Flávio Gomes

31 de outubro de 2015

Luz amarela

De José Murilo de Carvalho, “O Globo”: “Era consenso entre os analistas que a crise política brasileira atual trazia uma característica positiva: o silêncio das Forças Armadas. De fato, a ausência de manifestações de chefes militares da ativa era garantia de que não haveria abalos constitucionais. Poderia haver até impeachment da presidente, mas não golpe. Impeachment, como o de Collor, é, por definição, medida legal prevista na Constituição. Para haver golpe, seria necessário que interviesse força extra constitucional que só poderia vir das Forças Armadas. A marca positiva já não existe desde 25 de agosto deste ano, Dia do Soldado. Nesse dia, o general de exército Mourão, comandante do Comando Militar do Sul, complementou o texto da ordem do dia do comandante do Exército, general Enzo Peri, declarando, diante da tropa, em Porto Alegre, que ainda tínhamos muitos inimigos internos, mas que eles se enganavam achando que os militares estavam desprevenidos. E desafiou: “Eles que venham!”… E o general ainda tinha que ter o mesmo nome daquele outro que, em 31 de março de 1964, colocou suas tropas nas ruas, em Juiz de Fora, deslanchando o golpe civil-militar de 1964. Está acesa a luz amarela.”

Conforto

Está no Diário Oficial: o Governo de Alagoas vai pagar à Sotan – Sociedade de Táxi Aéreo do Nordeste Ltda o valor de R$ 2.271 milhões, em parcelas mensais de R$ 378.500,00 mil, pelo aluguel de um jatinho executivo. O avião ficará à disposição do governador Renan Filho. Negócio emergencial, com dispensa de licitação.

Por outro lado…

A necessidade de fazer caixa, em virtude de alegada queda de arrecadação, é o argumento principal usado pelo setor financeiro do Governo de Alagoas para implantar o Profis – Programa de Recuperação Fiscal. Com isso, os débitos referentes ao ICMS poderão ser parcelados em 120 meses, até 30 de novembro.

Satisfação 

Circula nas redes sociais mensagem do advogado Marcelo Malta aos colegas Fernando Falcão e Luciano Almeida, que lideram a Chapa 3 na disputa pela direção da OAB/AL. No texto, Marcelo, ex-vereador por Maceió, diz que seu PC do B apoiará a chapa de Fernanda Marinella, “por razões meramente políticas, conjunturais”.

De certeza, a Universidade Federal de Alagoas terá novamente uma mulher como reitora. É que Rachel Rocha e Valéria Correia irão disputar o 2º turno da eleição, na 5ª feira, 5. Foram reitoras da Ufal as professoras Delza Gitaí e Ana Dayse Dórea. Rachel e Valéria disputam os votos dos eleitores de Márcio Barboza, que concorreu no 1o turno.

 

Sugestão

A prefeitura iniciou a reforma da Praça Afrânio Jorge, no Prado, a chamada “Praça da Faculdade”, um dos logradouros mais tradicionais de Maceió. Poderia fazer o mesmo, com muito menos custo, por ser menor, com a também tradicional Praça Rayol, em Jaraguá. Que oficialmente leva o nome do ilustre conterrâneo Arthur Ramos.

Teoria e prática

São louváveis iniciativas como o “Outubro Rosa”, em que durante um mês inteiro busca-se, através de ações de ampla divulgação, despertar para a necessidade de prevenção do câncer de mama. Só que a realidade do cotidiano não tem nada de rosa: a saúde pública é péssima para acolher carentes que precisam desse serviço.

Opinião

De Jarbas Vasconcelos, deputado federal do PMDB/PE, sobre o presidente da Câmara: “Eduardo Cunha é um psicopata. Está apodrecendo aqui dentro e daqui a pouco vai começar a feder. Ele não tem a menor legitimidade para continuar no cargo, muito menos colocar em curso processo de impeachment contra a presidente Dilma.”

 

*O governo Lula incentivou ao máximo o crédito consignado. O governo Dilma anuncia um aumento das taxas de juros desse tipo de crédito (com desconto na folha de pagamento) de aposentados e pensionistas do INSS. Os banqueiros agradecem a nova gentileza.

* O Sistema Coletivo Antigo do Agreste será paralisado por 72 horas a partir da próxima 3ª feira, 3, para que sejam realizadas melhorias nas adutoras e na estação de tratamento de água. A paralisação começa às 4 horas do dia 3 e segue até o mesmo horário do dia 6.

*Hoje e amanhã o Espaço Cultural da Universidade Federal de Alagoas receberá a oficina de Som Direto, ministrada por Tide Borges, profissional especializada. A atividade ocorrerá das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas, totalizando uma carga horária de 12 horas.

* Flávio Morgenstern, autor de “Por Trás da Máscara”, da Editora Record estará em Maceió hoje para lançar sua obra e debatê-la com o público. O livro aborda as manifestações de rua ocorridas em 2013 no Brasil. Às 114 horas, no Edifício The Square, Avenida Amélia Rosa.

*A Fapeal será anfitriã, em 12 e 13 de novembro, em Maceió, de reunião ordinária do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa. O evento integra o programa de comemorações dos 25 anos da Fapeal, com ações durante três meses.

*Estão abertas as inscrições da 11ª Semana de Química da Ufal. Tema: “A química e a biotecnologia a serviço do desenvolvimento técnico-científico. De 24 a 27 de novembro,no Instituto de Química e Biotecnologia. Contato: semanaq@gmail.com.

*Se ganhar do Paysandu, em Belém do Pará, já era tarefa difícil para o CRB, a situação piorou com os desfalques de alguns jogadores e a morte da esposa do goleiro Júlio César. A partida de hoje está marcada para as 16h30m, horário de Alagoas.

 

“Recessão; inflação de quase 10%; taxa de desemprego de 7,6%; juros do cheque especial de 253% ao ano.”

Ricardo Noblat

Jornalista, enumerando o que considera herança maldita do governo Dilma Rousseff