Roberto Baia

1 de novembro de 2015

“Girafa virada”

O empresário Adoniran Guerra, pré-candidato a prefeito de Arapiraca, colocou em sua página no facebook uma fotografia onde aparece ao lado de Rogério Teófilo, Aurélia Fernandes e Ricardo Barreto.

Na íntegra, o texto escrito por Guerra: “Esse grupo junto será sem dúvida o começo de uma nova e necessária mudança na vida política de Arapiraca. Unidos a outros que chegam com uma intensidade impressionante, faremos uma verdadeira mudança nas políticas públicas e trato com as pessoas. Afinal, respeito aos compromissos com nossa sociedade é o mínimo que se espera dos nossos governantes.

Avante Arapiraca, que a girafa virada tá começando !!!!

 

Uma cidade para negócios

A informação é da Agenda TNH1:A consultoria Urban Systems divulgou na revista Exame a lista das 100 melhores cidades do país para fazer negócios.

No ranking específico de desenvolvimento econômico, que leva em conta dados cruzados do mercado via o Índice de Qualidade Mercadológica (IQM), Arapiraca foi destaque na lista ao ocupar a 36ª posição do país (oitava no Nordeste), com IQM considerado alto.

 

Ranking geral

Já no ranking geral, que leva em consideração 28 indicadores econômicos, sociais e de infraestrutura, nenhuma cidade de Alagoas apareceu na lista – assim como ficaram de fora capitais do Nordeste como Salvador, Fortaleza e São Luís.

Apenas oito cidades do Nordeste foram listadas este ano no ranking geral das 100 melhores para fazer negócios: Recife (PE, em 32º), Aracaju (SE, em 42º), João Pessoa (PB, em 59º), Camaçari (BA, em 69º), Lauro de Freitas (BA, em 75º), Natal (RN, em 86º), Maracanaú (CE, em 89º) e Teresina (PI, em 93º)

 

Alto Sertão

A Agência da Previdência Social em Santana do Ipanema realiza no dia 4 de novembro o 3° Seminário sobre “O Serviço Social da Previdência Social e a importância da rede socioassistencial na consolidação do Benefício de Prestação Continuada – BPC”, no auditório da agência, na Rua Clemência Pereira de Queiroz, s/n, das 8 às 12 horas.

 

 Público alvo

O evento tem como público os assistentes sociais, coordenadores pedagógicos das secretarias municipais de Educação, coordenadores dos agentes comunitários de Saúde e dos municípios jurisdicionados àquela agência e as de Ouro Branco, São José da Tapera e Pão de Açúcar, além dos coordenadores dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

 

Resíduos laboratoriais

Um projeto sobre resíduos laboratoriais da Escola Estadual Muniz Falcão, de Cacimbinhas, foi presentado esta semana em uma das principais mostras científicas do Brasil e da América Latina, a Mostratec, que aconteceu em Novo Hamburgo (RS),

 

 Pesquisa

Desenvolvida pelos estudantes Ketlen Monique da Conceição e Uillas da Silva Onofre, sob a orientação do professor Jenivaldo Lisboa de Araújo, a pesquisa trabalhou com um sistema de gerenciamento que trata dos resíduos e reaproveita compostos químicos.

 

Semiárido

Pesquisadores, técnicos, estudantes e professores do Brasil e do exterior deram início na última quinta-feira (29) aos debates do II Seminário Internacional de Convivência com o Semiárido, realizado, com o apoio do Governo do Estado, nas instalações do Centro Xingó, em Piranhas, Sertão alagoano.

A cerimônia de abertura foi conduzida pelo secretário da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Álvaro Vasconcelos, que representou o governador Renan Filho.

 

Auxílio às populações

Administrado por um comitê do qual fazem parte o Governo do Estado e Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (Iabs), entidade responsável por sua gestão técnica e operacional, o Centro Xingó reúne as demandas brasileiras para uma rede mundial de cooperação voltada para o auxílio às populações do semiárido em vários países. Segundo o presidente do Iabs, Luiz Tadeu Assad, o seminário pretende colocar a convivência com o semiárido na pauta da sociedade civil, universidades, governos estadual e federal e instituições internacionais.

 

Visibilidade

“Queremos mostrar que quem vive em condições de aridez ou semiaridez, não só no Brasil, mas em várias regiões do mundo, pode ter uma qualidade de vida e desenvolvimento sustentável. Temos uma expectativa muito grande com relação a esse debate. É a nossa contribuição para o avanço sobre esse tema e uma forma de dar visibilidade e consolidar essa estrutura física do Centro Xingó como uma base aberta a essa discussão”, disse Assad.

 

Referência

Antes da cerimônia de abertura, alguns participantes, dirigentes do Centro Xingó e autoridades presentes percorreram as instalações do núcleo, que é referência internacional no desenvolvimento de tecnologias sociais voltadas ao trabalhador rural que convive com o clima semiárido. Na oportunidade, o secretário da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, inaugurou simbolicamente a placa de energia solar que alimenta uma das bombas hidráulicas instaladas no local.

 

… O amor e suas nuances estarão presentes no palco do Teatro Jofre Soares. É que a peça “Beija-me como nos livros”, da companhia de teatro carioca Os “Dezequilibrados”, será apresentada nos dias 04 e 05 de novembro, às 20h, na Unidade Sesc Centro.

 

… O espetáculo procura retratar o relacionamento amoroso e o seu desenvolvimento ao longo dos tempos, e tem como premissa pensar no amor não como algo biológico e inerente à natureza humana, conforme costuma ser visto, mas como mais uma invenção do ser humano, sujeita a constantes alterações ao sabor das mudanças na política, na religião e na economia.

 

… Para estruturar a peça, a companhia selecionou quatro mitos amorosos que, em alguma medida, representam a forma de amar praticada em cada um dos quatro momentos históricos abordados e também os locais em que essas épocas foram mais expressivas: “Tristão e Isolda”, simbolizando o período medieval inglês, “Romeu e Julieta”, o renascimento italiano, “Dom Juan”, o iluminismo francês, e “Werther”, o romantismo alemão.