Flávio Gomes

8 de novembro de 2015

Medo do quê?

De Ricardo Noblat, em seu blog: “O mundo político tremeu quando Lula, na semana passada, cobrou do governo providências contra a Polícia Federal, que intimou para depor o filho dele, o empresário Luis Cláudio Lula da Silva. Qual foi o problema? Suspeito de envolvimento com malfeitos, o empresário foi intimado às 23h do último dia 24, o que Lula julgou manifestamente ilegal. Logo o ministro José Eduardo Cardoso, da Justiça, exigiu explicações urgentes da polícia. E logo o PT declarou-se solidário com Lula e denunciou a perseguição que ele estaria sofrendo. Tudo balela para fazer de Lula uma vítima. O Código de Processo Penal (artigos 370 a 372) e o Código de Processo Civil (artigos 234 a 242), tratando de ações penais e civis, nada dispõem a respeito de horário para que uma pessoa seja intimidada. É o que argumenta, e com razão, Vladimir Passos de Freitas, desembargador federal aposentado do TRF da 4ª Região, em artigo publicado no site Consultor Jurídico… O filho de Lula é suspeito de ter cometido um crime contra a União. A Polícia Federal é um órgão do Estado, não do governo. Ela não segue a orientação do Ministro da Justiça. Mas ao que a lei determina. Impossível que o ministro não soubesse disso. Ou que ignore que a polícia pode, sim, intimar alguém para depor à noite. Ninguém mais do que Lula deveria estar interessado em esclarecer tudo o que possa alcançá-lo, bem como a seus filhos. Não procede assim. Antes pelo contrário.” 

 

Risco 

 

As negociações entre o PSDB e Célia Rocha podem até não existir, mas os rumores são fortes em Arapiraca. Se de fato ocorrer, será uma rasteira do partido no ex-deputado Rogério Teófilo, ex-aliado da atual prefeita e hoje seu desafeto político. Quem o conhece sabe que ele não aceita isso, de modo algum. 

 

Bicudos 

 

A questão, nessa polêmica em Arapiraca, é que Rogério e Célia se iniciaram juntos na política, num grupo que tinha ainda a saudosa Ceci Cunha. Rogério se queixa de Célia por compromissos não cumpridos, daí se tornarem adversários. Na política, como na vida, é difícil dois ex-amigos fazerem as pazes, efetivamente. 

 

Precedente

A situação é semelhante à que existe entre o ex-governador Téo Vilela e o deputado federal Ronaldo Lessa. Amigos desde a juventude e aliados políticos em várias eleições, eles romperam em janeiro de 2007, quando Téo, que havia sido apoiado por Lessa, seu antecessor, disse ter encontrado um rombo de R$ 400 milhões.

Outra ala

Ronaldo Medeiros, além de líder do PT na ALE é líder do governo e vice-presidente da instituição – assumindo no momento a presidência, pela licença do deputado Luiz Dantas. O governo, no caso do AL Previdência, fechou questão com as mudanças. Medeiros, mesmo PT, nesse caso ficou do lado oposto aos sindicalistas.

 

Surpresa

A dificuldade das lideranças sindicais na relação com a Assembleia ficou evidente quando da votação das mudanças no AL Previdência, que o governo impôs à bancada. Os representantes dos servidores, quem diria, tiveram nos deputados Rodrigo Cunha e Bruno Toledo, ambos do PSDB, a maior receptividade.

Indignação

Atento leitor, colaborador desta “Conjuntura”, envia uma reclamação: “Já faz mais de três meses que jorra água do asfalto no bairro do Pinheiro. Um olho d’água fica perto da Rua Paulo Afonso e o outro próximo da Praça Arnon de Mello. Cadê a prefeitura? Cadê a Casal? Tremendo descaso e sacanagem.”

Cinismo

Do ex-presidente Lula, aquele que nunca sabe de nada: “Sou o presidente que mais visitou a Petrobras. Nunca ninguém me disse que tinha algum corrupto. Essa coisa você só descobre quando a quadrilha cai ou quando alguém denuncia. Quantas coisas acontecem dentro da sua casa com seus filhos que você não sabe?”

 

*José Thomaz Nonô, secretário da Saúde de Maceió, dará entrevista amanhã no programa “Conjuntura”, da TV Mar, canal 25 da NET. Falará sobre o desafio de recuperar a credibilidade do setor mais crucial para a população. Às 9h30m, ao vivo.

*A Orquestra Castro Alves, da Bahia, com 70 integrantes, se apresenta amanhã, às 19 horas, no Teatro Deodoro, iniciando temporada no Nordeste a abrindo a programação dos 105 anos da histórica casa. Ingresso a R$ 10,00. Contato: 3315.5656.

*Amanhã, também às 19 horas, será aberta a 8ª Mostra Cultural do Instituto da Visão, no bairro do Farol, em Maceió. O tema é “Viagem Literária”. Na abertura, coquetel e apresentação do cantor Júlio Uçá. A mostra vai até 20 de novembro.

*O Sistema Alagoano de Museus, da secretaria estadual da Cultura, promove amanhã, 9horas, no IPHAN, em Jaraguá, a palestra “Educação Patrimonial – do conceito à sua aplicabilidade como política nos espaços de memória”, com Greciene Lopes.

*Palestras, mini cursos e apresentação de trabalhos científicos em engenharia estão na programação da Semana de Engenharia, que acontece de hoje a 4ª feira, 11, no Campus do Sertão, da Ufal, em Delmiro Gouveia. O tema: “Multifaces da Engenharia”.

*Visando desenvolver a prática do jiu-jitsu com atividades sócio educativas, lúdicas e competitivas, a Copa Kids Sandro Melo Team reúne hoje crianças e jovens, a partir das 9 horas, no ginásio de esportes do Colégio Agnus Dei.

*Há poucos dias, quando o CRB esteve próximo do G4, ouve dirigente dizendo que o clube não deveria pensar em Série A, pois o risco financeiro é grande. Pergunta-se, pois: pra que disputar, então, a Série B? Só para eventuais vitórias e evitar o rebaixamento?

 

“Eu acho que o FHC tem um problema comigo, que é um problema de soberba. Ele sofre com o meu sucesso.”

Luiz Inácio Lula da Silva

Ex-presidente da República, sobre o seu antecessor