Edmilson Teixeira

10 de outubro de 2015

São Luís de Quitunde

Moradores do município lamentam a triste situação vivenciada pela administração pública nesses últimos anos. Prefeitura mergulhada em dívidas e sem crédito na praça, servidores com salários atrasados, constantes mudanças de prefeitos e tantas outras broncas a serem resolvidas. Tudo isso têm ocasionado uma verdadeira estagnação na máquina administrativa. Em resumo; podemos dizer que São Luís hoje está abandonado, sem perspectiva alguma de uma recuperação em médio prazo.  

Cacimbinhas – eleição

Vereador e presidente da UVEAL, Hugo Wanderley tem procurado toda uma estratégia, a fim de manter a Prefeitura de Cacimbinhas nas mãos da família. O garoto que é filho do famoso cardiologista José Wanderley, o que foi vice-governador de Téo, está em plena campanha, para suceder o tio, Roberto, que vem de dois mandatos seguidos. Filiado ao PMDB, Hugo conta com o amplo aval do senador Renan Calheiros.

Cacimbinhas – 2012

Com uma administração acanhada, sobretudo pelas dificuldades financeiras que tem passado a Prefeitura nesse período de crise nacional, o prefeito Roberto Wanderley tem deixado muito a desejar no comando municipal. Para se reeleger em 2012, o veterano Roberto passou arrastado pelo Dr. Jorge; seu adversário que perdeu por uma diferença de apenas 25 votos, cuja eleição foi tida como a mais acirrada de Alagoas naquele ano.   

Estrela de Alagoas

A oposição de Estrela de Alagoas tende a ficar fragilizada no ano que vem. Isso porque  Geralda Ferro, hoje no PMDB do senador Renan Calheiros, está sendo sondada, a fim de se atrelar  na formação de uma chapa ao prefeito Arlindo Garrote. Os dois se enfrentaram na eleição passada, quando Garrote venceu o pleito com uma diferença de 254 votos. Segundo o jornalista, Berg que faz assessoria da Prefeitura, toda uma articulação vem sendo feita com a alta cúpula do PMDB em AL, no sentido de selar esse casamento politico.   

Barra de Santo Antônio

Prefeito Rogério Farias vem sofrendo o pão que o diabo amaçou no comando da Prefeitura. A situação crítica econômica do país, desestabilizou as finanças  do município, provocando  atraso  salarial de muitas categorias. “Mesmo demitindo muitos cargos de comissão no início do ano e reduzindo algumas secretarias, além de outros cortes, a situação continua difícil para assegurar a máquina funcionando”, disse.  Garantiu que todo um esforço vem sendo feito, no sentido de equacionar todo esse problema até o final do ano, com possiblidades de pagar até o 13º salário dos servidores.   

Capela

Mesmo com a crise brasileira, Capela vem tocando obra como pode. Esta semana, por exemplo,  o prefeito Eustaquinho Moreira acompanhou vários trabalhos de urbanização nos pobres bairros do Caboge e São Sebastião.  Tais como: colocação de postes e energia elétrica, construção de casas e nova tubulação de rede de esgoto e UBS, além de outros serviços de drenagem e pavimentação que seguem em andamento no município. Espera tão logo contar com a liberação de recursos via emendas parlamentares, a fim de continuar garantindo melhorias na cidade, aliadas a geração de emprego e renda.      

  

Maribondo – festa

Começa neste domingo, a grande festividade religiosa de Nossa Senhora Aparecida, que acontecerá no povoado Mata Verde. Uma vasta programação vai tomar conta do evento, que culminará na segunda-feira na cidade, onde a partir das 8h, ocorrerá pela 10ª vez, a tradicional procissão do vaqueiro seguida de uma missa campal em louvor a padroeira do Brasil, comandada pelo padre Cícero Cavalcante.  

Maribondo – errata

Na coluna de ontem, informamos que o vice-prefeito de Maribondo, Zé Batista teria deixado o PT do B, a fim de se filiar no PEN. Na verdade, ele entrou no NOVO, novata agremiação partidária que se oficializou junto ao TSE no mês passado, como o 33º partido brasileiro, cujo número adotado foi o 30.

Aperfeiçoamento

Esta semana, um comitê alagoano liderado pela Junta Comercial (Juceal) e com apoio do Sebrae/AL, reunindo representantes de Maceió, Arapiraca, São Miguel dos Campos e Marechal esteve em Minas e São Paulo. Foi na busca de conhecimentos quanto à simplificação e a modernização do registro e da legalização empresarial.

Rio Largo

Secretaria de Cultura do município acaba de elaborar um  projeto, que visa por meio de parceria com o Estado, tocar ações que venham incentivar artistas rio-larguense que lidam com trabalhos voltados para cinema, música, pintura, dança, fotografia, poesia e artesanato. A abertura para  cadastrar os interessados deve acontecer brevemente.