Flávio Gomes

6 de outubro de 2015

Mamata oficial

Do jornalista Jorge Oliveira: “No trimestre que se encerrou em julho, o IBGE estimou que já são cerca de 8,6 milhões os desocupados no país. A taxa de desemprego é histórica no mesmo período: 8,6%. Mas para a ex-ministra Ideli Salvatti e o seu marido, o tenente músico do Exército Jeferson da Silva Figueiredo, a crise no Brasil só enfrenta quem não tem padrinho. Eles vão faturar quase R$ 80 mil reais por mês em duas boquinhas que a Dilma arrumou para o casal nos Estados Unidos. Enquanto os consulados e as embaixadas brasileiras vivem na pindaíba, sem dinheiro para pagar sequer as despesas mínimas como aluguel e serviços domésticos que contratam, a Dilma autoriza Ideli a assumir o cargo de assessora na Organização dos Estados Americanos (OEA) com um currículo tão mambembe quanto o do Tiririca. E indica também o maridão para um cargo na Subsecretaria de Serviços Administrativos e de Conferências na Junta Interamericana de Defesa, em Washington. Para trabalhar nessas funções nos Estados Unidos, recebendo em dólar, não precisa de qualificação profissional nem muito menos preparação acadêmica, pelo menos é o que se pressupõe dessas duas nomeações…”

Risco

Do site “Diário do Poder”: “Conselheiros, procuradores e funcionários do Tribunal de Contas de Alagoas estão preocupados com a possibilidade de o governador Renan Filho haver se ausentado do Estado e transferido o cargo com o objetivo de confiar ao vice Luciano Barbosa a tarefa de indicar seu tio, deputado estadual Olavo Calheiros, para a vaga de conselheiro do TC-AL”.

Aposta

Surpreendeu a indicação do ex-vice-governador Thomaz Nonô, Procurador de Justiça aposentado, para Secretário de Saúde da Prefeitura de Maceió. Nonô fez boa gestão como Secretário da Fazenda e talvez isso tenha feito o prefeito Rui Palmeira acreditar nele – assim como José Serra, economista, se deu bem como ministro da Saúde.

Alternativa

Daniel Alcoforado, Defensor Público Geral do Estado, conta com apenas 72 defensores para atender às necessidades dos 102 municípios do Estado. Por conta disso, tem recorrido à criatividade para não deixar o cidadão desassistido. Daí os projetos que levam os serviços da Defensoria aonde não existe defensor público disponível.

Otimismo

O hoteleiro Glênio Cedrim, presidente do Maceió Convention & Visitors Bureau, anda muito otimista com os efeitos da alta dólar para o turismo interno. Na sua avaliação, isso será um dos fatores para que Alagoas receba 500 mil turistas na temporada 2015/2016. Pela sua estimativa, desses visitantes 350 mil virão para Maceió.

Façanha

A SMTT conseguiu um prodígio: piorar ainda mais o complicado fluxo de veículos no entorno do posto da Polícia Rodoviária Federal. Antes, o engarrafamento se dava no sentido aeroporto-Centro; com a mudança, no final de semana, o problema agora é nos dois sentidos. Pode até dar certo, mas tá com jeito de experiência mal sucedida.

Presente

A conquista pelo Brasil, em Maceió, do título do 30º Campeonato Sulamericano de Voleibol Masculino, teve um sabor diferente para Walter Larangeiras, o “Toroca”, presidente da Confederação Brasileira de Voleibol. Não só por ter sido em sua terra natal, mas por acontecer na semana em que ele completou 82 anos de idade.

Protesto

Do presidente Federação das Indústrias de São Paulo, Paulo Skaf: “A tentativa de ressurreição da CPMF já é, por si só, um absurdo. A proposta de dupla cobrança é estapafúrdia. A sociedade brasileira não suporta pagar mais impostos e vê, com perplexidade, as barganhas políticas que cercaram a montagem do novo ministério.”

 

*O prefeito Rui Palmeira e o secretário municipal de Proteção ao Meio Ambiente, David Maia, lançam hoje o concurso “Maceió, Cidade Sustentável”, visando estimular práticas ambientalmente corretas. Na Procuradoria Geral do Município, às 9 horas.

*De hoje até 5ª feira o Programa de Educação Tutorial da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Ufal promove a XI Semana de Arquitetura e Urbanismo. No auditório da Casa da Indústria Napoleão Barbosa, Farol, sempre a partir das 18 horas.

*O Campus Arapiraca da Universidade Federal de Alagoas sedia, de hoje a 6ª feira, o 2º Simpósio da Pós-graduação em Agricultura e Ambiente e a 6ª Semana Acadêmica de Agronomia. Tema: “Agricultura, Tecnologia e Ambiente: da Pesquisa ao Campo”.

*Crianças de escolas públicas e moradores do bairro Canafístula participaram, ontem, em Arapiraca, de atividades educativas, lúdicas e de lazer na Biblioteca Digital Arapiraquinha Professora Maria Magdala, já em comemoração ao Dia da Criança.

*A programação do evento Jurisports prevê para hoje, às 18 horas, no auditório da UNIT, painel com participação do presidente do CSA, Rafael Tenório, e do presidente do Conselho Deliberativo do CRB, Fernando Paiva, além de outros convidados.

*O Coruripe ganhou do São Caetano (1×0), mas como perdera em casa por 3×0 está fora do Campeonato Brasileiro Série D. Já o ASA, na Série C, perdeu do Tupi/MG (2×0) e dia 19, em Arapiraca, precisará reverter o placar para retornar à SérieB.

*Pela Série B, o CRB, invicto há seis jogos, pega hoje o Santa Cruz, às 20h30m, no Trapichão. E é hora de o torcedor alvirrubro fazer a sua parte, indo o estádio, ao invés de acompanhar o jogo pelo rádio ou pela TV. A média de público do CRB é baixíssima.

 

“Um povo inteiro que paga propina é um povo sem dignidade”

Sérgio Moro

Juiz de direito