dezembro, a Prefeitura de Arapiraca vai espantar de uma vez por todas a crise financeira e vai respirar mais aliviada. Afinal, os cofres da municipalidade serão reforçados com um deposito de R$ 139 milhões, recursos oriundos de uma ação contra o Governo Federal relacionado ao antigo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental  (Fundef).

Além de Arapiraca mais 18 cidades alagoanas serão contempladas entre 2015 a 2016. Os recursos, que serão destinados aos municípios,  estão na ordem de nada mais, nada menos do que R$ 439 milhões.

De acordo com a assessoria da prefeita Célia Rocha, os recursos chegam em um momento importante.

 

Natal com criatividade

Desde julho, o grupo Arte Sustentável conseguiu arrecadar mais de 50 mil garrafas PET para confeccionar vários itens pelo município.

Sabendo desta iniciativa da Prefeitura de Arapiraca – que contratou o grupo para enfeitar as praças durante o período natalino –, dezenas de alunos da Escola de Ensino Fundamental Maria de Nazaré, localizada no bairro São Luiz, foram até o “galpão mágico” do Arte Sustentável para ajudar a fazer guirlandas a partir do material reciclável.

 

Decoração e arte

“Achei maravilhosa essa ideia de decorar a nossa cidade com estas decorações feitas de algo que iria para o lixo. O que ia ser jogado fora agora se tornará 'luxo'. E isso reflete positivamente na natureza, se olharmos direito, pois o plástico é um das coisas que mais demoram a se decompor. E que bom que ele servirá de pano de fundo para o nosso lindo Natal”, diz a estudante do 9º Ano, Vitória Farias, de 16 anos.

 

Com outra cara

Dezenas de alunos, acompanhados pelo professor Alexandre Cavalcante, conheceram o espaço do grupo, na Rua Olavo Bilac, bairro do Centro, que está aberto a todos que quiserem ajudar e participar do processo.

“Fomos em inúmeras escolas municipais e colégios particulares para recolher garrafas PET e muitos adolescentes se engajaram na nossa campanha para deixar Arapiraca com outra cara.

Gratificante

“Isso é muito gratificante”, comenta a artesã Lucineide Bispo, uma das pessoas por trás do Arte Sustentável, ressaltando também a parceria com a Associação dos Catadores de Resíduos Sólidos de Arapiraca (Ascara). 

 Em breve, o Mercado do Artesanato Margarida Gonçalves, Largo Dom Fernando Gomes, Parque Municipal Ceci Cunha, Bosque das Arapiracas, Praça Deputado José Marques da Silva e Praça Manoel André estarão com as cores e brilhos característicos desta data especial.

 

Prefeitos com Renan

Os prefeitos de 13 municípios alagoanos estiveram reunidos na segunda-feira (16) com o governador Renan Filho e o secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, no Palácio República dos Palmares, para a entrega de 16 caminhões-caçamba que serão usados na logística de escoamento da produção da agricultura familiar e melhorias nas estradas vicinais em pequenas comunidades rurais.

 

Seca no Sertão

Os veículos foram entregues em um momento estratégico para o combate aos efeitos da estiagem na maioria dos municípios alagoanos, como destacou o prefeito de Maravilha, Carlos Luiz Martins. “Estávamos ansiosos pela chegada desses caminhões e eles estão sendo entregues em uma hora importantíssima, nesse período de seca. Eles serão usados em diversas obras nas comunidades rurais e para facilitar o acesso dessas populações à água. Também vamos receber um caminhão-pipa nos próximos dias, o que vai nos ajudar mais ainda, porque só sabe o que é a seca quem vive no Sertão”, disse o prefeito.

 

Momento de agonia

“Este é um momento de muita agonia para quem vive no semiárido. Fazia muito tempo que não víamos uma estiagem como essa. Com o veículo que estamos recebendo hoje, poderemos dar suporte para as 23 comunidades rurais de nosso município, transportando a ração para o gado e outros tipos de materiais que dificilmente poderiam ser levados até essa população”, relatou o prefeito de Coité do Noia, José de Sena Neto.

 

Congresso

A cidade de Arapiraca vai sediar, a partir desta quarta-feira (18), o congresso Sober Nordeste, que acontece a cada ano, desde o ano de 2006, em uma instituição localizada na Região Nordeste do Brasil.

O evento tem como objetivo geral discutir temas relevantes da agricultura e do agronegócio e contribuir para o desenvolvimento do setor rural do país.

O evento consolida sua importância com a realização da sua décima edição, pautada pela discussão de temas como: política agrícola; geração e transferência de tecnologia; meio ambiente; pobreza rural; educação no campo; reforma agrária; novas experiências de desenvolvimento e outros.

 

Campus Arapiraca

O X Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (Sober), em sua versão regional, ocorrerá entre os dias 18 e 20 de novembro de 2015, no campus da Universidade Federal de Alagoas – Campus Arapiraca e na Universidade Estadual de Alagoas (Uneal) Campus Arapiraca.

A proposta é trazer para o público-alvo da região a experiência de um congresso já conceituado, oportunizando a uma instituição de ensino superior (IES) do interior a colaborar e participar de um evento que, embora regional, tem abrangência nacional, bem como ampliar o debate com os poderes públicos locais e atores sociais acerca das questões que permeiam o rural no contexto atual.

 

 

… Com o tema “A construção de Espaços Educadores Sustentáveis em Alagoas: Compartilhar ideias, assumir responsabilidades e ações”, aconteceu nos últimos dias 10 e 11 de novembro, no Centro de Convenções Ruth Cardoso, o IX Congresso Estadual de Educação Ambiental Lagoa Viva, organizado pelo Programa de Educação Ambiental do Instituto Lagoa Viva e pelo Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade: Núcleo Nós Podemos Alagoas.

 

 

 

… Entre outras atividades, o evento teve a apresentação de 243 projetos de atividades, 14 deles desenvolvidos por professores e alunos do município de Atalaia.

 

… Com temas diversos, como: hortas, jardins suspensos, reciclagem, reflorestamento com plantio de mudas às margens do Rio Paraíba e em espaços externos de escolas e creches, 9 projetos, foram de Intervenção e Integração na Comunidade ( PIIC 2014/2015), e estão  concorrendo à premiação Estadual pelo Instituto Lagoa Viva, que ocorrerá  no início de 2016.