Olívia Cerqueira

5 de novembro de 2015

Gustavo Gomes leva o samba com a marca própria ao Fidel

O cantor e compositor Gustavo Gomes e o grupo Um Bando de Samba ocupam o horário nobre do bar e restaurante Fidel Cozinha Boêmia, a partir das 23h dessa sexta-feira (6). O repertório é de puro batuque, com toda a cadência criativa desse artista que é a grande referência do samba em Maceió e em todo o Estado de Alagoas.

“Como eu sou metido a besta”, diz o músico, “canto um repertório original de sambas inéditos que estou compondo para comemorar em 2016 os cem anos do samba.”

Bem, se o público não conhece as músicas, nem por isso vai deixar de se divertir, de entrar na roda. “O samba, mesmo sendo inédito, tem aquela energia positiva, a cadência que vai levando todo mundo, mesmo que a pessoa não conheça a letra. O ritmo é que leva ao êxtase. Tem aquelas mulheres que dançam muito quando ouve o samba, mas tem também o cara, que é mais comportado e que balança nem que seja o dedinho. Fica ali no canto, acompanhando a cadência, batendo com o dedinho no mesa.”

Esse é o Gustavo Gomes – e você já sabe que é difícil resistir, ainda mais quando a coisa toda é feita com tanta vibração. “A cadência conquista”, diz o sambista.

Então o show é assim: de início, Gomes chega com Um Bando de Samba fazendo o repertório próprio, inédito, de 12 músicas. Depois entra o que ele chama de “regional”. “A banda faz essa parte instrumental, que é chorinho. São músicos jovens, mas excelentes.”

Numa segunda parte, entra em cena a mulher do artista, Rosa Prebes, revezando-se com outra cantora, também parceira veterana desse bando de sambistas: Mel Nascimento. “Elas fazem quatro, seis músicas cada uma e em seguida eu retorno, tocando até as 2h30 da madrugada.”

Está bom para você? Aproveite que é noite de sexta-feira e não se intimide, pois o espaço do Fidel é convidativo e a cozinha uma das melhores da cidade. No horário boêmio das atrações musicais – que se inicia às 20h30, com a abertura sendo feita pelo cantor e violonista Itamar Orla – ou durante o dia a partir das 11h30, de terça-feira a domingo, o bar e restaurante localizado no bairro central do Prado oferece uma das gastronomias mais saborosas desse paraíso gastronômico que é Maceió.

Como músico metido a besta que ele diz ser, Gustavo Gomes avisa que está compondo uma série de sambas e quer chegar ao número cem até novembro de 2016, quando se comemora o centenário desse ritmo musical que é, por último, sinônimo de uma identidade cultural brasileira.

“Comecei esse projeto em 2012 e já lançamos dois CDs. No primeiro eu canto, acompanhado do Bando de Samba. O segundo vem com a mesma banda, mas com Mel Nascimento cantando as minhas composições. O terceiro e o quarto já estão a caminho”, diz o artista, que pretende, com esse ambicioso e bem vindo projeto, fechar até o final do ano que vem uma coletânea de dez álbuns, cada um com dez faixas.

Quer mais? Vai ao Fidel nessa sexta. Imperdível.

Gustavo Gomes e Um Bando de Samba – Participam Mel Nascimento e Rosa Prebes. A partir das 23h. Abertura com Itamar Orla às 20h30. Couvert: R$ 8.

FIDEL COZINHA BOÊMIA –. Aceita todos os cartões. Aberto até o último cliente.