Flávio Gomes

3 de outubro de 2015

Falso moralismo

Do jornalista Ricardo Noblat: “Se a oposição ao governo, envergonhada com tanta roubalheira, defende a queda de Dilma em nome da moralidade pública, não tem como permanecer calada diante da descoberta de que Eduardo Cunha incorreu em crime duas vezes, pelo menos. A primeira ao receber propina por negócio sujo feito na órbita da Petrobras. A segunda ao negar em depoimento à CPI da Petrobras que tivesse conta bancária no exterior. O silêncio escandaloso da oposição tem a ver com a certeza alimentada por ela de que Eduardo facilitará de alguma forma a abertura de um processo de impeachment contra Dilma. Quer dizer: para derrubar Dilma, vale tudo, até mesmo manter no exercício do cargo de presidente da Câmara dos Deputados quem há muito dele deveria ter-se afastado. É o presidente da Câmara quem sucede ou substitui o presidente da República em caso de impedimento dele e do seu vice. Ou na ausência dele e do seu vice. Não é pouca coisa. Não se pode investir contra um presidente da República suspeito de crime e se ignorar um eventual substituto dele denunciado por crime. Pois é disso que falamos: Eduardo foi denunciado pela Procuradoria Geral da República. A denúncia está em exame no Supremo Tribunal Federal. O falso moralismo desmoraliza a oposição e abre espaço para o perigoso surgimento de políticos aventureiros.”

Imunes à crise 

O jornalista Ricardo Boechat divulgou gastos de autoridades federais com uso de jatinho oficiais, de janeiro a setembro. Na lista há dois alagoanos: Aldo Rebelo, quando ministro da Ciência e Tecnologia, com 106 viagens, e Renan Calheiros, presidente do Congresso, com 22 viagens pessoais – no mercado, o vôo fretado Brasília-Maceió sairia por até R$ 182 mil, em aeronave semelhante às usadas pelo senador. 

Conforto 

Os números positivos da arrecadação e o corte de despesas deixaram Renan Filho em uma confortável situação. Não apenas por readequar o Estado às exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal, e lhe permitir começar 2016 com certa folga, mas por mostrar ao governo federal que tem feito o dever de casa. E espera recompensa.

Coisa de província

Em função da visita a Maceió, ontem, do ministro Ricardo Lewandowski, presidente do STF e do CNJ, várias ruas no entorno do Tribunal de Justiça foram interditadas desde as 7 da manhã, para que o excelentíssimo, guiado por batedores, tivesse a passagem facilitada. O que complicou ainda mais o já caótico trânsito no Centro.

Protesto

Funcionaram como castigo a essa presepada as manifestações do Movimento Brasil Vem Pra Rua, no pleno do Tribunal de Justiça, contra o PT e o Supremo Tribunal Federal. Josan Leite, integrante do grupo, argumentou: “O STF precisa estar ao lado do povo e não de um partido. O STF tem se mostrado um puxadinho do PT.”

Finalmente

Há muitos anos Arapiraca reivindicava a indicação de um vice-governador, o que ocorreu com a eleição de Luciano Barbosa na chapa de Renan Filho. Agora, o momento maior: Luciano assume o cargo de governador, com a licença do titular. Na verdade, Luciano Barbosa é de Palmeira dos Índios, faz fez carreira política em Arapiraca.

Absurdo 

Na noite de 3ª feira passada o governo anunciou o aumento no preço da gasolina, das refinarias para os distribuidores. Quanto o dia amanheceu, muitos postos reajustaram o preço do combustível que tinham em estoque, adquirido ainda, logicamente, com valores antigos. A isso se chama especulação, ganância, usura, exploração… 

“Desisto” 

Jeferson Monteiro, que criou a personagem “Dilma Bolada, anunciou que não apoia mais a presidente: “Para ela só importa o apoio do PMDB e de parte do empresariado. Trocou o governo pelo cargo. Não é o governo que eu e mais de 54 milhões de brasileiros elegemos. Pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão.” 

  

*A exposição “A vida ganha arte”, pelos oito anos de atividades do Hospital do Coração de Alagoas, com trabalhos dos artistas visuais Pedro Cabral e Edir Cesar, segue até 8 de outubro na instituição. Nesse dia, Pedro Cabral estréia outra exposição, no Cesmac. 

*Hoje e amanhã, às 19 horas e às 18 horas, respectivamente, acontece, no Teatro Deodoro, o 3º Festival Alagoano de Música Erudita, abrindo oficialmente o calendário oficial de comemorações dos 200 anos de Maceió, a serem completados em dezembro. 

*O novo trabalho de Chico César, “Estado de Poesia”, é destaque do programa MPB em Foco de hoje, que homenageia Raffa Honorato, falecido em 2014, e Tim Maia, que estaria completando 73 anos. Às 11 horas, pela Educativa FM. 

*O Cine Sesi Cultural está, desde ontem e até amanhã, na cidade do Pilar, na sua proposta de levar filmes para cidades que não possuem salas de cinema ou cujas salas encontram-se desativadas. As sessões, gratuitas, são na Praça da Matriz, às 18 horas. 

*O ASA inicia hoje, 19 horas, em Juiz de Fora/MG, a missão de superar o Tupi e voltar à Série B do Campeonato Brasileiro. O jogo de volta será em 19 de outubro, uma 2ª feira, às 20h30m, no Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. 

*Pela Série B o CRB pega hoje o Boa Esporte, em Varginha, Minas Gerais, 16h30m. Invicto há cinco jogos, o campeão alagoano tenta pontuar para manter a boa campanha na fase final da competição. Na 3ª feira, em Maceió, o CRB pega o Santa Cruz.

*O Campeonato Sul-Americano de Voleibol Masculino inicia hoje a fase decisiva, com quatro jogos, a partir das 13 horas, no Ginásio do Sesi, no Trapiche da Barra. O último jogo de hoje tem início previsto para 21 horas. Ingressos em www.lojadeingresso.com.

 

“Elogio só é bom se sua mãe está ao lado para ouvir. A crítica é que faz a gente pensar.”

 Walter Carvalho

 Fotógrafo e cineasta