Edmilson Teixeira

14 de outubro de 2015

Pilar

Aos poucos o Hospital Nossa Senhora de Lourdes  começa a funcionar, graças a participação da Prefeitura que chegou em tempo hábil, a fim de colocar a Casa em atividade. O órgão que é uma entidade filantrópica atravessa sua pior crise financeira, sobretudo pela falta de repasse integral do governo alagoano, seu maior parceiro. Humildemente esta semana, a provedora do Hospital, dona Maria Lucinez Cavalcante, mandou um ofício para o prefeito Carlos Alberto Canuto, agradecendo seu empenho, sobretudo na preocupação de não deixar o Hospital que também funciona como Maternidade fechar suas portas. “Esperamos que logo em breve a nossa Casa volte a funcionar na sua integridade”, disse Lucinez.     

Lançamento

Nesta quarta-feira, em Maceió, a partir da 9h, representantes de todas as controladorias dos municípios alagoanos prometem estar no Hotel Ritz Lagoa da Anta. Isso por conta do lançamento da Rede de Controladorias do Estado, órgão que visa socializar informações, compartilhar conhecimento e unificar a metodologia de trabalho na área de controle interno. O evento faz parte de uma ação da Controladoria Geral do Estado junto a AMA e o Tribunal de Contas –TCE-. Presença garantida do ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, que vai lançar o livro “Governança no Setor Público” e ministrar palestra sobre o assunto.

Porto Calvo

Semana que passou representantes da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), comandaram um Dia de Campo no município de Porto Calvo. O evento foi motivado pela  primeira colheita de soja ocorrido na Fazenda Surubana, pertencente ao prefeito Ormindo Uchôa, com uma área de 40,7 hectares. A fazenda passou a ser a segunda propriedade alagoana a comercializar a colheita de soja, de volume ainda não calculado, para fora do Brasil. A outra fica em Teotônio Vilela.

Alternativa

Em setembro deste ano, produtores rurais de Alagoas conheceram os primeiros resultados dos estudos realizados pela Seagri, em parceria com a Embrapa, sobre as variedades mais indicadas para plantio de milho e soja no Estado. Dentro do Programa Estadual de Incentivo à Produção de Grãos, as duas culturas foram apontadas como melhores alternativas para diversificação da produção no contexto da crise do setor sucroenergético.

Encontro

Amanhã no Centro de Convenções de Maceió, prefeitos alagoanos vão ter a oportunidade de prestigiar um grande evento focado na atual crise econômica do país. A meta, segundo o Sebrae/AL, órgão organizador do encontro é apresentar mecanismos que possam ajudar as Prefeituras a encontrar alternativas para driblar a fase. O encontro vai das 14h:30 até às 19h, como parte da programação da VII edição da Feira do Empreendedor 2015.

Encontro- pauta

Os gestores participarão de painéis com os temas: A crise pode ser uma oportunidade para os municípios diminuírem as desigualdades regionais; Flexibilidade jurídica para a concessão de incentivos fiscais em tempos de recessão econômica – momento de crise é momento de oportunidade; Estratégias para a promoção do empreendedorismo local – experiência de estreito/MA; e Prospecção de oportunidades de negócios nos municípios alagoanos.  

Outros

Também serão discutidos no encontro a importância dos micro e pequenos negócios para os municípios, a adesão e implementação da Lei Geral como estratégia para o desenvolvimento territorial e econômico, entre outros assuntos relacionados à administração municipal.

Penedo

O IFAL de Penedo encerra nesta quarta-feira, gratuitamente as inscrições para o processo seletivo simplificado que visa a contratação de professor temporário para atuar no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – Mulheres Mil – no município de Igreja Nova. Os classificados irão atuar como bolsista no cargo de professor de Formação Inicial e Continuada e Técnico concomitante do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – bolsa formação/mulheres mil.  

Palmeira dos Índios

Quem colocou um livro na praça foi o radialista  Antônio Oliveira, narrador esportivo das rádios, Sampaio AM e Difusora  de Alagoas. O livro traz em seu conteúdo, cujo  título é “Histórias de um narrador esportivo”, a sua trajetória  profissional, sobretudo  de sua experiência como presidente da Liga de Futebol Amador de Palmeira dos Índios e do CSE, além de sua participação em Copas do Mundo, como a da França em 1998 e Alemanha em 2006.

Palmeira – eterno

“A publicação de um livro é interessante porque ele eterniza os acontecimentos levando-os ao conhecimento de gerações. Agradeço a todos pelo apoio, principalmente aqueles que participaram comigo desta conquista, que não é só minha, mas daqueles que estão citados neste livro e que fazem parte da minha história de narrador esportivo”, disse o escritor. O livro que custa R$30,00 poderá ser adquirido pela internet, através do telefone (82) 9-9984-1281 ou por meio do e-mail oliveiravozdeouro@hotmail.com .

Tanque d’Arca

Sobre o prefeito Roney Valença, na sexta-feira o desembargador Pedro Augusto Mendonça manteve a decisão de 1º grau que determinou seu afastamento e a indisponibilidade de bens em ação de improbidade administrativa. A ação foi motivada devido às inconsistências na contratação de serviços pelo então prefeito. Simplesmente o MPE/AL, constatou a realização de pagamentos irregulares em obras de engenharia necessárias para a construção de uma creche e uma quadra coberta. A suposta fraude teria causado um prejuízo de R$ 133 mil aos cofres do município.

Tanque d’Arca – prova

No recurso, o prefeito Roney pediu a suspensão da decisão que determinou o seu afastamento do cargo público e da indisponibilidade de seus bens, no valor de R$ 133.985,08. O desembargador Pedro Augusto entendeu que a medida judicial para lhe afastar e determinar o bloqueio de seus bens revela-se necessária para garantir a imparcialidade do período de produção de prova.