Flávio Gomes

10 de novembro de 2015

O afeto que se encerra

De Demétrio Magnoli, sociólogo, em “O Globo”: “No poder, o lulopetismo deslocou-se sociologicamente dos trabalhadores e das classes médias urbanas para o ‘povo pobre’, ou seja, na direção das classes D e E em ascensão rumo à ‘nova classe média’. A reeleição de Lula e os dois triunfos eleitorais de Dilma derivaram da sedução hipnótica exercida pelas políticas de renda, crédito e consumo. Os votos do Nordeste, das regiões deprimidas do Centro-Sul e dos anéis periféricos das metrópoles soldaram a hegemonia lulista. A ‘era Vargas’ durou longos 15 anos, entre 1930 e 1945. Se Dilma sobreviver à borrasca em curso, a ‘era Lula’ completará 16 anos. Contudo, no outono do patriarca, os pobres desertam em massa de sua trincheira. Na economia, voltamos ao ponto de partida. Na política, porém, o porto original não mais existe. Maurício de Almeida Prado, de uma consultoria com foco na renda baixa, explica que a ‘ex-nova classe C’ adquiriu nos anos gordos, junto com os celulares, uma experiência indelével: ‘É um novo tipo de classe baixa: mais conectada, escolarizada e, de certa forma, até mais preparada’. Há futuro, Lula, apesar de você.”

Extremos

Alagoas foi destaque, domingo passado, na TV Globo. De forma positiva, no programa “Esquenta”, de Regina Casé, com o ambientalista José Roberto Fonseca e ampla matéria sobre seu projeto social no Sertão, além de presença de Djavan; negativamente, com as falcatruas políticas no município de Tanque D’Arca.

Desmentido

A secretaria estadual da Fazenda garante que os repasses de empréstimos consignados dos servidores estão em dia. Acrescenta que os dois maiores bancos em atuação no Estado, responsáveis por 90% dos consignados, confirmam que nenhum servidor foi negativado por qualquer ato do Estado de Alagoas.

Porém

A Sefaz se refere ainda a nota da Caixa, que diz: “Quanto às eventuais negativações de clientes em razão do convênio, a Caixa orienta que os clientes procurem suas agências de relacionamento e apresentem os contracheques comprovando o débito para a exclusão manual nos cadastros dos órgãos de proteção ao crédito.”

Reafirmação

“Conjuntura” reafirma nota aqui veiculada, de que há servidores estaduais cobrados por instituições financeiras, sob alegação de que o Estado está em atraso com os repasses de consignados. Um deles, inclusive, foi informado de que, apesar do atraso, a Caixa não está negativando ninguém por um acordo com o Estado.

Retribuição

A abertura de cinco mil postos de trabalho em Alagoas, na área de call Center, é a referência do grupo italiano Almaviva. E a principal justificativa para que o presidente da empresa no Brasil, Francesco Renzetti, seja agraciado com o título de Cidadão Honorário de Maceió. O entrega é hoje, 9 horas, na Associação Comercial.

Agenda

“Jayme Miranda, um revolucionário brasileiro”, é o título do novo livro do historiador Geraldo de Majella, a ser lançado hoje, às 19h30m, no Armazém Guimarães.  Jayme era jornalista, advogado e dirigente do PCB. Preso em 1975, por agentes da ditadura militar, nunca mais apareceu e é dado como morto, por várias evidências.

Opinião

De editorial do “Estadão”: “É inacreditável ver que, em momentos de tamanho desafio para o País – que se encontra paralisado por uma grave crise política, econômica, social e moral –, a oposição faz questão de se fazer de morta. Parece até que o País anda às mil maravilhas, sem a imperiosa necessidade de contar com soluções e propostas alternativas ao que está aí.”

 

*Duas homenagens ontem na Assembleia Legislativa: o goleiro Dida – título de Cidadão Honorário de Alagoas, proposto pelo deputado Jairzinho Lira; o advogado Fernando Maciel – Comenda Tavares Bastos, iniciativa do deputado Francisco Tenório.

*O Tribunal de Justiça de Alagoas, por meio do projeto Justiça Itinerante, realiza hoje mutirão de audiências cíveis, a partir das 8 horas, no Clube Fênix Alagoana. Haverá expedição de documentos e casamento coletivo de 50 casais, entre outros serviços.

*Até as 17 horas de hoje, no Clube Fênix, uma parceria entre SMTT e Semptur possibilitará a emissão de credenciais de estacionamento para idosos acima de 60 anos. Interessados devem levar CPF, Carteira de Identidade e comprovante de residência.

*A programação pelos 105 anos do Teatro Deodoro traz hoje “A História e as Estórias do Teatro Alagoano”, no Teatro de Arena, às 18 horas. Às 20 horas, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, tem abertura da exposição “Andeja”, de Myrian Almeida.

*A Coordenação de Farmácia e Bioquímica da Secretaria de Saúde de Maceió abre hoje uma capacitação sobre Assistência Farmacêutica, às 8 horas, em seu auditório, para 120 assistentes administrativos. Outras turmas se reunirão nos dias 16 e 17 de novembro.

*Estão abertas até hoje, na Fundação Municipal de Ação Cultural, inscrições para grupos culturais, artísticos, oficineiros e expositores interessados em participar do Saurê Palmares 2015, que celebra a cultura afro-brasileira no mês da Consciência Negra.

 *O CRB redimiu-se da goleada de 5×1 para o Paysandu com uma bela exibição nos 4×1 sobre o Atlético Goianiense. Hoje, às 20h30m, no Trapichão, o clube fará seu penúltimo jogo em casa. Se vencer, sacramenta a permanência na Série B em 2016.

 

“O governo Dilma é nota 10, seus ingratos: 10% de inflação e 10% de desemprego, até dezembro.”

 Cláudio Humberto Rosa e Silva

 Jornalista