20 de outubro de 2015

O ser humano e a indisciplina.

O carro vai à sua frente na rua ou na estrada. Automóvel possante ou não. Novo ou não. De repente: o vidro do motorista ou de um carona é baixado e… surge uma lata de refrigerante ou um papel e vai para o chão. Todos sabem que poluição será mais cedo ou mais tarde contra os poluidores, porém ir contra o correto faz parte.

A maioria de nós mora em prédio de apartamento. O lixo gerado em cada unidade habitacional deverá ser recolhido pelo serviçal em determinado horário ou levado ao subsolo para o local devido pelo seu produtor. Não é bem assim. O que fazem alguns: colocam o lixo seco ou úmido no hall da escada, atrás da porta corta fogo! Tudo incorreto, porém vá reclamar. O lixo gerará presença de mosquito, mosca, barata e até rato. Caso haja fiscalização pelo corpo de bombeiros será lavrada multa.

As ruas, principalmente as transversais ou de menor movimento, como todas tem sinal para definir o fluxo. Se em mão única ou dupla. Mão numa determinada direção. Assim como se pode ou não ter estacionamento a direita ou esquerda. O que acontece, principalmente em Maceió: placas de sinalização são objetos invisíveis ou para serem desrespeitados. Tudo é possível. E os acidentes se não ocorrem por obra e graça do espirito santo! Uma dessas placas é a que indica que não pode ser convertida a esquerda em cruzamentos como na avenida deputado José Lages. Ônibus, taxis, carros pequenos, grandes, possantes ou não desrespeitam acintosamente.

Faixa de pedestre. Se na orla da ponta verde. Todos os carros param, porém em outros locais e bairros não. Será porque na orla tem mais turista? A nossa educação só é para os de fora? Para os de casa não serve! Uma delas no final da orla de jatiúca chegando ao posto sete ninguém quer parar.

Todos os carros possuem um item obrigatório: pisca-pisca, sinaleira, sinal de mudança de direção. Sabe quando este objeto é usado em Maceió? Quando a única direção é para a direita. Ou quando a única direção é para a esquerda. Aí então se liga a seta indicativa de direção. Não senhores condutores. A seta indicativa deve ser usada se vai sair do local estacionado, se vai mudar de faixa, se vai entrar na residência, se vai ultrapassar um auto que está à frente, etc. Para que o motorista que vem logo atrás e não é adivinho, saiba o que o condutor da frente vai realizar.

Chego a uma simples constatação: falta a educação de base. A educação caseira. Falta também a educação da escola para complementar a primeira. Falta o respeito pelo próximo. Pelo outro que está ao seu lado. Ou seja, todos querem ter direito, porém dever não. A máxima se aplica: o seu direito termina quando o do outro começa!