Flávio Gomes

28 de outubro de 2015

Desconfiança injustificada

De Josias de Sousa, em seu blog: “… Nas últimas semanas, a família Lula da Silva ganhou lugar cativo nas manchetes policiais. Sob suspeita de traficar influência em benefício da Odebrecht, Lula viu-se constrangido a prestar depoimento à Procuradoria da República. O STF deu carta branca a um delegado federal para interrogar Lula na Lava Jato. Um delator disse ter repassado verba suja à nora de Lula. Outro declarou ter quitado com verbas roubadas da Petrobras uma dívida milionária da campanha Lula-2006. Na véspera do seu aniversário, Lula desconfiava da própria sombra. E de Dilma Rousseff, que muitos acreditam ser a mesma coisa. Em privado, o criador deu asas à suspeita de que a criatura estivesse por trás da varredura da Polícia Federal na firma do seu caçula. Foi preciso que o ministro Jaques Wagner (Casa Civil) entrasse em cena para evitar uma crise maior entre Lula e Dilma. A desconfiança de Lula é pueril. O pedido de busca e apreensão na firma Luiz Cláudio Lula da Silva foi feito pelo Ministério Público Federal. A ordem foi expedida por uma juíza federal que, em seu despacho, endossou a avaliação segundo a qual é ‘muito suspeito’ que a firma do filho de Lula tenha recebido R$ 1,5 milhão de um escritório de lobby suspeito de comprar medida provisória feita sob medida para uma montadora de automóveis…”

Propósito

Renan Filho, festejando a redução de homicídios pelo 10º mês seguido: “Para dar continuidade à redução é preciso manter a autoestima dos profissionais da segurança elevada, porque a cada mês a Segurança Pública precisa se reinventar, precisa buscar um caminho novo para continuar reduzindo os índices de violência em Alagoas”.

Pra quê?

Anteontem, quando da posse do Conselho de Segurança Pública, um homem ficou todo o tempo à porta do Salão Acquatune, do Palácio República dos Palmares. De calça jeans e camisa polo, chamava atenção por portar uma arma na cintura, por fora da camisa, aparentando ser segurança. Uma postura totalmente inadequada.

Embaralhou

As eleições em Mata Grande caminhavam para uma disputa entre os grupos do ex-prefeito Hélio Brandão e do prefeito de Canapi, ex-deputado Celso Luiz. Os dois ex- aliados já haviam indicado os seus candidatos. Mas surgiu um terceiro nome, que vem recebendo muitas adesões: o de Jean Gomes, gerente do Banco do Brasil.

Agenda

Maceió sedia, de hoje a 6ª feira, 30, o Fórum dos Secretários e Gestores de Cultura das Capitais e Regiões Metropolitanas, no Hotel Jatiúca, com participação de representantes de todas as regiões brasileiras. Um dos temas previstos na programação é o Programa Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, do Ministério da Cultura.

Baixaria

Fernando Falcão, candidato da Chapa 2 à OAB/AL, reclamou, pelas redes sociais, que foi ofendido por partidários da Chapa 1, durante entrevista na Rádio Globo/Alagoas: “Fui atacado covardemente com agressões a meu pai” (ex-prefeito Djalma Falcão). Fernanda Marinela e Ednaldo Maiorano, da Chapa 1, negaram a acusação.

Diferente

A Chapa 3 na disputa pela OAB/AL, encabeçada por Roberto Mendes Filho e Vagner Paes, inaugura hoje, 19 horas, o espaço “Muda, OAB”, na Rua Jangadeiros Alagoanos, Pajuçara. Ao invés de festa, haverá debate sobre a conjuntura nacional, com participação do deputado Rodrigo Cunha (PSDB) e do ex-deputado Judson Cabral (PT).

Abav/AL

Carlos Palmeira, diretor da System Tour, voltou à presidência da Associação Brasileira das Agências de Viagem de Alagoas, para novo mandato de dois anos. Seu antecessor, Afrânio Lages Filho, agora é o vice-presidente administrativo. Carlos Palmeira anuncia que pretende promover uma maior participação das agências.

Setentão

O ex-presidente Lula completou ontem 70 anos. Evitou festas, por conta de episódios pouco republicanos que o envolvem. Mas recebeu algumas mensagens. Como a de Chico Buarque: “Bem-vindo aos setentinha. Receba minha solidariedade, não só pelos setenta anos, mas por tudo que você vem enfrentando. Estou com você, como sempre.”

 

*O Governo de Alagoas transferiu o feriado do Dia do Servidor, comemorado nesta 4ª feira, 28, para 6a, 30, seguindo órgãos públicos de todo o Brasil. Criou-se um feriadão, pois 2ª feira,2, é Dia de Finados e os órgãos públicos só voltam a funcionar na 3ªfeira, 3.

*A Chapa 3 que participa da disputa pela OAB/AL, encabeçada por Roberto Mendes Filho, presidente, e Vagner Paes, vice, inaugura hoje, 19 horas, o espaço “Muda, OAB”, na Rua Jangadeiros Alagoanos, Pajuçara. A eleição da OAB/AL será em 18 de novembro.

* De acordo com a Comissão Central Eleitoral, que coordena a eleição para escolha do novo reitor da Ufal, a apuração dos votos começa hoje, 9 horas, no auditório do Centro de Interesse Comunitário. A votação foi ontem, com três candidatos.

*O Ministério da Saúde, em parceria com o Hospital Sírio Libanês, oferece a servidores da secretaria estadual da Saúde dois cursos de especialização, com 40 vagas: Gestão de Vigilância Sanitária e Gestão do Risco e Segurança no cuidado ao Paciente.

* Sesc promove hoje e amanhã, em Arapiraca, a Mostra Oficial de Animação, com curtas-metragens de desenhos animados. Hoje, às 19h30m, na Praça Luiz Pereira Lima; amanhã, às 10 horas, no Sesc local. Aberto ao público. Contato: 3482.2400.

*A cantora Kel Monalisa apresenta hoje o show “Do Meu Jeito”, com músicas próprias e de autores nacionais, como parte da programação do projeto “Teatro Deodoro é o Maior Barato”. No Teatro Deodoro, às 19h30m. Ingresso a R$ 10,00.

*Quem acompanhou as comemorações dos 45 anos do Estádio Rei Pelé, no último final de semana, observou que as bandeiras de Alagoas e do Brasil estavam a meio pau. Não tinha nada a ver com o evento. É que os cordões se estragaram e ficaram curtos.

 

“Não é possível aceitar uma análise rasa, em que os investimentos sociais são vistos como passíveis de tesouradas”

 Humberto Costa

 Líder do PT no Senado, sobre a proposta de corte de R$ 10 bilhões no Bolsa Família