Flávio Gomes

4 de novembro de 2015

Crise não chegou ao Planalto

Do jornalista Jorge Oliveira: “… As viagens da Dilma para o exterior são infrutíferas, não trazem benefícios ao país. Servem apenas para ela fugir da crise e gastar R$ 2 milhões por ano apenas com comida a bordo do avião presidencial. O jornalista José Casado, do Globo, fez um levantamento minucioso dos gastos da estrutura presidencial e chegou a números espantosos. Foram R$ 9,3 bilhões no ano passado para sustentar a entourage que gira em torno dela com alimentação, vestuário, viagens aéreas, servidores, jardinagem, deslocamentos internos e externos, carros, combustíveis, cartões corporativos, vigilância privada e órgãos à sua disposição. Essa despesa astronômica em um país em crise mostra que a reforma ministerial da Dilma é pura balela. Como foi também para inglês ver o corte de 10% nos salários dos ministros. Não se conhece até hoje nenhum resultado positivo para a economia do país advinda das viagens da Dilma… Veja aqui apenas um aperitivo do que apurou José Casado para sustentar a sua matéria no Globo: ‘Ano passado, as despesas do núcleo administrativo diretamente vinculado a Dilma somaram R$ 747,6 milhões. Pouco mais da metade disso (R$ 390,3 milhões) foi usado para pagar assessoria e serviços prestados à presidente nos palácios onde trabalha e reside e durante as viagens. Dilma já custa para os brasileiros praticamente o dobro do que a rainha Elizabeth II e a família real para os súditos britânicos’.”

 

Desmentido

 

Claudionor Araújo, secretário-geral do PSDB/AL, desmentiu, em nota, comentários sobre negociações no partido para apoiar a reeleição da prefeita Célia Rocha, no próximo ano. “Não sei de onde surgiram essas especulações e nem a que fim elas devem servir. Mas certamente não servem ao PSDB”, afirmou. 

 

Raridade

 

Muitos políticos defendem o setor sucroalcooleiro, porém poucos têm uma atitude prática em favor desse segmento. Exceção: o deputado federal João Henrique Caldas (PSB/AL) anunciou que apresentou projeto compensando a subvenção da cana para os produtores do Nordeste com débitos tributários com a receita federal.

 

Pesado

 

O desembargador Fábio Bittencourt foi contundente ao dizer que Fernando Toledo não preenche requisitos para ser conselheiro do Tribunal de Contas, por conta de ações por improbidade administrativa: “A reputação de Fernando Ribeiro Toledo não é ilibada, uma vez que há fortes e concretas dúvidas sobre a sua idoneidade moral”. 

 

Agenda

 

O prefeito Rui Palmeira participa hoje do ato de assinatura do “Termo de Cooperação do Projeto Praia Viva”, às 9 horas, na sede da Prefeitura de Maceió, na Pajuçara. É uma ação em parceria entre a Secretaria Municipal de Turismo, Sebrae/Alagoas e Desenvolve – a agência de fomento do Governo do Estado.

 

Alternativa

Heloísa Helena (Rede) usou as redes sociais para avaliar projeto da colega Silvânia Barbosa (PPS), propondo redução de 50% dos salários dos vereadores de Maceió: “Para economizar mesmo a partir de agora a solução concreta é acabar com a tal verba de gabinete, que consome o dobro dos salários”.

Rapinagem

No Dia de Finados um cidadão foi visitar o túmulo da família no Cemitério Nossa Senhora da Piedade e levou susto: a peça em bronze com o nome do seu pai fora roubada. O susto se transformou em indignação ao saber, de uma funcionária, que o caso não é único e que ali não há vigilância da Guarda Municipal.

Opinião

Marcelo Madureira: “Deus é brasileiro? Eu mesmo me respondo: não tem a menor chance. Se Deus fosse brasileiro, a criação do universo ainda estaria inconclusa, paralisada pó falta de verbas. E mais: se Deus fosse brasileiro, mesmo sendo onipresente, onisciente e onipotente continuaria jurando de pés juntos que não sabia de nada.”

 

*A Associação Comercial de Maceió lança hoje, às 8 horas, em sua sede, a campanha “Natal Premiado” 2015. A campanha vai até o dia 12 de janeiro de 2016. Cada R$ 50,00 em compras dá direito a um cupom para concorrer aos prêmios.

*Acontece, de hoje até 6ª feira, a Semana do Economista 2015. O tema é “Novos desafios para o desenvolvimento alagoano”. Sempre a partir das 9 horas, no auditório da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Ufal.

*O artesanato alagoano participa, de hoje a domingo, do 8º Salão do Artesanato, no Pavilhão Expobrasília, Distrito Federal. Estarão expostas peças produzidas no Pontal da Barra (Maceió) e nos municípios de Boca da Mata e Penedo.

 

* O projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato” recebe hoje o “O Diário de Anne Frank”, com dramaturgia e direção de Mauro Braga, do Grupo Cena Livre. Às 19h30m, no Teatro Deodoro. Ingresso a R$ 10,00. Contato: 999126291.

*Continua, até sábado, o Festival de Cinema Universitário de Alagoas, com atividades de manhã, à tarde e à noite, no Centro Histórico de Penedo e no Theatro Sete de Setembro. Programação: www.evento.ufal.br/cinema. Contato: 98849.8131.

*O Núcleo de Estudos do Seminário Alagoano, da Unidade Ufal de Palmeira dos Índios, promove, de hoje até 6ª feira, o “5º Fala Negro: Imagem e Cotidiano”, no Campus Ufal Arapiraca. Mais informações: falanegro.pet@gmail.com.

*Um grupo de filiados à Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas se reúne hoje para manifestar apoio à reeleição de Jorge Lins à presidência da entidade. Às 18 horas, no Sindicato dos Radialistas, na Barão de Jaraguá, 261, em Jaraguá.

 

“O Brasil está em liquidação”

Abílio Diniz

Empresário brasileiro, sobre a economia do país, em palestra em New York