Flávio Gomes

9 de outubro de 2015

O ministério do medo

 

Do jornalista Carlos Chagas: “… Segunda-feira, ao dar posse aos dez ministros que chegavam ou eram remanejados, a presidente Dilma exortou todos eles ao trabalho e à dedicação, até prenunciando o final da temporada para dezembro de 2018. Com todo o respeito, Madame escorregou outra vez. Mais da metade do ministério não chegará lá. Primeiro porque muitos serão candidatos à reeleição ou a outros cargos, devendo desincompatibilizar-se seis meses antes do primeiro domingo de outubro. Depois, razão mais forte, porque alguns integram a equipe sob suspeição. Foram indicados pelos seus partidos sob o compromisso de atuarem para favorecer os interesses do governo, convencendo seus parlamentares na Câmara e no Senado a votar conforme instruções do palácio do Planalto. Mas se o Executivo vier a ser derrotado, como vem sendo, não haveria justificativa para sua permanência. Em boa parte não são ministros pela capacidade, que não tem, de tratar os temas de suas pastas. Mais do que um ministério da experiência, esse é o ministério do medo. Ninguém está seguro de nada. Principalmente os ministros desconhecidos. Quem assistiu à cerimônia de posse da nova equipe estranhou o clima de pouco entusiasmo dos presentes, interrompido apenas na hora dos rapa-pés e beijinhos comandados pela presidente Dilma. Estranhou-se, também, a ausência do ex-presidente Lula, artífice da montagem mas, pelo jeito, disposto a não se comprometer.” 

 

Exemplo 

 

Numa época em que político decente é coisa rara, Alagoas perde João Nascimento, que faleceu ontem de madrugada. Dentista, ele foi prefeito de Arapiraca, deputado estadual, senador por quatro meses e secretário da Cultura. Sempre manteve a simplicidade e a dignidade como referências. O sepultamento é hoje, 9 horas, em Arapiraca. 

 

Dá Olavo 

 

Tudo leva a crer que apesar do desgaste político, em função do parentesco com o sobrinho governador, o deputado estadual Olavo Calheiros (PMDB) será nomeado conselheiro do Tribunal de Contas. Avalia-se, no governo, que o desgaste no passado em casos semelhantes – Isnaldo Bulhões e Otávio Lessa – foi passageiro e, portanto, vale a pena. 

Será?

Luciano Barbosa, governador em exercício, foi a Brasília, ontem, prestigiar a posse do conterrâneo Aldo Rebelo no Ministério da Defesa. Na juventude, ambos foram militantes do PC do B, então clandestino, em plena ditadura. Aliás, para muitos a nomeação de Aldo Rebelo para a Defesa teria sido uma provocação sutil aos militares.

Confiança

Outro alagoano empossado ontem em cargo de âmbito nacional foi Marco Fireman, que assumiu a presidência da CBTU. Para o senador Benedito de Lira (PP/AL), responsável por sua indicação, com Fireman presidindo a CBTU o Estado de Alagoas terá ganho imediato: “Agora vamos reativar o projeto de implantação do VLT em Maceió”

Eleitoral

O TRE/AL encerra hoje, no Hotel Radisson, o III Ciclo de Estudos em Direito Eleitoral. Serão palestrantes o Corregedor Regional Eleitoral, desembargador José Carlos Malta Marques, o juiz de Direito e professor Alberto Jorge Correia de Barros Lima e o ministro Humberto Eustáquio Soares Martins, do Superior Tribunal de Justiça

Palpite

Para o cientista político Eduardo Magalhães a presidente Dilma Rousseff já não exerce mais as atribuições do cargo. “Abriu mão para Lula e para o PMDB”,argumenta. Ele diz que se as imputações de corrupção ao ex-presidente não forem bem documentadas Lula deverá se passar por vítima e voltar forte, na disputa de 2018.

Roteiro

Do jornalista Ilimar Franco: “Caberá ao Senado, onde há ampla maioria governista, decidir sobre a rejeição ou não das contas de Dilma. Isso se o presidente da Casa, Renan Calheiros, não engavetar o parecer do TCU. A rejeição não leva à cassação do mandato. Nesse caso, depende de julgamento pelo STF. A punição imediata, de acordo com os precedentes, será tornar a presidente inelegível.”

 

*A Braskem vai realizar hoje, por 40 minutos, a partir das 9 horas, mais um Simulado de Emergência. Nesse período o trânsito ficará interditado na Avenida Assis Chateubriand e suas vias de acesso à Braskem e do Cinturão Verde e nas ruas de acesso ao Papódromo.

*Fernanda Marinela foi quem primeiro se inscreveu à eleição da OAB/AL Os candidatos da oposição são Roberto Mendes Filho e Fernando Falcão. Para poderem votar advogados inadimplentes têm de pagar o débito até 19 de outubro, inclusive a anuidade 2015.

*Será aberta hoje, e seguirá até 29 de novembro, no Parque Shopping Maceió, a segunda edição do Casa Cor/Alagoas, com o tema “Ciclo da Vida”. Estão envolvidos com o evento cerca de 60 profissionais, entre arquitetos, designers e decoradores.

*Festejando o Dia das Crianças, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer realizará domingo, durante o Dia de Lazer, na Praça Centenário, a etapa kids do Circuito Popular de Corrida, parceria com o Sesc. Inscrições até hoje no Sesc Poço ou na hora do evento.

* A Escola Técnica de Artes da Ufal recebe, só até hoje, inscrições ao Processo Seletivo Simplificado de Bolsistas, destinado à seleção para o cargo de professor, para atuar nos cursos de Formação Inicial e Continuada. Contato: 3214.1614/ etaufal@gmail.com.

*A Companhia Arte Música apresenta hoje “Coisas de Criança”, às 16 e às 19h30m, no do Teatro Deodoro, em parceria com a Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas. Para alunos das escolas públicas, entrada franca; para o público em geral, R$ 20, 00.

*As inscrições online para a II Copa Sandro Melo de Submission, maior campeonato de jiu-jitsu sem quimono do Nordeste, acabam à meia-noite de amanhã, 10. Interessados devem acessar www.smsubmission.com.br. Contato: 9 9833-5555 ou 9 8805-8112.

“Até quando vai resistir, ninguém sabe. Mas que vai cair, vai, e levando gente junto.”

Tasso Jereissatti

Senador do PSDB (CE), apostando que o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, não resistirá às denúncias de corrupção